O retorno das aulas na rede estadual será totalmente remoto.

As aulas na rede estadual de ensino recomeçarão em 15 de março, com seis dias de aula. O retorno será totalmente remoto. Haverá seis dias de aulas semanais, com 6 horas e 40 minutos diários. O esforço é necessário para a conclusão de 2020 e o ano letivo de 2021, o que exige 1.500 horas-aula. O encerramento do ano letivo deste ano está previsto para 29 de dezembro.

Ao participar do Papo Correria nesta terça-feira (23), o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, detalhou o cronograma.Quando a curva de contaminação da Covid-19 estiver sobe controle, o ensino passará a ser híbrido, três dias remotos e outros três presenciais. Em um terceiro momento o ensino migrará para o formato 100% presencial.

Rodrigues explicou que quem não tem acesso a internet poderá ir a escola onde estuda para receber um kit com material de estudo e entregar atividades. Quem tem internet, contará com a alternativa de baixar o conteúdo via wi-fi.

“Nós colocamos banda larga em todas as escolas do estado”, acrescentou o governador Rui Costa.Também haverá um canal viabilizado pela TVE, o Educa Bahia. Governador e secretário esclareceram que não precisará haver nova matrícula. Para preparar este mutirão, os professores retonarão em 1º de março.

“Adotamos uma estratégia que irá atender a todos os alunos da rede estadual. Desde  o início da pandemia, eu afirmei que não iria aceitar uma solução que alcançasse um número pequeno de alunos. Temos muitos estudantes que moram na zona rural e que não têm sequer sinal de celular. Por isso, estamos implementando esse início remoto das aulas, que não se trata de aula virtual por entender que não contemplaria os alunos que não têm sinal de telefone ou banda larga”, concluiu o governador. [Bahia.ba]