Ônibus quebrou.

Os perrengues vividos pelos moradores do distrito de Itariri, em Ilhéus, que levaram ao ateamento de fogo em dois ônibus na noite dessa segunda (07), também afetam a comunidade de Maria Jape, também no interior da cidade.

Leia mais aqui.

Relato de uma moradora dá conta de que o ônibus que faz a linha para a localidade passa mais tempo em manutenção do que rodando.

Não custa lembrar que, na virada do ano, a passagem cobrada pelas empresas do transporte coletivo voltou a ser reajustada, passando de R$ 3.50 para R$ 3,80, mas, até o momento, nenhuma contrapartida das empresas foi concretizada para a melhoria do sistema.

Um vídeo enviado à redação do ILHÉUS EM RESUMO mostra passageiros que foram obrigados a descer do veículo e seguir caminho andando depois que o ônibus parou de funcionar. Confira: