WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia teatro itabuna secom bahia


dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: 18/dez/2018 . 16:36

NA BAHIA, UESC CONTINUA LIDERANDO NO ÍNDICE GERAL DE CURSOS

Da Ascom/Uesc

Uesc

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) mais uma vez é a melhor avaliada entre as públicas da Bahia no Índice Geral de Cursos (IGC), divulgado pelo Ministério da Educação nesta terça-feira (18). A UESC alcançou 4 pontos e, desta vez, igualando-se a UFBA, que sempre esteve a frente em avaliações anteriores.

O IGC, assim como os demais indicadores do Sinaes, classifica as instituições, cursos e estudantes universitários em uma escala de 1 a 5, sendo que a nota máxima é 5 e as notas 1 e 2 são consideradas “insuficientes”.

O índice é divulgado anualmente, mas é composto pela média de outros indicadores aplicados nos três anos anteriores. Comparando com o último ciclo trienal, aumentou o número de instituições com notas 4 e 5 e caiu o número delas que têm conceito 2 e 3. Dos 33 cursos de graduação da UESC, 24 deles – licenciaturas e bacharelados foram avaliados.

Os dados são referentes a 2017 e foram divulgados pelo Ministério da Educação e pelo Inep em coletiva de imprensa nesta terça-feira, 18 de dezembro, na sede do Instituto, em Brasília (DF). O MEC foi representado pelo secretário executivo, Henrique Sartori. Cabe ao Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Regulação do Educação Superior (Seres), usar os dados para regulamentação dos cursos e IES. Pelo Inep, participaram a presidente, Maria Inês Fini; a diretora de Avaliação da Educação Superior, Mariângela Abrão, e o coordenador geral de Controle de Qualidade da Educação Superior do Inep, Renato Augusto do Santos. O Diário Oficial da União (DOU) publicou os conceitos do CPC e IGC com os códigos dos cursos e das IES respectivamente. No Portal do Inep estão disponíveis as tabelas com os resultados dos dois conceitos.

PREFEITURA FISCALIZA CABANAS DE PRAIA PARA GARANTIR SEGURANÇA DOS ALIMENTOS COMERCIALIZADOS

Da Secom/Ilhéus

Fiscalização.

Com o objetivo de garantir mais saúde e segurança aos ilheenses e turistas que visitam a cidade, a Prefeitura de Ilhéus, por meio dos setores de Vigilância Sanitária e Núcleo de Saúde do Trabalhador, da Secretaria de Saúde (Sesau), intensificou as ações de fiscalização nas cabanas de praia e ambulantes da orla litorânea sul de Ilhéus.

A ação ocorreu na segunda-feira (17), e contou com parceria com o setor de Fiscalização de Posturas, da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes), Secretaria de Infraestrutura, Transportes e Trânsito (Seintra), Secretaria de Turismo (Setur) e Guarda Civil Municipal (GCM). Na próxima quinta-feira (20), as equipes darão continuidade ao serviço.

A fiscalização se estenderá durante todo o verão, período de maior ocorrência das doenças transmitidas pelos alimentos (DTA), já que as altas temperaturas aceleram a deterioração de alimentos e favorecem a multiplicação de microrganismos causadores de problemas de saúde, com sintomas como náuseas e diarreia. É neste período que a cidade recebe maior quantidade de visitantes e aumenta a notificação deste agravo.

Segundo explica o chefe do setor de Vigilância da Saúde da Sesau, Gleidson Souza, são verificadas a limpeza dos ambientes, armazenamento, validade e manipulação dos alimentos, qualidade da água, higiene das instalações físicas, entre outros itens, nos estabelecimentos que comercializam alimentos na orla de Ilhéus. No comércio ambulante da praia, os fiscais verificam as condições de transporte e manipulação dos alimentos, assim como a conservação e validade.

Os fiscais da Seplandes ficaram responsáveis pela regularização física e cadastramento das cabanas, a equipe da Seintra avaliou a estrutura das barracas e a GCM garantiu a segurança da ação. O objetivo é fiscalizar todos os estabelecimentos que recebem grande quantidade de clientes no período da alta estação.

NOVO HOSPITAL FAZ SAÚDE DE ILHÉUS AVANÇAR

Da Ascom/Hospital

Hospital Costa do Cacau.

A possibilidade da Prefeitura ampliar os investimentos na rede básica de saúde e, com isso, atender de forma mais eficiente, sobretudo, a população mais carente. Esse foi, na opinião do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, um dos principais benefícios que o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC) trouxe para Ilhéus e toda a região Sul da Bahia, no seu primeiro ano de funcionamento.

“O investimento do município tem sido maior para a rede básica, já que o Hospital Regional Costa do Cacau absorveu demandas que sobrecarregavam imensamente o município. Com isso, tivemos recursos para a construção e reestruturação das nossas unidades de saúde, e contratação de médicos, conseguindo não apenas melhorar o atendimento nos postos, mas também avançar no Programa Saúde da Família, tornando mais eficiente a medicina preventiva”, destacou o prefeito.

Inaugurado em dezembro do ano passado pelo governador Rui Costa, o HRCC, unidade da Rede Estadual de Saúde atende, além de Ilhéus a outros 66 municípios da região. O hospital é exclusivo para o atendimento de urgência e emergência de média e alta complexidade e se tornou referência em especialidades como ortopedia, neurocirurgia e cardiologia.

“Estamos progressivamente reduzindo o déficit de atendimento médico, especialmente no município, com os recursos que passamos a economizar a partir do funcionamento do HRCC. Já entregamos a primeira Unidade de Pronto Atendimento 24 horas, no bairro Conquista e outros benefícios para melhorar ainda mais a assistência à população estão em andamento”, explicou Mário Alexandre.

Mário Alexandre também destacou que a parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura está viabilizando a construção da unidade materno infantil, que será modelo a ser seguido no atendimento neonatal de alta complexidade. Essa nova unidade vai funcionar no antigo Hospital Geral Luiz Viana Filho, desativado justamente a partir do início das atividades do Hospital Regional Costa do Cacau.

“Ilhéus se torna referência no atendimento de saúde pública de ponta, com atendimento 24 horas de urgência e emergência, fator que possibilita desenvolver políticas públicas e representar bem a região, por meio do hospital, referência de saúde na Bahia”, finalizou o prefeito.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia