WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


maio 2018
D S T Q Q S S
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: 1/maio/2018 . 9:19

MARÃO PERDE MAIS UM SECRETÁRIO

Do Agravo

Adriano Sales.

O secretário de Finanças, Adriano Sales, está de saída do governo do prefeito Mário Alexandre. Segundo informações preliminares, Adriano será substituído pelo atual presidente do Fundo Gestor de Assistência, Contratos e Orçamentos, da Secretaria de Desenvolvimento Social, Rubenilton Santos Silva.

A exoneração de Adriano e nomeação de Rubenilton deve sair na próxima quarta-feira (02).

Adriano é funcionário efetivo da prefeitura, e muito elogiado pela lisura com a coisa pública. Sua saída ecoou mal no meio político, fornecedores e principalmente na base de sustentação do governo na Câmara de Vereadores.

GUSMÃO FOI O PIVÔ DA DEBANDADA DE NAZAL, AFIRMA SITE

Do FRN

Gusmão pivô de Nazal.

Gusmão pivô de Nazal.

O site Fábio Roberto Notícias obteve informações com exclusividade que levaram o vice-prefeito José Nazal pedir exoneração do cargo de Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável do município de Ilhéus, na tarde desta segunda-feira, 30.

Nazal decidiu entregar o cargo, após ter conhecimento que seu único aliado no governo, Emilio Gusmão, estava com os dias contados na superintendência do Meio Ambiente, em decorrência do comportamento que não vinha agradando o prefeito Mario Alexandre e todo núcleo do governo.

Gusmão, depois de embargar a usina asfáltica do município, gerando grande desgaste ao governo, vinha criando uma série de dificuldades na liberação dos alvarás dos empresários, atuando como verdadeiro opositor ao desenvolvimento da cidade.

Outra versão é que o prefeito ficou insatisfeito com uma medida tomada por Gusmão que geraria grande desgaste junto às oficinas mecânicas e pequenas empresas de leva-jato, ao implementar uma resolução que criaria grandes dificuldades aos pequenos empresários.

Em ano político, a deputada Ângela Sousa, principal articuladora da saída de Gusmão, considerou que o superintendente não tinha a confiança do grupo e suas ações só acarretariam prejuízos eleitorais para ela.

Nazal, pessoa de boa índole e leal aos seus correligionários, preferiu entregar o cargo a aceitar a exoneração do membro da Rede Sustentabilidade.

Essa é a versão que corre nos bastidores. O FRN está aberto para manifestação dos envolvidos.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia