WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


abril 2018
D S T Q Q S S
« mar   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


:: 5/abr/2018 . 22:54

HOSPITAL DO CACAU VAI IMPLANTAR SERVIÇO DE DIÁLISE PARA PACIENTES INTERNADOS

Novo Hospital

Do Agravo

 

A partir deste mês de abril, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, vai implementar o serviço de hemodiálise, exclusivo para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Hernani Vaz Krüger, diretor-geral do HRCC, ressalta que os procedimentos de diálise intra-hospitalar, em caráter de urgência darão maior assistência aos usuários que demandam os serviços.

“Com a implantação do serviço de diálise reduziremos a necessidade de transferências para outras unidades. A equipe dará suporte preciso aos usuários dialíticos internados. Contudo, é importante lembrar que as pessoas que precisam de diálise crônica, continuarão o tratamento nas unidades indicadas”, explica.

De acordo com Cláudio Moura Costa, diretor técnico do HRCC, o serviço vai atender exclusivamente os usuários em estado grave, internados na UTI e que apresentam quadro de insuficiência renal. “Quando há indicação para realização de hemodiálise, o usuário deve ter acesso rápido aos procedimentos, pelo fato de implicar maior risco de morte caso não seja dialisado para restabelecimento das funções renais”, enfatiza.

A diálise possui vários objetivos, dentre os quais se destacam: remoção de impurezas do sangue; correção do pH do corpo e correção de desequilíbrio dos eletrólitos (sódio, potássio, cálcio, magnésio, fosfato, entre outros), quando não estão dentro das taxas fixas necessárias para que possam exercer normalmente suas funções.

ILHÉUS SEDIA EM JULHO ETAPA DO CIRCUITO COSTA DO CACAU DE SURF

Foto de Zé Nazal

Ilhéus sedia em julho a segunda etapa do Circuito Costa do Cacau de Surf. A prova, válida para o brasileiro da categoria, faz parte da programação do aniversário da cidade. O objetivo é divulgar o destino da Costa do Cacau e atrair mais turistas de várias partes do país também na baixa estação. Outras etapas também serão realizadas nos municípios de Canavieiras, em maio; Una, agosto; e Serra Grande (Uruçuca), setembro. O encerramento está previsto para dezembro, em Itacaré.

Para discutir infraestrutura, projeto e outras questões ligadas ao circuito, o secretário-interino de Turismo e Esportes de Ilhéus, Hélio Ricardo de Jesus, se reuniu com representantes das Associações de Surf de Olivença e de Itacaré, respectivamente, Gustavo Farias Kauark e Marcelo Barros.

Na oportunidade, Hélio Ricardo de Jesus destacou que o prefeito Mário Alexandre sabe da importância do esporte para a economia de Ilhéus. “Acreditamos que a realização de eventos aqui faz o resgate dos campeonatos desta natureza que sempre revelaram surfistas de alto nível, a exemplo de Bruno Galini e o campeão brasileiro Jojó de Olivença, que deverá estar presente nesta etapa”, lembrou.

GÁS NATURAL VEICULAR (GNV) COMEÇA A SER COMERCIALIZADO EM ILHÉUS

Do Tabuleiro

 

Os proprietários de automóveis da cidade de Ilhéus, já contam, desde o final do mês de março, com a opção do Gás Natural Veicular (GNV). Acaba de entrar em operação o ponto de abastecimento para veículos que utilizam o combustível, no Posto Iguape.

A novidade é uma demanda antiga dos motoristas da região, que antes precisavam se deslocar até à cidade vizinha de Itabuna, para utilizar o energético.

As instalações da Companhia de Gás da Bahia – Bahiagás já estavam prontas e aguardavam apenas as adequações do posto de combustíveis para iniciar o fornecimento.

Segundo informações da Gerência Comercial de Grandes Clientes (Gecog) da Companhia, já havia uma demanda reprimida na cidade, com um número razoável de automóveis convertidos para o uso do GNV, gerando, portanto, um grande potencial de vendas para o combustível no município e na região.

Em Itabuna, o fornecimento de GNV teve início no ano de 2010. A cidade conta com uma unidade credenciada ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro, para certificação da instalação dos Kits GNV, mas ainda não tem uma oficina instaladora devidamente autorizada pelo órgão. Esse é mais um ponto positivo para a cidade de Ilhéus, que já inicia o suprimento do combustível com uma convertedora homologada pelo Inmetro.

O posto além de contar com os usuários que já utilizam o energético, vai ter também a possibilidade de expansão do mercado, com a facilidade que os proprietários encontram para converter os seus veículos.

RUA CEDE E CRATERAS ATRAPALHAM TRÂNSITO NO MALHADO

Situação tensa… e nem dá pra culpar o governo anterior.

Alô Marão, olha como está a situação da rua que dá acesso ao Big Meira, no Malhado. Só passa um carro por vez e se for caminhonete. Carro pequeno nem se aventura.

O chão afundou e fez duas crateras na rua de paralelepípedos que suporta trafego intenso o dia todo, inclusive de ônibus.

“CAMINHÃO DA GALINHA” DESTRÓI BLOCOS DE CONCRETO NA AVENIDA ITABUNA

O acidente. Foto enviada ao Ilhéus em Resumo

Caminhão que fazia o transporte de frango vivo colidiu, na madrugada dessa quinta, dia 5, com os blocos de concretos usados para impedir conversões irregulares de motoristas na avenida Itabuna, em frente a Lojas Americanas.

Ninguém se feriu, mas as estruturas ficaram destruídas devido ao impacto.

MARÃO AUTORIZA REFORMA DE MAIS UMA UNIDADE DE SAÚDE

Da Secom/Ilhéus

Assinatura da ordem de serviço

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, assinou hoje (4), a Ordem de Serviço (OS) para a reforma da Unidade de Saúde do Basílio, que compreende os serviços de conservação e manutenção preventiva e corretiva, com previsão de conclusão para junho deste ano. As obras integram a lista de reformas anunciadas pela administração municipal, que prevê a recuperação, com recursos próprios, de 10 Unidades Básicas de Saúde do município, um investimento de 2,2 milhões de reais. Felicidade expressada por dona Georgina de Jesus, que acompanhou o ato. “Tudo que a gente tem, além do bom nome, é a saúde. Esse posto é uma benção para nós. Tá acabadinho, mas com a reforma, tenho certeza que vai dar mais dignidade pra gente, né”.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, manifesta o esforço da administração municipal para reestruturar a saúde e a coragem de investir na infraestrutura física e em atendimento. Sob essa ótica, ele ressalta que “passo a passo vamos recuperando a saúde, com o apoio do governo do estado. No início do governo, as pesquisas apontavam uma rejeição de 87 por cento da população aos serviços de saúde prestados pelo município. Saltamos der 17 para 42 por cento de cobertura a Atenção Básica no município, com previsão de chegar a 50 até o final deste ano”, projeta o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre.

Atenção Básica ampliada – De acordo com a secretária de Saúde Elizângela Oliveira, enquanto o Posto de Saúde do Basílio estiver em reforma, os atendimentos à população vão acontecer na antiga sede do terreiro de Pai Pedro, na parte mais baixa do bairro. “A soma destas ações representa a readequação da saúde proposta pelo prefeito em parceria com o governo do estado, através da requalificação das unidades em prédios públicos que não fazem parte de convênios. Com isso, teremos a ampliação da Atenção Básica na face da assistência melhorada”, destaca.

O Basílio, ressalta Elizângela, “necessita não apenas de estrutura física, mas também de profissionais. Ressalto também o desbloqueio do Programas Mais Médico, com a vinda de mais dois profissionais médicos para a localidade, além da estruturação da saúde em funcionamento para atender toda a região do Basílio”. Já o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Hermano Fanhing, disse que o Basílio faz parte de um grande conjunto de obras que a prefeitura está realizando. Começaremos amanhã com recuperação de telhado, pintura, banheiro, remoção de piso, troca de divisórias e reparo nas instalações elétricas e hidráulicas”, detalha.

Posto atende a 10 mil pessoas – Cláudia Patrícia é a diretora geral dos Postos de Saúde no município. Ela conta que a Unidade de Saúde do Basílio tem 15 anos de existência, mas que há cinco anos não sofria uma manutenção sequer. “Essa reforma representa uma antiga reinvindicação da população. Ela vem não apenas com uma reforma física, mas uma composição de uma nova equipe, já que esta unidade possui duas unidades alocadas, com duas estratégias de Saúde da Família, que são: Basílio 1 e Basílio 2 que atendem as demandas das 10 mil pessoas que vivem na comunidade”, registra a gestora.

Amanhã (5), será a vez da assinatura da OS para reforma do Posto Euler Ázaro, no bairro Teotônio Vilela. Dois postos de saúde estão com obras em andamento. No bairro Hernani Sá, o posto já ganhou muro, reforma do telhado, recuperação de grades e esquadrias. A obra segue no ritmo previsto e a expectativa do governo é de que a conclusão ocorra em, no máximo, 60 dias. Na Conquista, a antiga Policlínica já começa a se transformar no quarto Pronto Atendimento 24 horas. No primeiro pavimento, metade do serviço já foi executada. A previsão de entrega é para maio, segundo informações de Átila Dócio, superintendente de Obras da Prefeitura.

O ato ocorrido pela manhã de hoje, contou com a presença dos vereadores Paulo Carqueja, César Porto, Ery Bar, Pr. Matos, Jerbson Moraes, Abraão Santos e Tarcísio Paixão, além de lideranças das comunidades beneficiadas.

NOVO FÓRUM DE ILHÉUS CUSTARÁ R$ 18 MILHÕES E FICA PRONTO EM DEZEMBRO

Da Secom/Ilhéus

A previsão do Tribunal de Justiça da Bahia é de que o novo fórum de Ilhéus – um investimento de 18 milhões de reais – fique pronto até dezembro deste ano. O anúncio foi feito hoje (4) à tarde, durante encontro do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e o juiz Jorge Luiz Ferreira, titular da 3ª Vara de Justiça da comarca local. O magistrado representou o desembargador do TJB, Raimundo Sérgio Cafezeiro, na solenidade que formalizou a doação do terreno na zona sul da cidade. O novo fórum terá uma estrutura pré-moldada, sistema que agilizará a sua construção.

O prefeito Mário Alexandre destacou o papel importante da Câmara Municipal na aprovação do projeto encaminhado pelo Poder Executivo, que propunha a desafetação de uma área, ocorrido no final de março. A desafetação representa a manifestação de vontade do Poder Público transferindo-a do domínio público municipal para ser incorporado ao domínio do Estado. Foram favoráveis ao projeto, os vereadores Lukas Paiva, Tarciso Paixão, Jerberson Moraes, Ivo Evangelista, Ery Bar, Pastor Matos, Paulo Carqueija, Aldemir Almeida, Makrisi Sá, Paulo Meio Quilo, César Porto, Fabrício Nascimento e Abraão Santos. O vereador Tadeu Muniz foi o único dos presentes contrário à iniciativa.

Eixos de desenvolvimento – “A cidade precisa crescer, desafogar sua área central. Hoje nós trabalhamos a cidade dividida em alguns eixos. Considero as principais, a criação de projetos de habitação e desenvolvimento para a zona sul, o avanço da construção do Porto Sul e da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), ao norte; e na região entre Ilhéus e Itabuna, um corredor de projetos de educação e saúde”, destacou Mário Alexandre.

Cessão do prédio antigo – Na oportunidade, o prefeito disse ainda que, caso o Poder Judiciário não tenha interesse em continuar a ocupar o antigo fórum Epaminondas Berbert de Castro, a Prefeitura vai reivindicar a doação ou cessão do imóvel para abrigar serviços e projetos do poder executivo municipal. “Com isso vamos economizar, em média, 300 mil reais por mês somente com aluguéis de próprios de terceiros utilizados pela Prefeitura”, calcula. Ao falar ao telefone com o desembargador Cafezeiro, o prefeito agendou um encontro para falar sobre o seu pedido.

Modernidade – A construção do novo fórum de Ilhéus atende a uma reivindicação antiga de juízes, promotores, advogados e população em geral. Construído há quase 50 anos, a estrutura do prédio não melhorou ao longo dos anos, enquanto que a população cresceu significativamente. Hoje o fórum abriga 14 Varas e três juizados, de acordo com o juiz Jorge Luiz. “Queremos agradecer a todos elo empenho em dar a Ilhéus um equipamento muito mais moderno. Foram todos muitos sensíveis ao pleito”, destacou o magistrado.

A solenidade contou com a presença do vice-prefeito José Nazal; do procurador jurídico do município, Márcio Cunha, advogados da Procuradoria; presidente da OAB, Marcos Flávio Rehem da Silva, e dos vereadores Lukas, Paiva, Pastor Matos, Paulo Carqueija, Aldemir Almeida, Eri Bar, Tarciso Paixão e Nino Valverde. Presenças também dos secretários municipais Alcides Kruschewsky (Comunicação), Elizângela Oliveira (Saúde), Sérgio Sousa (Relações Institucionais), Walmir Freitas (Agricultura e Pesca) e Hélio Ricardo.

NOVO FÓRUM DE ILHÉUS CUSTARÁ R$ 18 MILHÕES E FICA PRONTO EM DEZEMBRO

Da Secom/Ilhéus

A previsão do Tribunal de Justiça da Bahia é de que o novo fórum de Ilhéus – um investimento de 18 milhões de reais – fique pronto até dezembro deste ano. O anúncio foi feito hoje (4) à tarde, durante encontro do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e o juiz Jorge Luiz Ferreira, titular da 3ª Vara de Justiça da comarca local. O magistrado representou o desembargador do TJB, Raimundo Sérgio Cafezeiro, na solenidade que formalizou a doação do terreno na zona sul da cidade. O novo fórum terá uma estrutura pré-moldada, sistema que agilizará a sua construção.

O prefeito Mário Alexandre destacou o papel importante da Câmara Municipal na aprovação do projeto encaminhado pelo Poder Executivo, que propunha a desafetação de uma área, ocorrido no final de março. A desafetação representa a manifestação de vontade do Poder Público transferindo-a do domínio público municipal para ser incorporado ao domínio do Estado. Foram favoráveis ao projeto, os vereadores Lukas Paiva, Tarciso Paixão, Jerberson Moraes, Ivo Evangelista, Ery Bar, Pastor Matos, Paulo Carqueija, Aldemir Almeida, Makrisi Sá, Paulo Meio Quilo, César Porto, Fabrício Nascimento e Abraão Santos. O vereador Tadeu Muniz foi o único dos presentes contrário à iniciativa.

Eixos de desenvolvimento – “A cidade precisa crescer, desafogar sua área central. Hoje nós trabalhamos a cidade dividida em alguns eixos. Considero as principais, a criação de projetos de habitação e desenvolvimento para a zona sul, o avanço da construção do Porto Sul e da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), ao norte; e na região entre Ilhéus e Itabuna, um corredor de projetos de educação e saúde”, destacou Mário Alexandre.

Cessão do prédio antigo – Na oportunidade, o prefeito disse ainda que, caso o Poder Judiciário não tenha interesse em continuar a ocupar o antigo fórum Epaminondas Berbert de Castro, a Prefeitura vai reivindicar a doação ou cessão do imóvel para abrigar serviços e projetos do poder executivo municipal. “Com isso vamos economizar, em média, 300 mil reais por mês somente com aluguéis de próprios de terceiros utilizados pela Prefeitura”, calcula. Ao falar ao telefone com o desembargador Cafezeiro, o prefeito agendou um encontro para falar sobre o seu pedido.

Modernidade – A construção do novo fórum de Ilhéus atende a uma reivindicação antiga de juízes, promotores, advogados e população em geral. Construído há quase 50 anos, a estrutura do prédio não melhorou ao longo dos anos, enquanto que a população cresceu significativamente. Hoje o fórum abriga 14 Varas e três juizados, de acordo com o juiz Jorge Luiz. “Queremos agradecer a todos elo empenho em dar a Ilhéus um equipamento muito mais moderno. Foram todos muitos sensíveis ao pleito”, destacou o magistrado.

A solenidade contou com a presença do vice-prefeito José Nazal; do procurador jurídico do município, Márcio Cunha, advogados da Procuradoria; presidente da OAB, Marcos Flávio Rehem da Silva, e dos vereadores Lukas, Paiva, Pastor Matos, Paulo Carqueija, Aldemir Almeida, Eri Bar, Tarciso Paixão e Nino Valverde. Presenças também dos secretários municipais Alcides Kruschewsky (Comunicação), Elizângela Oliveira (Saúde), Sérgio Sousa (Relações Institucionais), Walmir Freitas (Agricultura e Pesca) e Hélio Ricardo.

PROBLEMAS NA SAÚDE DE ILHÉUS VIRAM ALVO DA DEFENSORIA PÚBLICA

Do Agravo

Defensoria

Os usuários do Sistema Único de Saúde – SUS, em Ilhéus, estão tendo o direito ao acesso ordenado e organizado dos serviços de saúde violado, seja por falta de informações claras sobre os serviços de saúde disponíveis ou por ineficiência da estrutura disponível. Para averiguar eventuais ilegalidades na prestação de serviços de saúde pelo Município e Estado da Bahia e, se for o caso, ajuizamento de medidas judiciais cabíveis, a Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA instaurou Procedimento para Apuração de Dano Coletivo – PADAC nº 01/2018.

Além da coleta de informações, como providência imediata para acautelar direitos da população abrangida pela prestação dos serviços de saúde, a DPE/BA expediu recomendações ao diretor do Hospital Regional Costa do Cacau, Cláudio Augusto da Silva Moura Costa, e à secretária de Saúde do Município de Ilhéus, Elizângela Santos de Oliveira, para implementação de melhorias no acesso dos usuários aos serviços de saúde pública e estruturação das redes de atenção básica; média e alta complexidade; e atenção hospitalar. Também requereu comunicação clara e objetiva à população sobre a rede de atendimento e o tipo de serviço prestado em cada unidade.

Subcoordenadora da 3ª Regional da DPE/BA, sediada em Ilhéus, a defensora pública Cristiane Barreto informa que a Defensoria Pública, como Instituição que tem a função de promover políticas públicas, instaura o procedimento de apuração do dano coletivo à saúde pública com vistas à postulação da estruturação do serviço de atendimento adequado que a população tem direito.

Ao Hospital Regional Costa do Cacau, a Defensoria Pública recomenda o atendimento do fluxo de clientes estabelecido para a unidade no Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde – CNES, qual seja, atendimento de demanda espontânea e referenciada, de urgência, emergência ou ambulatorial, procedendo o encaminhamento do paciente à outras unidades de saúde somente quando necessário e propiciando o diagnóstico e tratamentos corretos, no momento adequado, garantindo o melhor desfecho e retorno às atividades com tempo e custo otimizados.

De acordo com a defensora pública Fabianne de Oliveira Souza, a atuação da DPE/BA é resposta aos vários pedidos de auxílio formulados à Instituição que ultrapassam a esfera individual e acabam se revestindo do caráter de socorro à saúde no Município. “Ilhéus e o Estado da Bahia precisam estruturar seus serviços de forma que a população tenha garantido o acesso àquele direito fundamental nos moldes estabelecidos pela legislação brasileira, sendo a prestação de serviços de saúde de forma universal, integrada e eficiente o principal objetivo buscado pela Defensoria Pública”, concluiu.

A Secretaria de Saúde do Município de Ilhéus e o Hospital Regional Costa do Cacau têm o prazo de 15 (quinze) dias para resposta à Defensoria Pública sobre as medidas adotadas.

ENTENDA O CASO

A Defensoria Pública vem atuando em prol da proteção do direito de acesso à saúde dos cidadãos ilheenses e de outros municípios na região Sul do Estado. Esta população encontra objeção ao atendimento que deve ser prestado em Ilhéus, pautando-se pelas tentativas de resolução extrajudicial dos conflitos e, quando necessário, mediante propositura de ações individuais e também de caráter coletivo.

Múltiplos pedidos de auxílio jurídico – seja de pessoas atingidas diretamente pela prestação do serviço de saúde, seja de setores da sociedade civil como o Movimento Ativista Social -, têm chegado à Defensoria Pública e sido acolhidos considerando a peculiaridade de cada caso. Em grande parte deles, entretanto, ao menos uma das constantes foi identificada: precariedade da Atenção Básica e de Média e Alta Complexidade mantidas por Ilhéus ou ineficiência dos serviços hospitalares, estes de responsabilidade tanto do próprio Município quanto do Estado da Bahia.

SEQUESTRO ACABA COM 2 MORTOS NO INTERIOR DE ILHÉUS

Do Agravo

Montagem do Agravo

Na manhã desta quarta-feira (04) uma equipe do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO 70) conseguiu libertar três pessoas mantidas em cárcere privado por assaltantes no distrito de Itariri, município de Ilhéus.

Segundo informações policiais, um funcionário de uma fazenda identificado como Silvano Santos foi rendido no seu itinerário por volta das 6 horas na manhã quando ia para trabalho, por dois bandidos, e obrigado a levá-los à sede da fazenda para efetuar assalto.

Ao chegar à sede do sítio, os bandidos renderam as proprietárias, Nadja Maria, 60 anos, e Marilza Solaroli, 64 anos, e recolheram produtos de informática, quatro aparelhos celulares, além de R$ 1.730,00 , 380 Euros e 4.483 Dólares. Não satisfeitos com os valores subtraídos, os assaltantes fizeram as vítimas entrarem em contato com um amigo para pedir uma quantia alta de dinheiro em espécie, com a desculpa que era para comprar adubo.

O amigo das vítimas estranhou e acionou a Polícia Militar. Os policiais da PETO 70 foram recebidos a tiros por dois meliantes, que acabaram alvejando um dos policiais de raspão no braço esquerdo. No revide, os dois meliantes foram atingidos e socorridos ao Hospital do Cacau, aonde vieram a óbito

Um dos bandidos foi identificado como José Domingos Jesus dos Santos, já o outro meliante ainda não foi identificado.

O policial atingido de raspão Everaldo Brandão, foi levado para o hospital e liberado.

GESTANTE TEM BEBÊ EM CASA E SAMU NEGA ATENDIMENTO EM ILHÉUS

Do G1

Criança não resistiu

Um bebê prematuro morreu logo depois do parto em casa na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, e a mãe da criança relatou que o óbito ocorreu por não ter sido atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) mesmo após ter ligado para o órgão 11 vezes.

Um amigo da família da jovem chegou a ir na sede do Samu no município e fez um vídeo mostrando que duas ambulâncias que poderiam ter sido deslocadas para o atendimento da mulher estavam paradas na garagem. A Secretaria de Saúde do Município lamentou o ocorrido e disse que não houve atendimento porque as linhas telefônicas do Samu estavam mudas quando a mãe da criança ligou.

O caso ocorreu na madrugada de terça-feira (2). A mãe da criança, Elian Estefane Silva, de 23 anos, estava no sétimo mês de gestação e afirmou que estava em casa quando começou a sentir cãibras quando se deitou para dormir, por volta da meia noite. Ela contou que foi ao banheiro e começou a sentir contrações. Depois, disse que percebeu que a criança estava nascendo.

A jovem, então, disse que resolveu acionar o Samu. Afirma ter feito 11 ligações, mas nenhuma foi atendida. “Foi horrível, porque eu acho que se o Samu tivesse atendido a ligação, meu filho estaria comigo”, relatou.

A mãe de Elian, Marinalva Bispo de Amorim, ajudou na hora do parto do bebê. “Foi um desespero. Eu tenho problema de coração, tomo meus remédios e, quando vi aquilo, não sabia o que fazer”, disse.

O tio da jovem, Genésio Bispo de Amorim, foi em um posto policial para pedir ajudar, mas conta que também não conseguiu. “Não ter nenhuma Samu para poder socorrer uma pessoa é muito triste. Eu fiquei muito arrasado, tanto eu quanto a família todinha”.

Elian conta que conseguiu uma carona para ir até o Hospital São José, mas diz que a criança morreu antes mesmo de chegar na unidade médica. Já na unidade médica, Elian foi atendida e liberada após ser medicada.

A Secretaria de Saúde de Ilhéus disse que o Samu não negou atendimento e disse que nenhuma ambulância foi deslocada por conta do problema nas linhas telefônicas. O órgão destacou que as linhas estavam mudas desde o fim da tarde da segunda-feira (2) e que a situação só foi resolvida pela operadora de telefonia Oi na manhã da terça-feira.

A assessoria de comunicação da operadora disse que um levantamento será feito para verificar o que aconteceu e que, depois disso, deve se pronunciar sobre o ocorrido.

Com relação à morte da criança, a Secretaria de Saúde de Ilhéus informou que o bebê nasceu envolto pela bolsa amniótica, que reveste o feto na barriga da mãe, e como não houve ruptura da bolsa a criança ficou impossibilitada de respirar. Isso, segundo o órgão, pode ter contribuído para o óbito.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia