WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


maio 2018
D S T Q Q S S
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: 9/maio/2018 . 16:05

EM NOTA, PCdoB FAZ DURAS CRÍTICAS À GESTÃO DA SAÚDE DE ILHÉUS

No dia 5 de outubro deste ano, o direito à saúde, calçado nos princípios de universalidade, equidade e integralidade completará 30 anos. Nas últimas três décadas muitos desafios foram enfrentados pelos entes federativos, como subfinanciamento, falta de política de valorização dos trabalhadores da saúde e principalmente a ampliação da resolutividade dos problemas enfrentados nos leitos de hospitais, clínicas, ambulatórios e centros de saúde.

Os princípios organizativos do Sistema Único de Saúde (SUS), estabelecidos na Constituição de 1988, são conquistas das forças progressistas e constituem o tripé que deve dar sustentação ao sistema: regionalização, hierarquização, descentralização, comando único e participação popular. Com esse objetivo, devem ser criados os Conselhos e as Conferências de Saúde – que visam formular estratégias, controlar e avaliar a execução da política de saúde.

Nos últimos anos, a agonia por sobrevivência do sistema de saúde, em Ilhéus, retratada pelas notícias veiculadas na mídia, tem sido cotidiana. Por essa razão, torna-se necessária uma análise conjuntural da Saúde Pública do nosso estimado município.

1)      Rede de Saúde desestruturada e desarticulada – Com a inauguração do Hospital Regional da Costa do Cacau (HRCC), o governo do Estado optou em converter o antigo Hospital Regional Luiz Viana Filho (HRLVF) em hospital materno infantil. Como consequência, tem sido grande o debate referente ao fechamento do HRLVF, pois, o anúncio dessa medida deixou a população preocupada e carente de explicações.

Em nenhum momento a comunidade ilheense foi chamada a compreender e dialogar sobre a suspensão de suas atividades, gerando um grave problema que consiste na desestruturação e desarticulação da rede de saúde municipal.

Atualmente, a crise na Atenção Básica é aguda e sofre desestruturação física das unidades de saúde da família, juntamente com a falta de equipes, marcação de exames insuficientes, entre outros, o que gera filas quilométricas nos setores de regulação.

O problema também atinge a Média e Alta Complexidade, onde os serviços estão abandonados, o SAMU, por exemplo, conta com apenas uma ambulância e os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) encontram-se desestruturados, sem apoio técnico pedagógico.

A inexistência de veículos para os programas que exigem mobilidade, como o Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB) e o Programa Melhor em Casa, agravam, cada vez mais, a situação dos usuários que necessitam do apoio domiciliar.

Tais aspectos inviabilizam qualquer ação de trabalhadores voltados à articulação da rede de saúde, o que, certamente, deixa prejudicado o princípio de regionalização e hierarquização.

2)      Recursos volumosos e ineficiência nos gastos – As transferências constitucionais da União e os investimentos do Estado são garantidos para o nosso município, sendo que a gestão da Saúde municipal é plena.

Em 2017, o município de Ilhéus recebeu R$51.880.892,73 (quase 52 milhões de reais) e este ano, até fevereiro, R$7.821.747,87 (quase 8 milhões de reais), totalizando nesse período R$59.702.640,60 (aproximadamente 60 milhões de reais).

Recentemente, o governador Rui Costa anunciou investimentos R$15 milhões destinados à reestruturação da Atenção Básica, e à reforma e adaptação do Hospital Regional Luiz Viana Filho.

A atual gestão municipal, de slogan “Tempo de Alegria”, caso se confirme os investimentos anunciados pelo governo estadual, terá recebido até o final de 2018, em torno de R$ 100 milhões para gerenciar a Saúde de Ilhéus.

3)     Intransigência diante da participação social – Um dos pilares centrais da organização do SUS é a participação social. Os Conselhos Locais de Saúde estão sem funcionar. O Conselho Municipal de Saúde está sob suspeita de diversas irregularidades, conforme publicações na imprensa, inclusive, é objeto de controvérsia gerenciada pelo Ministério Público Estadual (MPE).

Após quase uma ano e meio de governo, o Conselho Municipal não conseguiu cumprir o seu papel de instância de controle social. São muitas as acusações de ingerência por parte da secretária de saúde do município, postura que motivou a renúncia de diversas entidades representativas das plenárias do referido Conselho.

Diante desse panorama, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), em Ilhéus, vem a público expor o seu repúdio frente à atual gestão municipal da Saúde.

Temos plena consciência de que a solução para a atual crise no sistema de saúde do município passa pela mudança de mentalidade gerencial. Trata-se da necessidade de um novo conceito de gestão pública pautado nos modernos paradigmas de planejamento, capacidade de diálogo e sensibilidade humanitária.

Ilhéus / BA, 09 de maio de 2018

Comitê Municipal de Ilhéus

Partido Comunista do Brasil (PCdoB)

PREFEITURA DIZ NÃO HAVER RISCO DE DESABAMENTO NO VIADUTO

Viaduto

Depois de nota publicada aqui, que questiona a situação do viaduto Catalão, a prefeitura de Ilhéus divulgou informações sobre o trabalho de correção dos problemas. Confira abaixo.

Diante das notícias que circulam nas redes sociais sobre a estrutura do Viaduto Catalão, a Secretaria de Infraestrutura da Prefeitura de Ilhéus divulgou nota tranquilizando a população e informando sobre as providências que serão adotadas:

“O Diretor de Obras Eng. Átila Dócio, na data de 07/05/2018 esteve no Viaduto Catalão a fim de fazer uma vistoria no guarda-corpo da via principal devido a divulgações que questionam a estrutura’’.

Foi constatado que as condições da estrutura do guarda-corpo requer uma manutenção corretiva, visto que alguns “pilaretes” que não tem a função estrutural são feitos de concreto e estão apresentando desplacamento. A equipe de manutenção da Seinfra já retirou os referidos “pilaretes”.

Ressaltamos que a parte que está em pior estado encontra-se apoiada em terreno natural, não oferecendo, portanto, risco à veículos e pedestres. A vistoria também comprovou que o comprometimento da pior parte deve-se a um recalque do passeio e guarda-corpo, devido a existência de drenagem sob o passeio, por onde houve fuga de material. Para este serviço está sendo programado uma ação imediata de demolição do guarda-corpo, recomposição da drenagem, contenção para o passeio e execução de um novo guarda-corpo”.

A nota é assinada pelo secretário de Infraestrutura de Ilhéus, Hermano Fahning Ferreira Magno.

NAZAL NEGA RECUO E CONFIRMA SAÍDA DA SECRETARIA

Nazal de saída confirmada

O vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal, ainda aguarda o prefeito Mário Alexandre assinar e publicar no diário oficial sua exoneração do cargo de secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável. Nazal entregou a função no dia 30 de abril (lembre aqui).

Em contato com o ILHÉUS EM RESUMO, Nazal afirmou que a demora para oficializar a saída não representa um recuo de sua parte. De acordo com o vice-prefeito, quem pode responder pela demora é o setor responsável, já que sua decisão de sair não será revista.

Nazal explicou ainda que continua a atender a população, só que, agora, no gabinete do vice-prefeito, que fica numa sala ao lado do gabinete do prefeito Mário Alexandre, no centro administrativo da Conquista.

Em tempo: Ontem, terça, 8, a secretaria de comunicação social de Ilhéus distribuiu release à imprensa onde coloca Nazal ainda como ocupante do cargo de secretário, ao afirmar que o vice-prefeito acompanha o processo de licenciamento ambiental do atacadista Assaí.

DIVULGADO RESULTADO DO MAIS ALFABETIZAÇÃO EM ILHÉUS

Do Blog do Gusmão

Por meio da Secretaria Municipal de Educação, a Prefeitura de Ilhéus informou hoje que o resultado do processo seletivo do programa Mais Alfabetização já está disponível no Diário Oficial do Município – acesse aqui.

O resultado inclui oito educadores classificados para trabalhar em escolas vulneráveis e 19 candidatos que vão trabalhar em unidades de ensino não vulneráveis, além de outros 19 que integram a lista de cadastro reserva.

POLICLÍNICA MUNICIPAL FUNCIONA PROVISORIAMENTE

Da Secom/Ilhéus

Policlínica.

A Policlínica Municipal Halil Medauar, unidade de atendimento médico especializado de responsabilidade da secretaria de Saúde (Sesau) de Ilhéus, instalada no bairro da Conquista, está funcionando provisoriamente em um novo local, na Avenida Vereador Marcus Paiva, na Cidade Nova, onde funcionava a sede da secretaria.

A transferência do local de atendimento à população se deu em função de na unidade da Conquista estar sendo realizada obras de reforma e adequação para a transformação em novo Pronto Atendimento (PA) 24 horas. Por outro lado, a sede da secretaria de Saúde foi transferida para o início da Avenida Lomanto Júnior, no Pontal, nas proximidades da ponte que leva o mesmo nome.

Segundo informações da secretária de Saúde, Elizângela Oliveira, nesse novo espaço estão mantidos todos os serviços oferecidos pela Policlínica da Conquista, a exceção do atendimento odontológico. O atendimento médico acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas.

A Policlínica oferece as seguintes especialidades médicas: cardiologia, ortopedia, reumatologia, hematologia, mastologia, psicologia, cirurgia oncológica, psicologia infantil, psiquiatria, ultrassonografia, dermatologia, gastroenterologia, ginecologia e obstetrícia, oftalmologia, urologia, nefrologia e neurologia.

Os trabalhos de infraestrutura do equipamento, no bairro da Conquista, autorizados pelo prefeito Mário Alexandre, estão em ritmo acelerado. Após conclusão da obra, o novo PA 24 horas vai oferecer atendimento de urgência na parte superior do prédio e o serviço de emergência ficará à disposição do público no espaço térreo do local com capacidade de acompanhar cerca de 150 pacientes dia.

BRADESCO DEIXA CLIENTES DE MOLHO EM ILHÉUS

Do FRN

A multidão na agência.

Usuários da agência 0237-2 do Bradesco, em Ilhéus, entraram em contato com a redação do FR Notícias relatando que o Banco vem desrespeitando a lei dos 15 minutos e o tempo de espera bate em torno de 4 horas.

A falta de funcionários na Agência devido às transferências ou “empréstimos” de funcionários é visível e compromete os funcionários, que ficam sobrecarregados de tanto trabalhar para dar conta de tanto serviço tantas tarefas, ou seja, todos saem perdendo os clientes que agonizam de tanto esperar para serem atendidos, os funcionários mesmo sem ter culpa nenhuma são responsabilizados por boa parte dos clientes como culpados fossem, enfim, um verdadeiro caos.

“Precisamos cobrar do poder executivo que volte a restruturar o CODECON aqui em Ilhéus. Chamamos a atenção da direção do Banco que poderá sofrer dezenas de ações na justiça, devido ao tempo de espera por parte dos clientes para serem atendidos, e o pior comprometer a saúde de seus funcionários, que tem que se desdobrar para atender a todos.

ILHÉUS: MARÃO COBRA CELERIDADE NA LIBERAÇÃO DO ASSAÍ

Da Secom/Ilhéus

Reunião

O prefeito Mário Alexandre, de Ilhéus, reuniu-se nesta terça-feira, dia 8, em Salvador, com o secretário estadual do Meio Ambiente, Geraldo Reis, a diretora do Inema (Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia), Márcia Telles, e a deputada estadual Ângela Sousa, e pediu a celeridade na definição dos pareceres ambientais para a realização das obras do condomínio Cidadelle e do empreendimento Assaí Atacadista, na zona sul da cidade.

O prefeito considerou a reunião bastante positiva em relação aos dois projetos. Ele informou que foi assinado o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), solicitado pelo Ministério Público, e, nesse sentido, pediu agilidade para o início das obras do condomínio Cidadelle, na Praia do Sul, “porque são mais de 500 condôminos que precisam efetivar seus investimentos, e isso é muito importante para proporcionar mais emprego e renda para nossa cidade”, disse Mário Alexandre.

Na conversa com o secretário Geraldo Reis e a diretora do Inema, Márcia Teles, o prefeito afirmou que o Grupo Assai está aguardando apenas a liberação do Inema para a execução da obra. Ele destacou o apoio parlamentar da deputa Ângela Sousa no trato das questões de interesse do Município.

O projeto de instalação de uma filial do Grupo Assaí na zona sul da cidade de Ilhéus, está sendo acompanhado pelo secretário de Planejamento e vice-prefeito José Nazal Soub. O empreendimento prevê um investimento de cerca 40 milhões de reais e a geração de aproximadamente 300 empregos diretos, na primeira etapa.

São os voto de Cacá Colchões.

COM NOME LIMPO, MARÃO BUSCA ASFALTO PARA ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Asfalto pela cidade.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, comemorou mais uma vitória na sua administração, com a regularização da situação do município junto ao Cauc (Cadastro Único da União) e a obtenção do nada consta junto ao Governo do Estado. A medida permite que a Prefeitura volte a assinar contratos e convênios com as demais esferas de governo e receber recursos transferidos por meio de emendas parlamentares.

Assim que obteve a certidão negativa do município, o prefeito Mário Alexandre foi a Salvador tratar do contrato com o governo estadual para garantir a requalificação asfáltica de ruas e avenidas da cidade. “Buscamos limpar o nome da Prefeitura de Ilhéus junto ao Cauc, com sucesso. Não é uma tarefa simples, exige planejamento e acompanhamento permanente, além do cumprimento de pagamentos de dívidas, dos recolhimentos obrigatórios como INSS, FGTS, atualizados, sempre.  Por isso temos motivos para comemorar, pois não ter restrições é uma necessidade para que novos recursos possam ingressar no município para investimentos em obras importantes”, explicou.

O prefeito ainda afirmou: “Temos mais de R$ 30 milhões  em emendas para executar e não podemos descuidar para não perdermos nenhuma oportunidade. Reconheço a notícia como o resultado do esforço e empenho da nossa equipe, fundamental para atingirmos esse objetivo e regularizar a situação de Ilhéus, dando espaço para que possamos receber verbas federais e estaduais”, acrescentou Mário.

O Cauc é uma espécie de “Serasa” das Prefeituras. Com ele negativado, os municípios ficam impedidos de firmar novos convênios e se beneficiar de emendas parlamentares. “Agora estamos novamente aptos a firmar convênios com o Governo Federal, com a Caixa Econômica, Correios, Receita Federal e FNDE, entre outros, e com o Governo da Bahia”, destacou.

O prefeito salientou que o resultado desse trabalho viabiliza obras importantes para toda a comunidade. “Então, isso é uma vitória e vamos trabalhar duro para manter esse ritmo, manter o equilíbrio, com a diminuição dos custos, para que a gente possa com menos dinheiro fazer muito mais. A gente precisa de ideias novas, importantes, que proporcionem economia e mais trabalho para o povo”, disse o prefeito.

INSTITUTO ABRE VAGA DE EMPREGO EM ILHÉUS

Vaga

O Instituto LFX está com vaga aberta para o cargo de assistente de secretaria acadêmica, lotado em Ilhéus. A carga horária é de 40 horas semanais e exige ensino médico completo.

É recomendável ter conhecimento do Pacote office e internet, das rotinas de uma secretaria escolar, sistema de gestão educacional, atendimento ao cliente e gestão de documentos.

Experiência desejável de um ano de experiência em cargos  similares. O currículo deve ser enviado para o email contato@grupolfx.com.br.

PREFEITO AUTORIZA CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES NA ZONA RURAL DE ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Marão

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e o secretário municipal de Agricultura e Pesca, Walmir Freitas,  e representantes da Caixa Econômica Federal, participam, nesta quarta-feira (10), às 9 horas, do ato de assinatura dos para construção de moradias populares na zona rural do município. O ato será celebrado na sede da secretaria de Agricultura e Pesca (Seap), localizada na Avenida Almirante Aurélio Linhares, no térreo do Terminal Pesqueiro, no Centro da cidade.

Nessa primeira fase, cerca de 79 famílias serão contempladas com unidades habitacionais. O empreendimento será construído por meio do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), com recursos da Caixa, resultado de parceria entre governos Federal, Estadual e Municipal. Segundo o titular da Seap, Valmir Freitas, serão beneficiadas família das localidades rurais de Sambaituba, Vila Campinhos, Urucutuca, Ribeira das Pedras, Retiro, Vila de São José, Assentamento Frei Vantuy, Assentamento Bom Gosto e Itariri.

MARÃO GASTA R$ 1.500 POR DIA COM ALUGUEL DE TOLDOS, DENUNCIA VEREADOR

Do Agravo

Thadeu

Na sessão da terça-feira (08) o vereador Thadeu Muniz (PDT), utilizou do grande expediente da Câmara de Vereadores de Ilhéus para externar sua indignação com os problemas estruturais do município elencados por ele tais como a Saúde pública caótica, problemas na merenda escolar, buracos nas ruas entre outros.

De acordo com ele, vários requerimentos partiram do seu gabinete para o Executivo Municipal, solicitando pequenos serviços e reparos em vários locais da cidade e até o momento não foram atendidos. Aproveitando o ensejo, o vereador fez uma denúncia sobre a situação de alguns contratos licitatórios entre a Prefeitura de Ilhéus e a empresa Pazini Som, Luz e Palco.

Segundo Thadeu Muniz “Estou exercendo o meu dever de fiscalizar e através de pesquisa, constatei que os toldos utilizados num dos pontos de ônibus do centro da cidade, custa à população por dia, cerca de R$ 1.500,00, ou seja mais de R$ 400.000,00 que poderiam ser utilizados parta a construção de 20 estruturas de abrigos de ônibus”. O vereador afirma que a Prefeitura possui aproximadamente 50 licitações com a referida empresa.

“Não é normal que um órgão público contrate uma empresa que pratique preços 100% acima do praticado no mercado. Falo isso com embasamento, pois realizei inúmeras pesquisas de mercado e concluí que o dinheiro público está sendo empregado de maneira completamente escusa”, afirma Thadeu. O vereador aproveitou a oportunidade para requerer ao Executivo, cópias de todos os processos licitatórios com a empresa para analisar de forma minuciosa possíveis existências de desvios de recursos e fraudes.

“Uma gestão eficiente não pode deixar que o dinheiro público seja gasto dessa maneira enquanto vários problemas como a falta de hospitais e de iluminação assolam a cidade. E esta Casa deve tomar providências, na sua condição de fiscal, para que situações como estas não aconteçam”, concluiu Thadeu Muniz.

VICE-PRESIDENTE DA COLÔNIA DE PESCA DE ILHÉUS TEM A CASA INVADIDA

Do Agravo

O vice-presidente da Z-34 Felisberto, o presidente Zé Neguinho e o tesoureiro Ilton Villasboas

Felisberto Santiago Santos, vice-presidente da Colônia de Pescadores Z-34, teve sua casa invadida supostamente por policiais militares na tarde da última segunda-feira (07). Segundo ele, a informação sobre a invasão chegou por meio de vizinhos. Ao chegar à residência, deparou-se com o cadeado do portão do fundo arrombado e a porta no mesmo estado.

Segundo Felisberto, o local estava revirado e ficou aberto depois da saída dos invasores. Ele não soube informar se algo foi subtraído do interior da casa. Os vizinhos de Felisberto afirmam que a ação foi realizada por policias da 69º CIPM. O vice-presidente afirma que eles não possuíam mandado para realizar as buscas e não entende o motivo de ter sido alvo de tal ação.

Felisberto mora no Pontal, é muito conhecido e querido na cidade. O presidente da Z-34, Zé Neguinho e o tesoureiro, Ilton Villasboas se solidarizaram com a situação do colega e acreditam que essa atitude não poderia ter sido feita com uma pessoa de boa conduta. O boletim de ocorrência foi registrado sob o número 1ºDT-Ilhéus-BO-18-02820, na noite da segunda-feira (07). Nós entramos em contato com a 69º CIPM, mas não conseguimos resposta até o momento desta publicação. O espaço está aberto para a corporação se manifestar.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia