WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: 9/ago/2018 . 15:33

JOSÉ VICTOR É O NOVO VEREADOR DE ILHÉUS

José Victor Pessoa.

Na tarde desta quarta-feira (08), tomou posse na Câmara de Vereadores de Ilhéus, José Victor Pessoa (PV). O vereador ocupa a vaga deixada por Gil Gomes, que assumiu A Secretaria de Governo do município.

José Victor é advogado e possui experiência no Legislativo, sendo eleito em 1988 com 952 votos, exercendo o mandato de janeiro de 1989 a dezembro de 1992. Exerceu mandato de vereador suplente em três períodos, de fevereiro de 1993 a janeiro de 1996.

Em 2012 retornou à vida pública quando foi nomeado Gerente de Ações Regionais na Prefeitura de Ilhéus. Na última eleição, em 2016 obteve 709 votos é o primeiro suplente da coligação PV/PSDB.

PARCERIA ENTRE PREFEITURA E DETRAN VIABILIZA CAPACITAÇÃO PARA MOTOTAXISTAS EM ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Moto

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, reuniu-se com o diretor da 13ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), José Rodrigues Nascimento Filho, na terça-feira (7), para tratar do curso de capacitação destinado a 350 mototaxistas no município. A ação é resultado de uma parceria entre a administração municipal e o Detran, que será responsável pelas aulas gratuitas para os pilotos. O diretor de Transporte e Trânsito do Município, Gilson Nascimento, também participou do encontro.

Para o prefeito Mário Alexandre, o curso proporcionará qualificação dos pilotos e usuários desse transporte, aumentando a segurança de todos. “Com a qualificação, melhora o serviço, o trânsito, a acessibilidade e o atendimento à população”, enfatiza. Gilson Nascimento explica que o treinamento é pré-requisito para a regulamentação da atividade de mototaxista, cujo processo tramita na Câmara de Vereadores.

Segundo Gilson Nascimento, o projeto de regulamentação dos mototaxistas já foi aprovado no Conselho Municipal de Trânsito e Transporte de Ilhéus. “O curso, que será obrigatório para os profissionais do setor, é disponibilizado pelo Senac e custa entre R$ 300 e R$ 400. Mas será oferecido gratuitamente, graças a essa parceria com o Detran”, enfatiza.

O diretor da 13ª Ciretran, José Rodrigues, destacou também a prioridade do projeto da Primeira Habilitação para o Transporte (CNH Social), pela Escola Pública de Trânsito do Detran (EPTRAN). “Hoje, o custo da primeira CNH fica em torno de R$ 3 mil reais, entre exames, documentação e autoescola, por isso o Detran criou esse projeto, a fim de atender as pessoas que não possuem condições de tirar a carteira”, explica. A CNH Social é destinada, prioritariamente, aos beneficiários do Bolsa Família e demais programas acompanhados pela Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS).

FACULDADE DE ILHÉUS FORMA 2ª TURMA DE ODONTOLOGIA

Turma formada.

A Faculdade de Ilhéus realizou a cerimônia de colação de grau da segunda turma de formandos do curso de Odontologia, pioneiro na região Sul e Extremo Sul da Bahia, no sábado, 4 de agosto, no auditório Jorge Amado do Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães. O diretor-geral, Almir Milanesi, presidiu a solenidade de graduação da turma denominada “Dr. Yuri Muniz”, com a participação do coordenador do curso, Fábio Silveira, e da presidente do Conselho Regional de Odontologia (CRO) da Bahia, Viviane Coelho Dourado.

A cerimônia contou com a presença de 38 formandos, cuja turma teve como paraninfo o professor Antônio Henrique Braitt, e como patrono, o empresário Valderico Reis Júnior. Também integraram a mesa oficial da solenidade, a diretora acadêmica, Sandra Milanesi, a representante do Cesupi (entidade mantenedora), Fátima Frisso, e o secretário acadêmico, Paulo Castro. O professor Murilo Matos participou como “Amigo da Turma”.

A formanda Lívia da Silva Santos foi a oradora e Felipe Mateus Bispo conduziu o juramento dos profissionais de Odontologia. Já Bruna Pereira Santos e Leonardo Antônio Raposo Ramos atuaram como mestres de cerimônias na etapa da chamada para a atribuição de grau pelo presidente da sessão solene, Almir Milanesi. O auditório do Centro de Convenções ficou superlotado durante a formatura.

O pioneiro curso de Odontologia da Faculdade de Ilhéus simboliza um fato histórico no cenário da profissão no Sul da Bahia. A primeira turma de bacharéis em Odontologia foi graduada em janeiro deste ano. Com a inserção de novos profissionais no mercado de trabalho, surgem novas oportunidades de atendimento à população.

O coordenador do curso, Fábio Silveira, declarou que é importante solidificar o compromisso da Faculdade de Ilhéus junto à sociedade regional de qualificar profissionais com uma visão holística e empreendedora para o mercado de trabalho. Silveira ainda destacou o trabalho de atendimento odontológico gratuito prestado à população de baixa renda, através das clínicas-escola instaladas na Faculdade, localizadas à Avenida Nossa Senhora Aparecida, no Bairro São Francisco, na zona sul.

O diretor Almir Milanesi salientou o fato de os bacharéis concluírem a graduação com o curso de Odontologia já reconhecido pelo Ministério da Educação, avaliado com o conceito 4, numa escala de um a cinco. Milanesi também evidenciou a colaboração que o curso presta à comunidade mais necessitada de Ilhéus e outros municípios, por meio das atividades de extensão. Segundo informou, as clínicas\laboratórios do curso realizam, aproximadamente, 700 atendimentos odontológicos, entre adultos e crianças, por semana, totalmente gratuitos.

Todos os níveis de complexidade são atendidos pelos discentes, com a supervisão direta dos professores, como restaurações, tratamentos de canal, extrações, cirurgia oral menor, próteses, tratamentos preventivos e odontopediátricos. Também disponibilizam tratamento especializado a pacientes com necessidades especiais e prévio atendimento odontológico a pacientes em quimioterapia e crianças com diagnóstico de câncer.

ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DA FIOL NO TRECHO ILHÉUS-CAETITÉ É APROVADO

Do Agravo

Fiol

O Diário Oficial da União publicou ontem a aprovação do EVTE, Estudos de Viabilidade Técnica e Econômica referentes ao processo de concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, do trecho de Ilhéus até Caetité. Os estudos foram contratados através de uma licitação pública, pelo Governo do Estado da Bahia.

Ainda de acordo com a Secom, com o relatório de aprovação emitido pela Secretaria Nacional de Transportes Terrestre e Aquaviário, vinculada ao Ministério dos Transportes, fica estabelecido que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já está autorizada a abrir o processo de licitação de concessão da Ferrovia.

O equipamento é uma obra do governo federal e está inserido no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da União, com licitação prevista ainda para 2018.

O trecho de Ilhéus até Caetité já está mais de 70% concluído. Ao todo, já foram investidos mais de R$ 3,3 bilhões em toda a extensão da Ferrovia, no território da Bahia.

MORADORES CONVIVEM COM ESGOTO EM RUA DO IGUAPE

Olha a dificuldade.

A construção de uma rede de esgoto gera transtornos a moradores do Iguape. A obra, que deveria trazer benefícios aos moradores da Rua São Miguel, custa a ser concluída. Com o serviço pela metade, a água da chuva se mistura com esgoto e toma parte da via, além de invadir casas.

A comunidade procurou o Ministério Público, que acionou a Embasa, responsável pela obra, e a Prefeitura de Ilhéus. A notificação foi feita em fevereiro desse ano. Sete meses depois, o problema persiste.

O odor e o risco de transmissão de doenças é grande, sem contar a quantidade de mosquitos e ratos na região.

VEREADORES DE ILHÉUS SÃO SUSPEITOS DE PAGAR PARA RECEBER HONRARIA

Do Pimenta

Câmara

Políticos de Buerarema, Canavieiras, Ilhéus e Gandu estão entre os investigados por suspeita de pagamento por honrarias concedidas pelo Instituto Tiradentes, de Minas Gerais, e pela União Brasileira de Divulgação (UBD), de Pernambuco. A lista de investigados tem representantes de 27 prefeituras e 30 Câmaras de Vereadores de diferentes regiões da Bahia.

A Câmara de Vereadores de Canavieiras, segundo dados do TCM, ocupa 8ª colocação na lista de quem mais gastou com empresas que concedem honrarias. A premiação aos  representantes do legislativo do município sul baiano teria custado R$ 2.890. A campeã de gastos foi a Câmara de Vereadores de Bom Jesus da Lapa, com desembolso de R$ 6.594.

No sul da Bahia, além de Canavieiras, dinheiro público para pagar por honrarias teria sido usado por representantes das Câmaras de Vereadores de Buerarema (R$ 578,00) e Ilhéus (R$ 1.911,00). No baixo sul do estado, o dinheiro contribuinte teria sido foi utilizado para bancar “reconhecimento” a representantes do Poder Executivo. A Prefeitura teria desembolsado R$ 637,00 para o Instituto Tiradentes, que também foi o escolhido pelos vereadores dos três municípios do sul da Bahia.

A lista de suspeitos de usar dinheiro público para bancar “reconhecimento pessoal” inclui também políticos de municípios como Alagoinhas, Barreiras, Brumado, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães, Paulo Afonso, Poções, Prado e Vitória da Conquista. O Instituto Tiradentes, segundo  o TCM, recebeu a maior parte dos pagamentos.

Comentário do Blog

Em junho deste ano, a assessoria de comunicação da Câmara de Vereadores noticiou que três parlamentares de Ilhéus foram “agraciados” com a medalha de Tiradentes: Lukas Paiva, presidente da casa, Makrisi Angeli e Juarez.

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia