Da Secom/Ilhéus

Ter um diagnóstico do Distrito Industrial de Ilhéus (DII). Conhecer as demandas e, a partir deste trabalho, buscar melhorias e criar condições para atração de novas unidades industriais para a cidade. Esse foi o objetivo de uma reunião realizada ontem (12) à tarde, entre representantes da Prefeitura de Ilhéus, Governo da Bahia e lideranças do DII. O distrito que já chegou a ter apenas no seu Polo de informática 53 empresas em funcionamento, hoje conta apenas 19 em atividade.

“É preciso oferecer atrativos e contrapartidas para que o empresário se sinta motivado à implantar o seu negócio aqui”, destaca o presidente do Sindicato das Empresas de Eletroeletrônico (Sinec), Silvio Comin. “Sem apoio, as empresas partiram. A ideia de organizar e reativar o distrito através de uma ação conjunta de empresários e governo. Essa é uma condição muito bem-vinda para todos”, assegura.

Resultado positivo – Representando o Governo da Bahia, esteve presente à reunião a diretora de Atração de Investimentos da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Andrea Lanza. A sua vinda a Ilhéus foi acertada semana passada, em Salvador, durante encontro com o secretário municipal de Indústria e Comércio (Sedic), Paulo Sérgio Santos e a deputada estadual Ângela Sousa.