Do FRN

Ameaça dupla.

Moradores da Rua Bela Vista, no distrito do Couto, zona sul de Ilhéus, entraram em contato com a redação do Fábio Roberto Notícias, para relatar uma cratera que se formou na localidade, que de acordo com a população, está  oferecendo perigo de acidentes.

Por meio do aplicativo Whatsapp, os moradores encaminharam fotos, o de mostram enorme buraco no meio da rua impedindo o acesso de veículos e bem próximo a um poste da Coelba, correndo o risco de cair a qualquer momento.

Ainda de acordo com os moradores, o problema surgiu após um cano de água da Embasa estourar deixando o solo úmido, o que possivelmente contribuiu para piorar a situação da rua.

A Defesa civil de Ilhéus, secretaria de ações regionais, como também a Coelba e Embasa tem conhecimento do problema, mas que não a previsão para sanar o grave transtorno que tem causado aos moradores.

Resposta da Embasa

Em atenção ao post intitulado “Moradores do Couto reclamam de cratera e risco de poste cair”, veiculado hoje (16), a Embasa esclarece que a cratera não foi originada pelo vazamento de rede, e sim por processos erosivos do terreno natural, que expuseram a rede distribuidora de água, provocando, posteriormente, seu rompimento. O fato foi confirmado pela Defesa Civil após visita técnica.

Esse vazamento de rede foi registrado pelo teleatendimento sexta-feira passada, 09 de agosto, e uma equipe trabalhou no local no mesmo dia. Ao constatar a instabilidade do solo, a empresa executou uma ligação provisória de água para manter a regularidade do abastecimento até que o município faça o arruamento adequado da via. Quando essa intervenção for concluída, a empresa irá reassentar a rede distribuidora danificada.

A Embasa lembra que implantação e a manutenção de redes de drenagem de águas pluviais, assim como a compactação e impermeabilização do solo, competem ao poder público municipal.