WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia faculdade de ilheus embasa


maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: 10/maio/2019 . 10:05

ILHÉUS: PM APREENDE SUBMETRALHADORA NA VILA FREITAS

Do Ilhéus 24h

Armas apreendidas.

Por volta das 08h desta quinta-feira, (9) policiais militares do PETO 70 lograram êxito na prisão em flagrante de dois indivíduos considerados de alta periculosidade na localidade conhecida como Vila Freiras, área de intenso tráfico de drogas e esconderijo de foragidos da justiça.

A PM conduziu para o plantão da 7ª Coorpin, Talison e Herbert, com eles foram encontrados 1 submetralhadora, 1 revólver calibre .38, munições e 1 aparelho celular.

Os meliantes ficaram detidos na carceragem da delegacia à disposição da justiça.

PREFEITURA INTERDITA RUA 13 DE MAIO, NO PONTAL, NESTA SEXTA-FEIRA

Da Secom/Ilhéus

Rua do Pontal.

A Prefeitura de Ilhéus informa que o tráfego de veículos será interditado na Rua 13 de Maio, no Pontal, nesta sexta-feira (10), a partir das 9 horas, para a realização de serviços de manutenção do principal eixo de ligação com os demais bairros da zona sul da cidade. Equipes da Superintendência Municipal de Trânsito e Mobilidade (Sutram) estarão no local orientando motoristas e pedestres.

Segundo a Sutram é preciso redobrar a atenção no local, a fim de evitar transtornos e acidente. Os motoristas que estiverem se deslocando no sentido centro X Zona Sul poderá utilizar as Ruas Coronel Pessoa ou Herotildes de Melo, e quem estiver trafegando no sentido Sul X Centro seguirá pela rua Barão do Rio Branco

JORNADA JURÍDICA DO SUL DA BAHIA REÚNE JURISTAS RENOMADOS

Semana Jurídica.

A VII Jornada Jurídica do Sul da Bahia, evento que se tornou uma referência no debate sobre o direito contemporâneo brasileiro, reúne renomados juristas na Faculdade de Ilhéus.

Aberta na noite da quarta-feira, dia 8, na sede da instituição, a jornada contou com palestras dos advogados, professores e escritores Marcelo Ribeiro, Leone Pereira e Marco Antônio Araújo Júnior. Com inscrições esgotadas, a programação do evento segue até esta sexta-feira, 10, e faz abordagens em torno do tema “Conjuntura Brasileira em Perspectiva e os Direitos Humanos”.

A abertura da Jornada contou com as presenças do diretor da Faculdade de Ilhéus, Almir Milanesi, da coordenadora do curso de Direito, Cristina Adry de Argôllo, dos coordenadores científicos do evento, professores Cristine Arães e Danilo Torres, e da representante dos graduandos, Paula de Moura. O advogado Michel Mendonça representou a subseção local da OAB.

Autor de um dos principais manuais sobre o novo Código de Processo Civil (CPC), o jurista Marcelo Ribeiro, que participa de cerca de cinco eventos por semana em vários estados do país, membro da Academia Brasileira de Direito Processual Civil, afirmou que, “com toda sinceridade, a Jornada Jurídica do Sul da Bahia é um dos melhores eventos jurídicos do Brasil”.  Ele fez palestra sobre a jurisprudência do novo CPC, que tem cerca de três anos, no âmbito do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Segundo Ribeiro, o CPC atual foi o primeiro código aprovado num regime democrático, e que o mesmo “procura dialogar com a facticidade, para tratar desigualmente os desiguais, na medida de nossas desigualdades”. O professor observa dois vetores hermenêuticos constitucionais no CPC, a coerência e a integridade, que significam olhar para os princípios com um padrão ético. Na oportunidade, fez considerações sobre a incidência de recursos como o agravo de instrumento e embargos declaratórios, com base no novo código.

Assessor-chefe do Procon de São Paulo, o professor e escritor Marco Antônio Araújo Júnior falou sobre “O Direito do Consumidor como garantia constitucional e os retrocessos do Judiciário e do Legislativo”. Ele enfatizou que o Código de Defesa do Consumidor (CDC) brasileiro, que completa 30 anos em 2020, é uma referência mundial, tendo sido copiado por diversos países. A norma surgiu a partir da Constituição Federal (CF) de 1988 com o objetivo de proteger e defender o consumidor.

Autor de diversas obras jurídicas e professor do Damásio Educacional, o doutor Leone Pereira abordou o tema “O dano moral na Justiça do Trabalho após a Reforma Trabalhista e os efeitos da tragédia de Brumadinho”.  Segundo argumentou, a nova lei do trabalho trouxe uma polêmica em relação à indenização por dano moral, que atinge o conceito da personalidade, e também sobre a indenização de acidente de trabalho que gera morte, como foi o caso da tragédia de Brumadinho.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia