WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom saude></a>
<a href=embasa secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


junho 2018
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


:: 19/jun/2018 . 16:40

CHUVA CAUSA ESTRAGOS EM MORROS DE ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Estragos

A chuva que caiu sobre a cidade nesta madrugada causou estragos nos altos da Tapera e do Amaro. Segundo informações da Defesa Civil, parte de um muro de contenção desabou sobre um imóvel na rua do Cacau (Alto da Tapera) e parte da via principal do alto do Amparo também cedeu. Os prejuízos foram materiais, de acordo com Joandre Neres, coordenador da DC.

De acordo com o serviço de meteorologia, choveu 39 mm durante a madrugada. Estas áreas atingidas não fazem parte da lista de 12 altos e morros de Ilhéus onde o prefeito Mário Alexandre já havia decretada Situação de Emergência recentemente e aguarda ajuda do governo federal para realização de obras de encosta, drenagem e pavimentação.

Hoje (19) pela manhã, a Defesa Civil vistoriou as novas áreas atingidas.

ILHÉUS: FALTA DE INSUMOS PREJUDICA TRATAMENTO DE CRÔNICOS RENAIS

Do Blog do Gusmão

Em contato com o Blog do Gusmão, crônicos renais de Ilhéus reclamaram da falta de insumos no Centro de Assistência Renal (CAR), clínica localizada no bairro Malhado.

Pacientes que fazem hemodiálise não estão satisfeitos, uma vez que o procedimento não é completado.

“Costumo ficar quatro horas na máquina. Agora estou ficando três, pois a clínica não tem o insumo para o banho do capilar. Por causa dessa situação saio com algumas toxinas no corpo que afetam meu intestino. Não paro de ter diarreias”, reclama um paciente.

O outro lado.

Ouvimos a senhora Angélica, funcionária da CAR responsável pela parte administrativa. Ela negou a falta de insumos. Disse que houve esse problema a partir da greve dos caminhoneiros, mas o atendimento já foi normalizado. 

PREFEITURA PRORROGA PROGRAMA DE DEMISSÃO VOLUNTÁRIA

Da Secom/Ilhéus

PDV prorrogado.

Atendendo a pedido das lideranças dos sindicatos ligados aos servidores públicos – Sinsepi, APPI e Sindiguarda – e da própria Câmara de Vereadores que recentemente apresentou requerimento neste sentido, o prefeito Mário Alexandre anunciou ontem (18) que vai prorrogar por mais 90 dias o prazo para adesão dos servidores ao Plano de Desligamento Voluntário (PDV), criado por seu governo.

Anunciado em dezembro do ano passado – e com encerramento inicialmente previsto para ontem, o PDV é um programa destinado aos servidores públicos, estatutários ou celetistas, que preencherem os requisitos para a aposentadoria por tempo de serviço e contribuição, assim como os que ingressaram na justiça pedindo reintegração contra a demissão pelo fato de estarem aposentados.

O objetivo do programa é desonerar a folha de pagamento da Prefeitura, para adequar a despesa do quadro de servidores do município aos índices exigidos pela legislação, a fim de evitar um impacto social, com o desligamento desses funcionários.

Valores menos impactantes – Hoje o município gasta com salários destes servidores algo em torno de R$ 3,8 milhões por mês. Com o PDV, o município assumirácotas mensais de indenização, que ficarão em torno de R$ 590 mil, representando uma significativa desoneração na folha de pagamento da Prefeitura.

Alta adesão – Os números oficiais ainda serão fechados. Mas, de acordo com estimativa do prefeito Mário Alexandre, até ontem mais de 300 servidores (dos 400 inicialmente aptos ao benefício) haviam apresentado pedido de adesão ao programa. A decisão pela prorrogação por mais 90 dias leva em conta o apelo de que dezenas de servidores não decidiram pela adesão pelo fato de ainda não terem preenchido todos os pré-requisitos, a exemplo do tempo de serviço para a aposentadoria.

Com a prorrogação, esses servidores, completarão o tempo e terão a oportunidade, também, de fazer a adesão. “Atender mais este pleito é reafirmar meu compromisso com a valorização e o respeito ao servidor municipal, condição que já é uma marca do atual governo”, justificou Mário Alexandre.

Contenção de despesas – Segundo o secretário Bento Lima, o programa surge como uma das medidas adotadas pelo atual governo com o objetivo de conter despesas e enxugar a folha de pagamento. “O município de Ilhéus historicamente descumpre esse índice, seja pela baixa arrecadação, seja pela extrapolação da folha. Os estudos que nós fizemos, logo no início do mandato deste governo, verificaram alguns servidores com remuneração não linear à sua carreira”, explica.

O PDV oferece o benefício do pagamento de 35% da média salarial do servidor nos últimos doze meses, durante vinte anos. Com isso, além do município reduzir significativamente a folha de pagamento, o aposentado recebe a indenização na forma de complementação da aposentadoria paga pelo INSS. “Nós estamos falando de servidores que tem em média de R$ 9mil reais por mêse o teto hoje do INSS de aposentadoria é de quase R$ 6mil reais. O servidor ao se aposentar necessariamente terá que se afastar do serviço público e deixará de receber os proventos”, afirma Bento Lima.

Com o programa, o servidor terá uma complementação do valor recebido em sua aposentadoria.A outra vantagem significativa é para aqueles servidores já afastados que estão em litígio judicial, e pode pacificar o processo aderindo ao PDV.

Além de lideranças da classe trabalhadora, estiveram presentes ao ato – ocorrido no Centro Administrativo da Conquista –vereadores e secretários municipais.

ALAGOU DE NOVO

Alagamento no centro da cidade. Foto de Aderino França

Assunto velho, batido, mas que causa transtornos ao ilheense de qualquer forma. Os alagamentos na região central da cidade ao menor sinal de chuva incomoda muito.

E o pior é que, entra e sai governo, e nada é feito. Nem um servicinho para desentupir um bueiro, nem nada.

ILHÉUS: TETO DE LOJA DESABA E ESMAGA CARROS

Teto foi ao chão.

A parte do teto da Ekipar Som, oficina de acessórios para veículo, desabou na noite desta segunda-feira, (18), na Avenida Itabuna, em Ilhéus, causando prejuízo material, após uma frente fria que chegou a cidade com forte chuva.

Segundo informações chegadas à nossa redação, uma obra em execução ao lado da loja pode ter influenciado no acidente.

Ninguém ficou ferido e o prejuízo ainda não foi calculado.

O trânsito nas proximidades da rodoviária sentido Centro, ficou um pouco lento, devido a curiosos passarem devagar pelo local.

ESTRADAS RURAIS DO COUTO E SAPUCAEIRA ESTÃO SENDO RECUPERADAS EM ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Estrada

Com a estiagem dos últimos dias, a Gerência de Ações Regionais da Prefeitura Municipal está recuperando duas importantes estradas rurais de Ilhéus: a que liga o condomínio Sol e Mar ao Couto e a de Sapucaeira. O trabalho consiste no serviço de terraplanagem e escascalhamento das estradas vicinais, importantes para o escoamento da produção agrícola do interior e para dar garantias da prestação de serviços como educação e saúde. Homens e máquinas atuam nas regiões.

As estradas vicinais são vias não pavimentadas que são usadas como principais conexões entre as áreas rurais e os centros urbanos. Apesar de corresponder a uma extensa malha das estradas de rodagem, as estradas de terra sofrem mais durante períodos mais intensos de chuva. Ilhéus possui uma malha com este perfil que ultrapassa aos 1.200 quilômetros e necessita permanentemente realizar operações corretivas e preventivas para garantir a trafegabilidade.

GOVERNADOR ENTREGA VEÍCULOS PARA SEGURANÇA E SAÚDE EM ILHÉUS

Viaturas novas.

O Governo do Estado entregou ao município de Ilhéus, nesta segunda-feira (18), viaturas policiais para fortalecerem a segurança pública local. A saúde básica da cidade também foi reforçada com uma ambulância e kits de sala de parto, odontológico e de Unidade Básica de Saúde (UBS).

As entregas foram realizadas pelo governador Rui Costa ao prefeito Mário Alexandre. Na opinião do prefeito, o ato demonstra a consolidada parceria estabelecida entre os governos, trabalhando para a melhoria de setores fundamentais do município.

FAMÍLIA NEGA QUE HOMEM ASSASSINADO EM ILHÉUS TIVESSE ELO COM O CRIME

Do Agravo

Homem assassinado

Na tarde desta segunda-feira (18), Jonh Cleiton, irmão de Igor Soares Cavalcante, morto no condomínio Morada do Porto, entrou em contato com nossa redação, e negou que ele participava ou tinha ligação com facções criminosas, conforme informações policiais.

Segundo Jonh, o seu irmão foi vítima apenas por buscar suas filhas no condomínio. Para ele, a apreensão dos telefones da ex-esposa e do atual marido dela, vão tirar as dúvidas da autoria do crime.

O familiar também rebateu as informações truncadas publicadas em outros blogs, de que Igor teria baleado um rapaz há um tempo atrás. “Todo mundo tem uma versão, primeiro, meu irmão tinha 25 anos, não deu tiro em ninguém, por que ele não se envolveu com nada mais. Apenas foi buscar as filhas, era solteiro, e isso deixa a gente mal”, desabafou.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia