WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom saude></a>
<a href=embasa secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: jan/2019

ILHÉUS: GRAMADO DO ESTÁDIO MÁRIO PESSOA VIRA HORTA

Do Blog do Gusmão

Plantação no gramado.

O BG recebeu de uma fonte respeitada do desporto ilheense, fotos do Estádio Municipal Mário Pessoa completamente abandonado.

A administração do estádio aproveitou espaços ociosos do gramado para plantar melancias (muitas já estão grandes) dentro das quatro linhas, e quiabos na lateral da arquibancada.

Um “sistema” de irrigação improvisado, ligado 24 horas por dia, mantem a plantação de quiabos intacta apesar do sol de verão. O contribuinte é quem paga a conta da Embasa.

Inaugurado em 28 de junho de 1942, o Mário Pessoa foi o palco histórico de grandes vitórias do esporte ilheense. Dentre os momentos importantes, recebeu Pelé (Rei do Futebol) nos anos 60 e viu brilhar o inesquecível time do Colo Colo, Campeão Baiano de 2006.

Largado à própria sorte pelo governo Marão, não possibilitou que o Colo Colo disputasse a 2ª divisão do campeonato baiano em 2019.

TODESCHINI INAUGURA LOJA EM ILHÉUS

Loja.

Uma das maiores empresas de móveis planejados da América Latina, a Todeschini inicia 2019 com um plano de expansão e a cidade baiana de Ilhéus recebe uma nova loja. A iniciativa partiu dos empresários Orlando Oliveira Júnior e Simone Flores.  O casal está no segmento moveleiro e de construção há 18 anos e espera oferecer projetos práticos e sofisticados aos consumidores e arquitetos da região.

A ideia do novo showroom com cerca de 130 m², é apresentar ao consumidor uma unidade residencial tipo duplex, onde a área social fica no térreo e os quartos no andar superior. “O principal diferencial dos ambientes expostos é a apresentação do conceito da marca, design, tendências, além da tecnologia em acabamentos, ferragens e acessórios”, explica o lojista Orlando Oliveira Júnior.

Em parceria com diversos arquitetos e profissionais da região, a Todeschini Ilhéus apresentará soluções eficientes com ambientes funcionais que prometem se tornar o objeto de desejo dos consumidores.

A apresentação das instalações aos profissionais da área arquitetura e decoração acontece nesta quinta-feira, 24 de janeiro, às 18 horas, e a abertura da loja ao público será na sexta-feira, às 14 horas.   O novo espaço Todeschini Ilhéus fica na Av. Lomanto Júnior, 389, no Pontal, em Ilhéus.

Sobre a Todeschini  (todeschini.com.br)

Considerada uma das maiores fabricantes de móveis planejados da América Latina, a Todeschini ganhou destaque no mercado pelo desenvolvimento de móveis e complementos de alto padrão para ambientes, direcionados à residências, empresas e hotelaria. Este ano a marca comemora seus 80 anos de trajetória com mais de 150 lojas no Brasil e no exterior.

Hoje, é referência mundial em qualidade e mantém-se atenta às tendências de design e decoração, oferecendo ao mercado moveleiro um portfólio de produtos de alta qualidade, design e lançamentos inovadores.

APÓS DENÚNCIAS, SECRETÁRIO DE SAÚDE SERÁ CONVOCADO PELA CÂMARA DE ILHÉUS

Do Tabuleiro

Secretário.

A mesa diretora do Legislativo ilheense decidiu pautar, durante a primeira sessão parlamentar ordinária de 2019, a convocação do secretário municipal de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela. A decisão da mesa diretora ocorre em função do estado caótico no qual se encontra a Saúde do município, associado as denúncias graves que atingem a pasta.

De acordo com o presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, César Porto, entre as denúncias, está o escândalo denominado pela imprensa regional como “Farra das diárias”, na qual uma servidora teria, ao lado de outras personalidades, recebido diárias para ir ao município de Vitória da Conquista. A mesa diretora do parlamento ilheense, diante do exposto, quer analisar documentos e ouvir explicações de Magela.

ILHÉUS: VIADUTO CATALÃO DEVE SER INTERDITADO POR 90 DIAS

Do Tabuleiro

Viaduto apresenta problemas há tempos.

Após instauração de um inquérito civil em 2018, a Prefeitura Municipal de Ilhéus foi obrigada a apresentar um plano de recuperação do viaduto Catalão. Conforme prazo estipulado, o plano foi apresentado em dezembro do ano passado e prevê a interdição de 90 dias do equipamento para manutenção. No entanto, as obras só poderão ser iniciadas após o plano passar por uma análise do CEAT (Central Especializada de Apoio Técnico do Ministério Público da Bahia).

O objetivo é que seja verificado se o plano apresentado pela Prefeitura atende às normas técnicas e irá corrigir o problema de desplacamento de suas partes, eliminando o risco de morte ou danos à integridade física de pedestres por conta disso. A análise do CEAT, no entanto, não possui prazo definido para ser apresentada.

Por meio de uma nota emitida à imprensa em maio do ano passado, após mensagens sobre o estado de conservação do viaduto circularem através do aplicativo WhatsApp, a Prefeitura Municipal informou que havia feito uma vistoria no local. No texto, o orgão informou que “a pior parte” do viaduto encontrava-se apoiada em terreno natural, “não oferecendo, portanto, risco à veículos e pedestres”.

A nota ainda informava que “alguns pilaretes” que não tinham a função estrutural, e que eram feitos de concreto, apresentavam desplacamento, mas que estes foram retirados por uma equipe da Secretaria de Infraestrutura do município. As informações foram contestadas, dando origem ao inquérito.

PROMOTOR QUER SABER SE PLANO DE RECUPERAÇÃO DE VIADUTO ATENDE NORMAS TÉCNICAS

Do Blog do Gusmão

Viaduto e Paulo Sampaio.

Em novembro de 2018, o BG informou que o Viaduto Catalão, de Ilhéus, apresenta falhas graves nos pilares e nas vigas. Os problemas vieram à tona após um inquérito civil aberto pela 11ª Promotoria do Ministério Público da Bahia.

O promotor Paulo Sampaio, responsável pelo inquérito, notificou a prefeitura para que apresentasse até o dia 15 de dezembro de 2018, um projeto de recuperação do equipamento viário. De acordo com MP, o secretário de infraestrutura, transporte e trânsito, Átila Dócio, apresentou proposta dentro do prazo.

O plano foi encaminhado para a Central Especializada de Apoio Técnico do Ministério Público para análise, pois restam dúvidas relacionadas ao atendimento das normas técnicas.

Do jeito em que se encontra, o Viaduto Catalão oferece riscos a pedestres e motoristas, principalmente, devido ao estado precário de suas placas e da sua mureta de proteção. O MP quer saber se a proposta de restabelecimento vai corrigir as falhas na estrutura e acabar com os riscos.

ILHÉUS: SERVIDORES DEMITIDOS PROTESTAM NA PORTA DE MARÃO

Protesto na porta de Marão.

A peleja dos servidores demitidos pelo prefeito Mário Alexandre após decisão judicial prossegue. Nessa segunda, dia 21, um grupo foi até a porta do condomínio onde Marão mora, na orla sul da cidade e pararam o trânsito exibindo uma faixa já bem conhecida do ilheense, que diz: Marão Mentiroso.

Os servidores, cerca de 250, ingressaram no serviço público na década de 1980 e não possuem estabilidade no cargo. Após decisão judicial, o prefeito decidiu, numa canetada, suspender todos de suas funções.

Os sindicatos que representam esses trabalhadores afirmam que a canetada de Marão foi precipitada, já que há recursos pendentes na justiça e contraria promessa do gestor de que iria até as últimas consequências para manter os servidores em seus cargos.

ESPETÁCULO MONTADO NA PERIFERIA DE ILHÉUS É INDICADO AO PREMIO BRASKEM

Peça.

A peça “O Grande Yorick”, montagem da Trupe Teatro Sem Fim, foi indicada ao Prêmio Braskem na categoria melhor espetáculo do interior e é o 2º espetáculo do sul da Bahia a receber uma indicação nessa modalidade.

O espetáculo foi montado na periferia de Ilhéus e traz um elenco afinadíssimo que se desdobra em vários personagens para contar a história de vida de Willian Chagas, um apaixonado e sonhador ator de teatro, que luta para não se submeter as convenções impostas pela onda conservadora da sociedade.

Com uma dramaturgia de quebra-cabeça, dividida em 13 capítulos, o público acompanha o personagem Willian em diferentes fases da sua vida pessoal, desde a infância sofrida na periferia trabalhando com a mãe vendendo acarajé, até a fase adulta na cidade grande, onde ele vai em busca do seu sonho e descobre a ferocidade do sistema para aqueles que seguem a margem da sociedade.

A trama acontece nos dias de hoje e é livremente inspirada em dois grandes clássicos da literatura mundial, Dom Quixote de Cervantes, a triste figura, e Hamlet de Shakespeare, o príncipe louco da Dinamarca.  O espetáculo mistura projeções de imagens com a interpretação dos atores, e tem uma trilha sonora que é executada ao vivo pelo músico Luan Borba.

“O Grande Yorick” segue fielmente a cartilha de um psicodrama com momentos muitos densos e tristes, e outros extremamente poéticos e alegres. Em meio ao caos, a saúde mental do protagonista é colocada em xeque, o que provoca grandes reviravoltas no enredo. A peça tem causado comoção geral no público pelo impacto, ousadia e criatividade em abordar com muita propriedade assuntos atuais e polêmicos no universo das artes.

O Prêmio Braskem de Teatro é uma das mais importantes premiações do Nordeste, onde os artistas são reconhecidos por suas produções e legitima a importância do fazer teatral na Bahia.

SEGUNDO MINISTRO, FERROVIA OESTE-LESTE VAI PRA INICIATIVA PRIVADA

Informações do Bahia Notícias

Obras da Fiol

Em um vídeo publicado em suas redes sociais, o ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas anunciou o que chamou de “retomada do transporte ferroviário” com a concessão de três novas ferrovias. Entre elas está a Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol), uma linha de integração entre Caetité e Ilhéus para março. “Com essas ações, a participação do modo ferroviário na matriz de transporte deve dobrar até 2025”, afirmou o ministro.

Em março também será lançada a licitação de outras duas linhas, uma férrea que pretende ligar Porto Nacional, Tocantins, a Estrela d’ Oeste, São Paulo -com a intenção de conectar o Porto Itaqui, no Maranhão, ao Porto de Santos e a licitação da Ferrogrão, que beneficia o agronegócio do Mato Grosso. As concessões foram prometidas entre 2019 e o início de 2020.

O ministro Tarcísio Gomes prometeu também, entre 2019 e o início de 2020, que as outorgas geradas pela prorrogação dos contratos serão usadas para a construção de novos trechos. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, a primeira estrada de ferro a ser construída nesse sistema vai ligar Água Boa, Mato Grosso, a Campinorte, Goiás.

ILHÉUS: ÁREA ONDE SERIA CONSTRUÍDO O NOVO FÓRUM ESTÁ ABANDONADA

Área verde ou área abandonada?

Quem não lembra da celeuma envolvendo a construção de um novo fórum pra o Tribunal de Justiça em Ilhéus?

O prédio seria erguido na zona sul, numa área que integra o loteamento Jardim Atlântico, com pouco mais de um hectare.

Desde que anunciada a obra, que custaria 18 milhões de reais, moradores e movimentos organizados da cidade resolveram bater o pé.

Entre as alegações contrárias à obra, a de que o terreno é uma área verde, destinada a ser centro de convivência e possuir árvores e outras plantas nativas.

Para mobilizar a opinião pública, houve protesto, limpeza do lote, criação de projeto urbanístico para o local, entrevistas, artigos na imprensa e tudo mais.

No segundo semestre de 2018, o Tribunal de Justiça da Bahia ouviu as reclamações e desistiu da obra.

Passado algum tempo, moradores que eram favoráveis à instalação do novo fórum nos enviaram fotos de como está a área atualmente. Sem prédio da justiça, sem limpeza, sem área de convivência.

Área verde e abandonada.

Como sempre foi, o lote está abandonado.

Passada e vencida a guerra, aqueles que defendiam o empreendimento simplesmente esqueceram da área.

Coisas de Ilhéus.

MARÃO ESQUECE BURAQUEIRA NO SÃO MIGUEL

Só tem buraco.

Destino de muitos turistas e residência de milhares de ilheenses, o bairro São Miguel sofre com a buraqueira em suas principais vias. É tanto buraco por aquelas bandas, que o motorista é obrigado a andar pela contramão ou a jogar o veículo no acostamento pra conseguir passar.

Nesse fim de semana de verão, o movimento no bairro cresce bastante e o acesso fica ainda mais difícil. Nas fotos, enviadas por um leitor, dá pra ver o tamanho das crateras que esperam os motoristas.

Em seus programas de recuperação asfáltica, o governo Marão sequer cita a chegada de nova pavimentação ao São Miguel.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia