WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


junho 2019
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


:: 28/jun/2019 . 17:24

ILHÉUS: CHEGADA DO ASSAÍ ATACADISTA BAIXA PREÇOS NOS MERCADOS

Do Políticos do Sul da Bahia

Assaí Atacadista.

Nesta semana será inaugurada em Ilhéus uma unidade da rede Assaí Atacadista, empresa do Grupo Pão de Açúcar (GPA), uma das maiores redes de atacado de autosserviço do Brasil.

O Assaí Atacadista já anunciou as ofertas, com alguns preços abaixo do custo, gerando preocupação nos empresários do ramo na cidade. Com isso outros mercados anunciaram liquidações para tentar segurar os clientes nesta primeira semana pós inauguração do Assaí Atacadista.

HELICÓPTERO COM RUI COSTA FAZ POUSO DE SEGURANÇA EM URUÇUCA

Do Pimenta

Aeronave.

O helicóptero que levava o governador Rui Costa de volta a Salvador, nesta tarde de sexta-feira (28), foi obrigado a fazer pouso de segurança em Uruçuca. Rui participou de inaugurações, na manhã de hoje, em Ilhéus, município que completa 485 anos de fundação.

O helicóptero pousou no Estádio Ferreirão, em Uruçuca. De lá, o governador Rui Costa seguiu em um carro oficial até o aeródromo de Ipiaú, também no sul do Estado, onde participa de solenidades. De lá, partirá para Salvador. Rui chegou em Ipiaú há pouco.

ILHÉUS: MORADORES TEMEM ACIDENTE COM ÁRVORE PODRE NA CONQUISTA

A situação.

Moradores da Rua 31 de Março, num dos acessos ao bairro da Conquista, em Ilhéus, procuraram o ILHÉUS EM RESUMO para denunciar a situação de uma árvore que está apodrecendo e pode oferecer risco à população.

A árvore, plantada no meio da calçada, apresenta galhos podres que, inclusive, estão embaraçados em fios de eletricidade. Como a rua é bastante movimentada, o medo é que, caindo pedaços, haja algum acidente.

De acordo com moradores, agentes da prefeitura foram procurados em abril desse ano para avaliar a situação, mas, até agora, nada foi feito e o risco só aumenta.

CHOCOLAT FESTIVAL: BAHIA SE REINVENTA COM PRODUÇÃO DE CHOCOLATE DE ORIGEM

Festival.

“Tivemos de demitir todos os 120 funcionários e fazer financiamentos na tentativa frustrada de recuperar totalmente a lavoura. Perdi alguns imóveis e uma fazenda. Jamais vivemos algo como a vassoura-de-bruxa, foi uma coisa altamente desastrosa”. Exatos 30 anos depois do surgimento do fungo que dizimou as plantações de cacau no Sul da Bahia, o cacauicultor Fernando Botelho, 77, celebra o crescimento da sua marca de chocolate e outros derivados do cacau orgânico, a Modaka, e se prepara para participar da 11ª edição do Chocolat Bahia Festival, que acontece em Ilhéus, de 18 a 21 de julho. O evento, hoje considerado o maior do setor no Brasil, teve um início modesto, com apenas quatro marcas nacionais. Este ano, 70 produtores de chocolate de origem, de um total de 170 expositores, ocuparão o pavilhão de feiras do Centro de Convenções da cidade.

A crise que abateu a cacauicultura na região em 1989 levou os produtores a buscar alternativas. “Começamos a fazer polpa e geleia de cacau na cozinha da minha mãe”, conta a engenheira Patrícia Viana Lima, 50 anos, filha de Botelho e Chocolate Maker da Modaka. O nome faz referência ao doce do deus hindu Ganesha, símbolo de prosperidade e força no rompimento de obstáculos. Desde 2012, é na única fazenda que restou à família Viana Lima, no município de Barro Preto, Sul da Bahia, onde se produz o cacau 100% orgânico que dá origem aos nibs, amêndoas crocantes e chocolates certificados nacional e internacionalmente.

O beneficiamento da amêndoa foi a saída encontrada para a derrocada da produtividade. “O Chocolat Festival surgiu justamente para fomentar a profissionalização desse novo mercado que, em 2008, surgia ainda timidamente na região e hoje está em plena expansão. Há 11 anos reunimos consumidores, especialistas e produtores nesse evento, uma grande oportunidade para discutir a industrialização, a verticalização da produção e, consequentemente, a melhoria da qualidade das amêndoas de cacau selecionado e produto final elaborado”, pontua o empresário Marco Lessa, idealizador do festival, eleito em 2016 e 2018 uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio no Brasil.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia