Do Pimenta

Elba

Foi ouvido na atarde desta terça-feira (7), na Delegacia de Proteção ao Turista em Ilhéus (Deltur), o policial militar da reserva Robson de Cácio Borges da Silva.O depoimento foi sobre o acidente ocorrido no dia 19 de julho, na Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), que matou Elba Oliveira, de 19 anos. A jovem retornava para casa, em Itabuna, na companhia do policial, que dirigia um HB-20 sedan.

De acordo com a titular da Deltur, delegada Adriana Paternostro, Robson de Cácio confirmou que retornava de Ilhéus para Itabuna quando, nas proximidades da Ceplac, o veículo derrapou, rodou na pista e colidiu com uma árvore. O impacto foi no lado onde viaja Alba Oliveira, que morreu na hora. O depoimento durou pouco mais de uma hora.Os familiares da jovem também estiveram na delegacia.

A delegada informou que Robson de Cácio alegou que não prestou socorro à vítima porque ficou atordoado com impacto. Afirmou ainda, conforme a Adriana Paternostro, que foi socorrido por populares e levado para um hospital. O policial teria dito também que mantinha um relacionamento com a jovem. Ele responderá por homicídio culposo (sem intenção de matar), com agravante da omissão do socorro, informou a delegada.