Uesc

O reitor Alessandro Fernandes de Santana anunciou que a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) passa a integrar o “Projeto Institucional em Rede: Laboratórios para testes de diagnósticos da Covid-19” que prevê, entre outras metas, a realização de cerca de 10 mil  testes utilizando RT- qPCR para detecção de SARS-CoV-2 (Covid-19).

O convênio com esse objetivo foi assinado nesta quinta-feira (22), às 10 horas, no campus professor Soane Nazaré de Andrade, da Uesc, no Salobrinho, em Ilhéus.

O Projeto reúne 13 instituições brasileiras e prevê esforço de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e extensão. A Uesc é a única Universidade Estadual no grupo.

O Convênio, resultado do esforço da Reitoria, com o apoio de professores/pesquisadores da Instituição de Ensino Superior, tem por objetivo a transferência de recursos financeiros, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações  através da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), para a execução do Projeto

Na Uesc, o Projeto será efetivado pelo Laboratório de Farmacogenômica e Epidemiologia Molecular da Universidade Estadual de Santa Cruz (Lafem/Uesc), já credenciado pelo Laboratório Central da Bahia (Lacen) e que vem realizando diagnósticos do novo coronavírus (SARS-CoV-2/Covid-19).

Entre as metas que serão aplicadas com os recursos, destacam-se:  aquisição de insumos para os testes moleculares; realizar testes utilizando RT- qPCR para detecção de SARS-CoV-2; apoiar os LACENs na realização dos testes para detecção de COVID 19; criar estratégias para melhoria do diagnóstico da COVID-19; treinamento técnico de equipe e recepção de amostras clínicas para análises.