WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom saude></a>
<a href=embasa secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: 15/jan/2019 . 11:08

SERVIDORES DEMITIDOS POR MARÃO AMPLIAM MOBILIZAÇÃO EM ILHÉUS

Da Ascom/Appi

Mobilização.

Os servidores demitidos injustamente pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, através do Decreto nº 128/2018, publicado na madrugada do dia 8 de janeiro, realizaram assembleia sindical na tarde de terça-feira, 14 de janeiro, no plenário da Câmara de Vereadores, e decidiram ampliar a agenda de protestos contra a medida do prefeito.

A reunião contou com a participação dos presidentes dos sindicatos representantes da categoria dos servidores públicos municipais, Joaques Silva (Sinsepi), Osman Nogueira (APPI/APLB), Pedro Oliveira (Sindguarda) e Josivaldo de Jesus (Sindiacs/ACE), dos advogados Arnon Marques e Davi Pedreira, os vereadores Makrisi Sá e Ivo Evangelista, além de centenas de servidores.

O prefeito afastou os servidores admitidos na Prefeitura antes de outubro de 1988 e extinguiu parte dos contratos do Processo Seletivo do Edital 002/2017 da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), com a justificativa de acatar sentença do juiz da Fazenda Pública. No entanto, o que indignou aos servidores foi o compromisso público assumido com a categoria de que utilizaria todos os recursos judiciais cabíveis para reversão da sentença, o que não foi cumprido pelo alcaide ilheense.

Para piorar a situação, o prefeito tomou a medida antes mesmo que o Tribunal de Justiça se pronunciasse com relação à apelação de efeito suspensivo da sentença impetrada pela própria Prefeitura. “O prefeito nos traiu de forma insuportável. Estávamos confiando em sua palavra”, declarou o presidente do Sinsepi, Joaques Silva.

Além disso, o prefeito não pagou o salário dos dias trabalhados aos servidores demitidos, mergulhando os trabalhadores em situação de necessidades básicas para a sobrevivência, tendo a maioria entre 32 e 35 anos de trabalho no município de Ilhéus. “O prefeito quer nos jogar na lama, mas vamos resistir até o fim, até que essa decisão seja revista. Nossa determinação é lutar até o fim”, enfatiza o presidente da APPI/APLB, Osman Nogueira.

Um levantamento feito pelos sindicatos dos servidores revelou que o prefeito mentiu ao dizer que cumpria a sentença judicial, pois ele manteve 111 contratos temporários admitidos pelo Processo Seletivo do Edital 002/2017 da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS). Conforme a decisão do juiz, todos esses contratos foram declarados nulos.

MARÃO MERGULHA ILHÉUS NO CAOS E NAZAL EXERCITA A MUDEZ

Nazal, o mudo.

A passagem paga pelo ilheense pra se locomover dentro da cidade saltou de R$ 3,50 para R$ 3,80 na virada do ano. Cerca de sete dias depois, algo em torno de 200 servidores que trabalhavam há mais de 30 anos na prefeitura foram demitidos pelo prefeito Mário Alexandre. A cidade não conta com um serviço profissional de coleta de lixo, o que gera uma imensa sujeira nos quatro cantos.

Ilhéus não vai bem.

E, no meio desse turbilhão, o vice-prefeito do município, José Nazal, permanece mudo. Desde que deixou a secretaria de planejamento, no primeiro semestre de 2018, Nazal se dedica a receber visitas em seu gabinete e fotografar a cidade.

Não se manifestou sobre o aumento da tarifa do transporte, que passou a ser maior do que a paga em Salvador (na capital, ao usar o cartão de integração, o passageiro pode embarcar ainda no metrô e mais em um ônibus num intervalo de tempo considerável, pagando R$ 3,70).

Nazal não anda de ônibus e parece se importar pouco quando o ilheense tem de desembolsar R$ 3,80 pra ir do Pontal ao Centro.

Diante do sofrimento dos servidores demitidos na semana passada, Nazal, de novo, preferiu o silêncio. .

Tomada pelo lixo, depois do rompimento do contrato com a Solar Ambiental, a cidade está suja. Mas Nazal, morador de uma das áreas mais nobres de Ilhéus, permanece calado. A limpeza na Avenida Soares Lopes nunca falha.

A mudez de Nazal pode demonstrar uma certa falta de tesão pela gestão pública ou ser, ainda, uma estratégia para tentar se viabilizar politicamente para 2020.

Seja uma ou outra a estratégia, Nazal só não pode mais é continuar calado.

 

LATAM TERÁ VOO DIRETO DE SÃO PAULO PARA ILHÉUS A PARTIR DE ABRIL

Da Pan Rotas

Latam

A Latam Airlines Brasil terá um voo direto de São Paulo, via aeroporto de Guarulhos, a Ilhéus, na Bahia, a partir de 1 de abril. A rota, que será operada cinco vezes por semana, será feita com aeronaves Airbus 319, com capacidade para 144 passageiros em classe única.

Vale destacar que na semana passada, a aérea suspendeu o voo Brasília-Ilhéus.

De segunda a sexta-feira, o voo LA3408 está programado para decolar de Guarulhos às 14h05, pousando em Ilhéus às 16h10. No sentido inverso, também de segunda a sexta-feira, o voo LA3375 decola de Ilhéus às 16h40 e pousa em São Paulo às 18h55.

Com a estreia da rota, os passageiros com origem ou destino a Ilhéus terão acesso direto ao da Latam em Guarulhos.

As passagens aéreas para a nova operação já estão à venda.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia