WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


abril 2020
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


:: 13/abr/2020 . 15:42

OITO PROFISSIONAIS DO HOSPITAL COSTA DO CACAU FORAM CONTAMINADOS PELA COVID-19

Do Tabuleiro

Hospital

Para falar sobre os casos de profissionais de saúde infectados com o novo coronavírus em Ilhéus, o diretor assistencial do Hospital Regional Costa do Cacau, Almir Gonçalves, participou na manhã desta segunda-feira (13) do programa O Tabuleiro- Ilhéus FM 105.9. “ Até o momento, 08 colegas testaram positivo para o Covid-19”, informou o médico acrescentando que alguns desses profissionais atuam em outras unidades de saúde. O HRCC possui 1000 colaboradores.

Ele disse também que os casos confirmados foram de 1 auxiliar da cozinha, 04 técnicos de enfermagem e 03 enfermeiros.

Segundo Almir, não há como identificar o estágio de contágio desses casos. Seguindo todo o protocolo para evitar novas transmissões, 22 colaboradores foram afastados com suspeita, 09 retornaram as atividades, três realizaram o exame e dois ainda irão fazer o teste.

O Hospital Regional Costa do Cacau vai disponibilizar leitos para pacientes com COVID-19 na região que precisem de internação. Almir explicou que será feita uma separação de fluxo e de ambientes na unidade para que não aconteça nenhum tipo de contato. ” É como se fossem dois Hospitais”, explicou.   O comunicador Vila Nova questionou sobre o tratamento com o medicamento com hidroxicloquina.

Clique aqui ver a entrevista completa.

COM MEDIDAS DE ISOLAMENTO, TRANSMISSÃO DA COVID-19 CAI 27% NA BAHIA

Do Metro1

Projeções x Realidade.

Boletim da “Rede CoVida – Ciência, Informação e Solidariedade” divulgado hoje (13) aponta que a Bahia, mesmo com aumento no número de casos, teve redução de 27% da taxa de transmissão do coronavírus, devido a medidas de restrição de circulação adotadas. Confira aqui a íntegra.

A rede é um projeto de colaboração científica e multidisciplinar com objetivo de monitorar a pandemia. É uma iniciativa conjunta do Cidacs/Fiocruz e da UFBA, com apoio de colaboradores de outras instituições de pesquisa nacionais e internacionais.

A análise dos dados sugere “fortemente, que as medidas de distanciamento social e redução do fluxo de transportes intermunicipais vêm achatando a curva da epidemia” no estado.

O boletim cita que a Bahia começou a notificar casos confirmados de Covid-19 em 6 de março. Entre 17 e 28 de março, várias ações gradativas foram tomadas no estado, como o fechamento de unidades de ensino.

O estudo sugere que, desde dia 26 de março, a Bahia passou a registrar redução na taxa de transmissão do Covid-19, o que pode ser observado no gráfico divulgado, pelo deslocamento das curvas que representam o avanço da

pandemia na ausência de intervenção (em vermelho) e com a adoção das medidas de intervenção (em azul).

“É válido ressaltar que, embora haja crescimento no número de casos em ambos os  cenários, a intensidade deste aumento é menor quando medidas de isolamento e restrição à circulação são adotadas. Para ilustrar este efeito, até o dia 6 de abril, foram confirmados 437 casos de Covid-19 no estado da Bahia. No entanto, no modelo sem nenhuma intervenção, seriam projetados mais de 800 casos até aquele dia”, diz o boletim.

Também conforme o boletim, a suspensão do fluxo de transporte intermunicipal em apenas 10% dos municípios baianos foi suficiente para gerar um atraso entre os picos de infecção de Salvador e demais municípios.

O estudo aponta também que os resultados reforçam a importância da manutenção das medidas de isolamento social na Bahia, já que os efeitos das intervenções só funcionarão se estas estratégias foram mantidas por certo período de tempo e se a taxa de transmissão for reduzida de forma suficiente.

ILHÉUS: SECRETÁRIO DE SAÚDE REVELA QUE HÁ CONTAMINADO CIRCULANDO PELA CIDADE

Do JBO

Secretário Magela.

Em entrevista exclusiva concedida ao Jornal Bahia Online, no início da manhã desta segunda-feira (13), o secretário municipal da Saúde, Geraldo Magela, disse que um dos maiores problemas enfrentados pela Prefeitura para conter o Covid-19 em Ilhéus é a falta de colaboração de muitos dos positivados que estão sendo monitorados em casa. “Vários insistem em sair”, denuncia. Ele diz que o mesmo comportamento ocorre quando vão às casas de suspeitos para coletar (fazer exames). “Muitos estão na rua”, lamenta. O secretário afirma que já acionou o Ministério Público para conter a irrresponsabilidade.

Clique aqui para ler toda a matéria.

COMÉRCIO DE ILHÉUS CONTINUA FECHADO

Da Secom/Ilhéus

Região do comércio de Ilhéus.

As atividades de todo e qualquer estabelecimento comercial e de instituições financeiras, com exceção daqueles considerados essenciais, continuam suspensas na cidade de Ilhéus nesta segunda (13). O último decreto municipal prorrogou e regula até terça-feira (14) o funcionamento do comércio de qualquer natureza, quando nova medida deve ser  adotada pelo Gabinete de Crise da Prefeitura de Ilhéus.

Estruturado para a adoção de medidas de saúde pública,  emergenciais e de prevenção, o Gabinete de Crise, diante da pandemia do novo coronavírus no município de Ilhéus, estará com o comitê reunido nesta segunda-feira (13) para a tomada de decisões a respeito das novas medidas que serão adotadas.

De acordo com o último levantamento informado pela secretaria municipal de saúde, a situação em Ilhéus é preocupante. A cidade conta com 11 novos casos confirmados de Covid-19, o que soma um total de  40 pessoas contaminadas na cidade, que possui cenário de  transmissão comunitária.

O secretario estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, realizou um alerta nas redes sociais sobre o surto previsto para Ilhéus nesta semana e chamou a atenção dos ilheenses.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, reiterou o alerta de Villas Boas solicitando que as pessoas mantenham o distanciamento social.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia