WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom ponte ilheus secom bahia solidaria embasa policlinica itabuna secom bahia


julho 2020
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: 27/jul/2020 . 19:50

ILHÉUS RECEBERÁ BOLHAS DE CONTENÇÃO QUE PROTEGEM SERVIDOR QUE ATUA NA PANDEMIA

BOLHAS DE CONTENÇÃO.

O Governo do Estado enviou, nesta segunda-feira (27), 90 bolhas de contenção desenvolvidas pelo Senai Cimatec para os nove Núcleos Regionais de Saúde (NRS) da Bahia, localizados em Salvador, Feira de Santana, Alagoinhas, Ilhéus, Teixeira de Freitas, Juazeiro, Jacobina, Vitória da Conquista e Barreiras. A ação é da força-tarefa coordenada pelas secretarias estaduais do Planejamento (Seplan) e de Desenvolvimento Econômico (SDE).

“Estamos enviando bolhas de contenção de forma sistemática para equipar as unidades de saúde que atendem pacientes com os sintomas da Covid-19, fortalecendo o combate à pandemia e oferecendo mais segurança para os profissionais que estão atuando na linha de frente, salvando vidas”, destacou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

As bolhas, confeccionadas com material acrílico transparente, visam reduzir os casos de intubação entre paciente portadores da COVID-19, bem como os riscos de contaminação entre os profissionais de saúde que trabalham na linha de frente de combate à pandemia.

Os Núcleos Regionais de Saúde têm a finalidade de acompanhar as atividades de regulação, vigilância sanitária, dispensação de medicamentos, bem como as ações relativas à Coordenação de Monitoramento de Prestação de Serviços de Saúde, Central de Aquisições e à Corregedoria da Saúde, contribuindo para o fortalecimento da gestão junto aos Municípios.

MEDICAMENTOS EM HOSPITAIS JÁ COMEÇAM A PREOCUPAR; MAGELA NEGA

Do Jornal Bahia Online

Secretário Magela.

As instituições hospitalares de Ilhéus, responsáveis pelo tratamento de infectados pela Covid-19 trabalham, neste momento, no limite do estoque de medicamentos utilizados para os casos mais graves da doença, notadamente sedativos usados em pacientes que necessitam ser entubados nas UTIs. O problema não é localizado. A produção abaixo do consumo tem limitado as vendas em todo o País.

O provedor da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, médico Eusínio Lavigne disse que o Hospital São José, uma das instituições conveniadas, trabalha “no limite” de alguns produtos “A gente compra determinada quantidade e os laboratórios enviam sempre uma quantidade menor. É preciso regularizar para não faltar”, disse ao Jornal Bahia Online, hoje pela manhã. Vale ressaltar que o Hospital São José é o que disponibiliza a menor quantidade de leitos para casos da Covid-19 em Ilhéus. Em resumo: é lá o menor número de doentes afetados.

O médico Jorge Viana, um dos sócios do Hospital de Ilhéus, disse ao JBO que já encaminhou à Secretaria de Saúde a relação dos medicamentos indispensáveis às UTIs e, de fato, está havendo dificuldades no atendimento. “Os medicamentos estão em falta em todo o Brasil”, queixa-se. “A medicação atual dará para atendimento de poucos dias”, estima o médico. “Compramos medicamentos com preços elevados sendo que a transportadora prometeu entregar na próxima quarta-feira”, informou Viana. Segundo ele, as secretarias de saúde municipal e estadual estão cientes do problema.

O secretário de Saúde do município, Geraldo Magela, entretanto, nega a falta. “Pelo menos que me tenha sido relatado, visto que  temos fornecido quando nos solicitam. Hoje temos um pequeno estoque”, disse Magela ao Jornal Bahia Online na quarta-feira passada. Hoje, em novo contato feito com o secretário, ele assegurou que não há perigo de desabastecimento. “Nós em Ilhéus não tivemos falta, nós conseguimos comprar e temos um pequeno estoque”, afirmou. “Os hospitais, exceto o estadual, temos um termo de cooperação técnica e fornecemos medicação e, na medida do possível, não temos deixado faltar uma grande parte das medicações”, disse ao JBO. Segundo Magela há medicação para 30 dias e está sendo negociada uma nova compra para garantir por 60 dias.

Médicos e enfermeiros que atuam na linha de frente do enfrentamento à doença, informaram ao JBO que a falta de alguns produtos específicos começa a ser notada em algumas unidades. E citam até nomes de medicamentos: Fentanil, Midazolam e bloqueadores neuromusculares. Entre esses, há medicamentos que são extremamente necessários para a sedação de pacientes que necessitem ser entubados.

Praias livres, população liberada

Este foi o primeiro final de semana com praias liberadas pela Prefeitura. O Jornal Bahia Online apurou que o serviço de fiscalização nas praias teve que interromper, entre sábado e domingo, 27 babas  e cerca de 10 bares instaladas na orla foram fechados. O governo municipal não liberou a reabertura destes estabelecimentos.

DOCENTES DA UESC DIZEM QUE PREFEITURA ESCOLHE QUEM DEVE VIVER OU MORRER NA COVID

Nota de repúdio.

A mais dura nota de repúdio elaborada contra a Secretaria Municipal de Saúde de Ilhéus, nesta pandemia, é de autoria da Diretoria da Associação de Docentes da Universidade Estadual de Santa Cruz (ADUSC). A nota define como descaso o tratamento dos pacientes com Covid-19 no município e afirma que a Prefeitura vem adotando uma necropolítica na cidade. “Entende-se o termo necropolítica a partir do conceito desenvolvido pelo filósofo e professor universitário camaronês Achille Mbembe, que o atribui ao Estado que escolhe quem deve viver e quem deve morrer”, afirma.

Leia a íntegra da nota.

A Diretoria da Associação de Docentes da Universidade Estadual de Santa Cruz (ADUSC) vem a público repudiar a ação da Secretaria de Saúde de Ilhéus frente ao descaso no tratamento dos pacientes com Covid-19 no município.

Assim como o presidente Jair Bolsonaro, denunciado mais uma vez na Corte Internacional de Haia por ignorar orientações técnicas no combate ao coronavírus, a Secretaria de Saúde de Ilhéus e a Prefeitura vêm adotando uma necropolítica na cidade. Entende-se o termo necropolítica a partir do conceito desenvolvido pelo filósofo e professor universitário camaronês Achille Mbembe, que o atribui ao Estado que escolhe quem deve viver e quem deve morrer.

Primeiro, podemos citar as amplas críticas feitas pela Secretaria de Saúde à UESC, quando a mesma em uso de sua autonomia decidiu pela suspensão das aulas em março, no início da pandemia. Posteriormente, foram múltiplas as recomendações feitas pelo Comitê de Crise da UESC, do qual a ADUSC faz parte, e pelo Consórcio do Nordeste sobre a reabertura do Comércio em Ilhéus, durante a ascensão exponencial de casos de Covid-19 na cidade, que até mereceu uma ação do Ministério Público para frear um desastre maior. Recomendações que foram ignoradas na maioria das vezes. Além disso, a estratégia de morte adotada pela Secretaria é visível na mudança da apresentação dos dados nos Boletins Diários sobre os casos da doença em Ilhéus, a inconsistência dos dados locais com os da Secretaria de Saúde da Bahia (SESAB) e o forte indício de subnotificação por falta de testes.

Diante dessas observações, é absurdo pensar que a subnotificação é provocada intencionalmente pela Secretaria? Um caso ocorrido neste domingo (26), com uma professora da UESC, pode exemplificar a postura da prefeitura. Quatro familiares da docente foram ao Centro Covid de Ilhéus, em busca da realização de testes swab. Ela fica em casa com outros quatro membros já confirmados como positivos. Na sede, a Secretaria de Saúde se recusa a fazer os testes em pessoas que não estão com insuficiência respiratória grave. Após uma forte pressão da professora, o médico enfim emite a solicitação para realizar os testes. Porém, na recepção do Centro Covid, um dos exames swab é substituído pelo teste rápido, que tem uma grande possibilidade de falso negativo. Submetido a este teste rápido, um familiar da professora com sintomas e que mora com quatro positivados e mais outras três pessoas com sintomas, recebe o resultado negativo.

Esse caso nos faz refletir sobre a conduta da Secretaria no atendimento aos pacientes que chegam ao Centro Covid. A negação ao exame até o último momento pode ser interpretado como um modus operandi do setor. Por qual objetivo? É para diminuir o número de casos positivos na região e assim permitir a flexibilização de medidas como reabertura de comércio, liberação do acesso às praias e da circulação de ônibus? Quantos mais outros pacientes e cidadãos ilheenses sofreram o mesmo descaso por parte da Secretaria? Até a publicação dessa nota, a prefeitura não deu nenhuma satisfação sobre o caso.

Por fim, reafirmamos nosso posicionamento pelo retorno ao distanciamento social até que se configure um cenário mais seguro para a população. Vidas acima do lucro!

Ilhéus-BA, 27 de julho de 2020.

Diretoria da ADUSC

AULAS NA REDE ESTADUAL AINDA NÃO TEM DATA PREVISTA

Aulas suspensas.

Desde o início da pandemia do novo Coronavírus, o Governo do Estado da Bahia vem tomando todas as providências para salvar vidas humanas e proteger a população, sempre em conformidade com as orientações da Secretaria da Saúde do Estado (SESAB), de médicos e da comunidade científica nacional e internacional. Desta forma, a Secretaria da Educação da Bahia (SEC) vem a público reafirmar o compromisso inquebrantável com a preservação das vidas dos estudantes, professores, gestores e servidores, ao passo em que informa o que se segue.

O retorno às aulas ainda não está definido; – As aulas só serão retomadas em condições de segurança, em consonância com o restante do país e seguindo as melhores práticas e experiências do mundo, de forma segura e sustentável; – A definição do momento do retorno às aulas se dará a partir da indicação das autoridades de Saúde do Governo do Estado, no tempo adequado e seguindo os protocolos de segurança.

Os protocolos de segurança e o calendário de retorno às aulas serão debatidos com entidades e instituições pertinentes (UPB, UNDIME, UNCME, SINPRO, APLB, SINEPE, Conselho Estadual de Educação do Estado da Bahia, Fórum Estadual da Educação, Fórum de Gestores e universidades públicas e privadas, além de representações estudantis, seguindo a prática do diálogo, da colaboração e da construção coletiva.

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia adverte sobre a disseminação de notícias falsas. Um fragmento de documento interno, retirado de seu contexto, está sendo usado para desinformar a população, criando a falsa ideia de retorno iminente às aulas. Tal documento, um exercício meramente hipotético de calendário feito com os professores para construir, conjuntamente, as “Trilhas do Saber”, traz expressamente o aviso de que “até que os indicadores de monitoramento da COVID-19 se estabilizem no Estado, não há previsão de retorno” – trecho omitido propositadamente para induzir os leitores a erro. Por fim, a SEC reafirma que o Governo da Bahia continua trabalhando para salvar vidas, ao tempo em que conclama a população a permanecer em suas casas e, se precisar sair, que use máscaras, mantendo o distanciamento e as medidas de proteção necessárias.

TERCEIRA PARCELA DO VALE ALIMENTAÇÃO COMEÇA A SER PAGO NESTA TERÇA FEIRA

Compras

Os estudantes regularmente matriculados na rede estadual de ensino começam a receber, a partir desta terça-feira (28/07), a terceira parcela do Programa Vale-Alimentação Estudantil. O benefício é de R$ 55 por estudante e será creditado nos cartões distribuídos pelo Governo do Estado. No total, envolvendo as três parcelas, estão sendo investidos R$ 132 milhões. O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, ressaltou a importância do benefício para os estudantes.

“O Governo da Bahia investe mais R$ 44 milhões para o pagamento da terceira parcela do Programa Vale-Alimentação Estudantil, para garantir a segurança alimentar dos nossos estudantes que moram desde os grandes municípios até às comunidades indígenas, quilombolas e no campo. E tudo isso utilizando recursos próprios que não estavam no orçamento de 2020, em um momento de perdas orçamentárias e sem nenhum apoio do Governo Federal”, afirmou.

As compras com o cartão vale-alimentação estudantil são, exclusivamente, para gêneros alimentícios, como feijão, arroz, leite e carne, e podem ser feitas em mais de 18 mil estabelecimentos comerciais que aceitam a bandeira Alelo, nos 417 municípios, distritos e povoados da Bahia. A Secretaria da Educação do Estado da Bahia reforça a orientação para que se dirija ao supermercado apenas um membro da família, seguindo todas as normas de segurança, como o uso de máscaras de proteção individual, em função da pandemia.

PROGRAMAÇÃO ONLINE DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTA COM LIVES, VÍDEO AULAS E REUNIÕES

Aulas Online.

A Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) da Prefeitura de Ilhéus, divulgou a programação das atividades pedagógicas desta semana, que inicia amanhã, nesta terça-feira (28), na continuidade do cronograma educacional de 2020 reelaborado em razão da pandemia da Covid-19.

“Incluímos na programação desta semana o quadro ‘Palavra da Secretária’, que são momentos de interlocução com as equipes para a gestão e organização dos setores. Nesse momento difícil de pandemia, buscamos intensificar o diálogo com todos, transmitindo as diretrizes de trabalho que planejamos para otimizar a relação institucional”, destacou a Secretária Eliane Oliveira. Confira a programação.

A agenda inicia com a Palavra da Secretária da pasta da Educação, Eliane Oliveira, amanhã (28), às 10 horas por meio da plataforma do aplicativo Zoom, com os professores contratados dos Anos Finais (Grupo 01), e, às 11h, com o Grupo 02. Ainda na terça-feira, acontece a live com o tema “História do Triathlon em Ilhéus” com o professor Danilo Rabat que convida Alberto Kruschewsky, às 14h. A live é aberta ao público e acontecerá no Instagram da Seduc. Também às 14h, haverá a aula virtual do projeto Arte e Dança no aplicativo Zoom para os alunos inscritos.

Na quarta-feira (29), como de praxe, encontro presencial nas unidades escolares das 9h às 12h, para gestão interna. Às 10h, reunião para os cursistas dos Programas Formação pela Escola (PROAM) e Dinheiro Direto na Escola (PDDE), no Zoom.  A partir das 16 h, vídeo aula de formação do Planejamento Coletivo em Rede (PCR), aberta ao público, com o tema: “Ressignificando espaços, tempos, quantidades, relações e transformações na Educação Infantil”, no Facebook e Youtube.

Já na quinta-feira (30), Palavra da Secretária às 10h para porteiros e agentes administrativos, e, às 11h, para os auxiliares de serviços gerais, no Zoom. A partir das 16 h, também terá outra vídeo aula de formação do PCR, aberta ao público, com o tema “Tecnologias e Sociedade: caminhos pedagógicos para os Anos Iniciais”, no Facebook e Youtube. Na mesma data, haverá ainda os roteiros de aprendizagens para os alunos do ciclo 01 a 05 e Educação de Jovens e Adultos (EJA) pelo Whats App, Instagram e Facebook, que segue até a sexta-feira (31).

No dia 31, a programação conta ainda com Palavra da Secretária às 10h para merendeiros, e, às 11h, para os vigilantes e motoristas, no Zoom. A semana encerra após a reunião integrada da Seduc, das 15h, para Gestores Escolares no aplicativo Zoom.

ILHÉUS: COM PRAIAS LIBERADAS, BANHISTAS DESCUMPREM RECOMENDAÇÕES

Do Tabuleiro

Fiscalização na praia.

No primeiro fim de semana de liberação das praias da cidade de Ilhéus, os banhistas descumpriram as recomendações do decreto que só permite banho de mar e proíbe práticas esportivas. No total, foram registradas 50 intervenções.

No sábado (25), foram interrompidos 15 partidas de futebol na areia e quatro pontos com aglomeração no acesso às praias. No domingo (26), o número de intervenções aumentou, foram elas: 15 jogos de futebol, nove Jet Skis e duas lanchas foram interceptadas pela Marinha, e cinco bares fechados na faixa de areia.

Apesar da permissão do banho de mar nas praias da cidade, as práticas esportivas, como futebol, futevôlei, vôlei de praia estão proibidas.

As cabanas continuam fechadas pois fazem parte da quarta fase do processo de retomada da economia.

ILHÉUS: FESTAS CLANDESTINAS ACONTECEM NO MORRO DE PERNAMBUCO

Do Tabuleiro

Morro de Pernambuco

Diversos ouvintes denunciaram durante o programa O Tabuleiro-Ilhéus FM 105.9 , desta segunda-feira (27 ), que aos finais de semana no Morro de Pernambuco, em Ilhéus, está sendo comum a aglomeração de pessoas. Um vídeo enviado a nossa redação mostra diversas pessoas reunidas ao som de paredões instalados em carro de som , bebendo e aglomeradas sem máscaras na Praia da Concha.

“ Todo final de semana acontece”, disse a ouvinte Márcia do Nelson Costa.  Veja o vídeo:

COVID-19: ILHÉUS ESTÁ COM TODOS OS LEITOS DE UTI OCUPADOS NESTA SEGUNDA-FEIRA, 27

Do Blog do Gusmão

Internação, covid-19.

Nesta segunda-feira (27), dos 65 leitos de UTI disponíveis para a Covid-19 em Ilhéus, todos estão ocupados, de acordo com o boletim divulgado pela prefeitura no domingo (26).

A cidade está com 2895 casos confirmados da doença. No sábado, o total de casos era de 2816, o que mostra um aumento de 79 casos em 24 horas.

O boletim afirma que 793 pessoas estão cumprindo isolamento, 408 aguardam resultado da coleta e 1914 estão curadas.

O número de mortes por Covid-19 está em 123.

INCÊNDIO DE GRANDES PROPORÇÕES ATINGE GARAGEM DA VIAMETRO E DEIXA ESTRAGOS

Ônibus pegando fogo.

Um incêndio na garagem da empresa de Ônibus Viametro, em Ilhéus, destruiu cinco veículos. As chamas começaram por volta das 08 h 30 da manhã desta segunda –feira, ainda sem causa conhecida.

O corpo de Bombeiros foi acionado para conter as chamas. Ninguém ficou ferido.  As investigações começarão ainda hoje para descobrir a origem do incêncidio, se foi acidental ou criminoso.

 

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia