Do Tabuleiro

Secretaria de Saúde.

 

A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Ilhéus, em atenção à nota técnica nº 71 emitida pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde da Bahia (Coes), orienta que os pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19 de Ilhéus, e que são portadores de comorbidades, sejam internados de forma precoce, no início da apresentação dos sintomas.

As unidades de pronto atendimento, unidades de emergência e prontos atendimentos Covid devem incluir no sistema de regulação esses pacientes e que possuam comorbidades como diabetes, hipertensão, doenças cardíacas, pulmonares ou renais, além de pessoas com obesidade, gestantes e maiores de 60 anos. O objetivo é evitar que esses pacientes cheguem muito tarde no hospital e a prevenção do agravamento dos quadros clínicos.

De acordo com o Secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “temos observado que os pacientes estão chegando tardiamente e indo direto para UTI”. E continuou: “é um movimento, portanto, de internação precoce, possivelmente internações mais curtas, que farão com que a gente consiga evitar necessidade de ventilação mecânica”.

Consideram-se casos suspeitos de Covid-19, pessoas que apresentem quaisquer destes sintomas: febre; tosse; coriza; dor de garganta; dispneia; perda de olfato ou paladar; diarréia, associada à dor abdominal e/ou sintomas respiratórios; e conjuntivite.

Havendo quaisquer alterações clínicas, laboratoriais ou descompensação clínica da doença de base (comorbidade), recomenda-se a internação hospitalar para uma monitorização e acompanhamento.