O buraco no São Francisco. Foto: Nilson Pessoa.

O leitor Nilson Pessoa, por email, fez uma observação aos editores do ILHÉUS EM RESUMO. “Me parece que foi ao acaso, mas acabou dando certo”. E explica: “Falo das “sinalizações” que os moradores de Ilhéus estão fazendo em buracos, crateras e afundamentos de trechos de ruas onde o poder público custa a realizar os devidos reparos”.

As sinalizações já foram feitas e denunciadas no Morada do Bosque (lembre aqui), o manequim de loja no Parque Infantil e o fogão velho na subida do Alto do Coqueiro.

Dessa vez, moradores colocaram uma cadeira num afundamento na Rua A, entrada do caminho 10 da Urbis, bem na divisa com o Santo Antônio de Pádua. “Intencional ou não, fica parecendo que lançaram a seguinte pergunta: “Vamos ter que esperar sentados pela solução?”, finaliza Nilson Pessoa.

A pergunta foi feita.