Foto de Maurício Maron.

Após a assembleia extraordinária realizada pelos sindicatos dos servidores públicos municipais, às 14h de ontem (terça, 8), na sede do Tengão, na Conquista, os servidores demitidos saíram em passeata de protesto pelas ruas do bairro até a sede da Prefeitura.

Ao FRN, o presidente do sindicato dos professores de Ilhéus, Osman Nogueira, afirmou que os advogados da instituição “já ingressaram com as ações judiciais cabíveis para reverter a situação. Vamos continuar nas ruas denunciando a atitude do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, que surpreendeu a todos os sindicatos representativos da categoria e publicou, na madrugada de hoje, 8 de janeiro, o Decreto nº 128 afastando funcionários com mais de 32 anos de trabalho, mesmo afirmando que esperaria o resultado de recurso judicial, após ter feito apelação ao Tribunal de Justiça da Bahia solicitando a suspensão da medida”, explica.