Do Jornal Bahia Online

Cacá Colchões

Uma das críticas feitas por Cacá à gestão do atual prefeito de Ilhéus, Marão, é a desmedida quantidade de nomeações de pessoas de outros municípios para cargos da Prefeitura. Durante encontro com candidatos a vereador da coligação O Futuro é Agora, Cacá disse que o gestor deve priorizar o aproveitamento da mão de obra local para os cargos de direção dos serviços públicos municipais.

A Prefeitura de Ilhéus possui na sua estrutura administrativa quase 300 cargos e funções de confiança. Infelizmente, segundo Cacá, na atual gestão, o prefeito fez a ‘opção política’ de usar grande parte dos cargos para privilegiar correligionários de outros municípios, a exemplo de Una, Uruçuca, Itabuna, Coaraci, em detrimento dos próprios ilheenses.

“No nosso governo, a prioridade será a convocação de cidadãos e cidadãs ilheenses para a nobre tarefa de administrar o município, porque nós precisamos incentivar e valorizar a mão de obra local. A exceção é claro, de cargos de natureza técnica, se não tiver na cidade alguém com essas especificações para determinada função”, explicou Cacá.