Do Ilhéus em Pauta

Salva-vidas param em Ilhéus

Após assembleia realizada na sede do SINSEPI nesta quarta-feira, 20, os salva-vidas de Ilhéus resolveram entrar em greve. De acordo com informações na matéria publicada ontem, aqui no Ilhéus em Pauta, o posicionamento da categoria é reflexo do não-cumprimento do acordo que foi publicado no diário oficial no 13 deste mês.  O documento não foi enviado para a câmara de vereadores.

O SINSEPI pediu em caráter de urgência que o acordo coletivo que foi publicado dia 13, fosse encaminhado a câmara para votação, até o dia 19, caso contrário, haveria uma paralisação.

Quando publicamos a reportagem ontem, um leitor do Ilheus em Pauta nos enviou uma mensagem via WhatsApp: “Existem 79 pessoas aptas para exercer a profissão, sendo que o concurso possuía 19 vagas e até agora nenhum dos aprovados foram nomeados para os cargos. Só para você ter uma ideia, já foram 4 óbitos por afogamento em 3 meses e ainda nem começou o verão de verdade.”

Como lembramos nesta terça-feira, essa é a época do ano em que Ilhéus mais necessita desses profissionais, já que a quantidade de banhistas aumenta consideravelmente com a chegada dos turistas e o número de salva-vidas que já é reduzido torna-se ainda mais insuficiente. Destaca-se também todas as revindicações feitas desde o início do ano pelos mesmos e muitas ainda não foram atendidas.