Do G1 Bahia.

Taxa de abstenção do primeiro dia de Enem na Bahia foi de 51%

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, teve abstenção de 51% na Bahia, no primeiro dia das provas, realizadas no domingo (17), segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A pandemia da Covid-19 fez com que o certame de 2020 só fosse realizado em 2021.

O percentual de ausências corresponde a 226.829 pessoas que não fizeram as provas. O índice é mais do que o dobro do registrado no primeiro dia de provas do Enem 2019 na Bahia, quando 92.695 inscritos faltaram (23,4%). A média nacional de abstenção ficou em 51,5%.

Em todo o estado, 444.744 candidatos se inscreveram para fazer a prova. Deste total, 217.915 compareceram aos locais de provas. A Bahia ficou em 3º lugar no ranking de presenças neste primeiro dia de provas do Enem 2020, atrás de São Paulo (406.094 presentes) e Minas Gerais (268.523).

Em Salvador, a aplicação das provas no domingo ocorreu de forma tranquila. Os portões abriram às 11h15, 15 minutos antes do programado. O horário de abertura dos portões já havia sido antecipado pelo Inep para às 11h30, a fim de evitar possíveis aglomerações.

Os estudantes tiveram 5h30 para fazer a redação e responder a 90 questões de múltipla escolha (45 de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e 45 de Ciências Humanas e suas Tecnologias).

No próximo domingo (24), quando ocorre o segundo dia de provas, serão 5h para responder a mais 90 questões de múltipla escolha (45 de Matemática e suas Tecnologias e 45 de Ciências da Natureza e suas Tecnologias).

A partir das 15h30 o aluno pode sair do local da prova, mas sem o caderno de questões. Para levar a prova para casa, o estudante precisou ficar até às 18h30 no último domingo. No segundo dia de provas, para levar a prova para casa, o candidato precisa ficar no local até as 18h

O exame terá ainda uma versão digital, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, que acontecerá pela primeira vez.