WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia


dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: 18/dez/2017 . 17:32

ÂNGELA SOUSA É A 2ª DEPUTADA QUE MAIS FILA TRABALHO

Do Aratu Online

Ângela Sousa.

Em 2017, cada deputado estadual faltou pelo menos um dia de sessão ordinária, onde a presença é obrigatória na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). Apesar da grave crise política e econômica que abate o país há pelo menos dois anos, os parlamentares acumularam 677 ausências em 118 sessões, entre fevereiro e dezembro.

Apenas um dia do ano o plenário acomodou todos os 63 parlamentares: na 72ª sessão, que ocorreu em 30 de agosto. O Aratu Online, fez o levantamento da atuação dos deputados com base nas informações disponíveis no site da Alba.

Aos 72 anos, o campeão de ausências, Paulo Câmera (PDT), faltou a 50 sessões, 16 delas justificadas, já que o pedetista tem enfrentado sérios problemas de saúde, o que tem comprometido sua participação nas atividades.

Logo após Câmera, está Ângela Sousa (PSD), acumulando 30 faltas durante o ano. A correligionária tem apenas três ausências a mais que Adolfo Menezes (PTB), que aparece em terceiro lugar entre os mais faltosos, com total de 27.

Os parlamentares que estão em lados opostos na grade da Casa aparecem completando o ‘top five’ de faltosos. Fátima Nunes (PT) soma 25 faltas e Leur Lomanto Júnior (PMDB) não esteve presente em 19 sessões.

Uma das primeiras medidas tomada logo no início do ano pelo então novo presidente da Alba, Ângelo Coronel (PSB), foi de aprovar o corte de 4% do salário dos parlamentares que faltarem a sessões em comissões e no plenário da Casa. A medida pode chegar ao valor de R$ 1 mil por cada falta não justificada, já que o salário dos deputados já chega a R$ 21 mil. Apenas em caso de doença e mediante atestado médico o parlamentar pode ser liberado da multa.

A soma de faltas durante o ano ainda pode mudar, já que os parlamentares podem apresentar explicações retroativamente e retomar os valores eventualmente descontados de seus salários, escapando, inclusive, da ameaça de perda de mandato. Isso porque, pela Constituição, o político pode ser cassado se deixar de comparecer, sem justificativa, a mais de um terço das sessões reservadas a votação.

Na próxima quarta-feira (20/12), a Casa do legislativo baiano vai apresentar o balanço do que aconteceu durante o primeiro mandado do novo presidente, que assumiu a cadeira após dez anos de mandato de Marcelo Nilo (PSL).

COMÉRCIO DE ILHÉUS FUNCIONA ATÉ ÀS 22H

Da Secom/Ilhéus

Comércio central.

O comércio de Ilhéus passa a funcionar até às 22 horas a partir de hoje (18) e permanece com o horário estendido até o dia 24 de dezembro. A informação é da Câmara de Diretores Lojistas (CDL), Associação Comercial de Ilhéus (ACI) e Sindicato do Comércio (Sincomércio) e conta com o apoio da Prefeitura de Ilhéus, através da secretaria municipal de Indústria e Comércio (Sedic).

Nos dias da semana, o horário do comércio será das 9 às 22 horas. Nos sábados, dias 23 e 30 e nos domingos, dias 24 e 31, as lojas ficarão abertas das 9 às 18 horas. Dos dias 26 a 29, o comércio funcionará das 9 às 20 horas. Essa é a principal data no calendário do comércio e as lojas investem em contratação de mais funcionários e aumentam seus estoques para atender o crescimento das vendas.

Atrações natalinas – Para abrilhantar ainda mais o clima natalino, nas escadarias do Palácio Marquês de Paranaguá, se apresentarão, hoje (18), o coral dos funcionários da Ceplac e o coral da Primeira Igreja Batista de Ilhéus, a partir das 18h30min.

Segundo os idealizadores, o objetivo de levar os corais ao comércio, é atrair famílias inteiras, levantar a autoestima da população e motivá-la com o espírito natalino de fim de ano, que é a melhor época do comércio. Durante toda a semana, outros grupos se apresentarão no espaço.

Este ano, com o apoio e patrocínio institucional da Prefeitura, o comércio de Ilhéus oferece prêmios atrativos para a sua promoção natalina. O prefeito Mário Alexandre estima que nesta época do ano, em Ilhéus, deverá ocorrer incremento de cerca de 40% nas vendas e a geração de, pelo menos, dois mil empregos temporários, por conta da existência no município de uma média de seis mil pontos comerciais em funcionamento.

A campanha promocional da CDL orçada em 150 mil reais oferece a premiação de um carro zero quilômetro, R$ 50 mil em bolsas de estudo na Faculdade de Ilhéus, dois notebooks, além de sorteio de R$ 20 mil em vales-compras e 18 ingressos para o a casa de espetáculo Batuba Beach Sound.

JABES: “CANDIDATO NATURAL EM 2020 É CACÁ”

Da Assessoria do Partido Progessista 

Jabes e Cacá, sucessor natural do “jabismo” em Ilhéus.

O ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, participou na manhã desta segunda-feira, 18, do programa Alerta Geral com Gil Gomes. Na ocasião, o progressista esclareceu a informação veiculada no Diário Bahia sobre o seu retorno ao comando do executivo municipal em 2020. Para o prefeito, houve um equívoco na interpretação de sua fala.

Focado no cuidado com sua saúde, Jabes garantiu que não pretende disputar as eleições. “Eu quero deixar claro que eu só tenho um objetivo nesse momento, cuidar da minha saúde. Não pretendo disputar as eleições. Eu já fui quatro vezes prefeito e já dei a minha contribuição”. O ex-prefeito destacou o nome do companheiro, Cacá Colchões, como sucessor natural para disputar as eleições municipais em 2020.

Na oportunidade, Jabes lembrou a luta, durante sua gestão, para que o sonho do Hospital Costa do Cacau saísse do papel. Parabenizou o empenho do Governador Rui Costa pelo trabalho desenvolvido na região e discutiu a questão do fechamento do Hospital Regional Luiz Viana Filho.

Para o ex-prefeito, a cidade tem uma atenção básica ineficiente e a solução seria manter os serviços de urgência e emergência paralelamente à construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), anunciada pelo Governador na última sexta-feira, e as reformas dos postos de saúde. “O Hospital Costa do Cacau é um avanço extraordinário na medicina de ponta e cirurgias, mas é preciso deixar claro que isso não impede que a gente discuta a questão do Regional. Não podemos aceitar o fechamento do Hospital Regional, antes que Ilhéus ofereça condições para que isso aconteça”, ressaltou Jabes.

HOSPITAL REGIONAL PASSA A ATENDER SÓ PEDIATRIA

Da Secom/Bahia

Regional

Segundo a Sesab, os profissionais do atendimento de urgência e emergência, atuam até este domingo (17), na unidade. A partir desta segunda-feira (18), todos os pacientes de atendimento de urgência e emergência, oriundos das UTIs e dos centros cirúrgicos, deverão ser encaminhados ao Costa do Cacau. A partir deste dia, o Regional Luiz Viana Filho, passa a atender exclusivamente a Pediatria. No dia da inauguração do HRCC, o governador Rui Costa informou que “o Regional continuará funcionando até a data em que se iniciarão as reformas que vai transformá-lo em uma unidade Materno-Infantil. E estimamos um prazo de oito meses para a entrega da unidade que terá a gestão do município”, assegurou.

NOVO HOSPITAL JÁ TEM 400 CIRURGIAS AGENDADAS

Da Secom/Bahia

Em pleno funcionamento.

Com um investimento de R$ 124 milhões, o Hospital Regional da Costa do Cacau (HRCC), localizado em Ilhéus, iniciou o atendimento aos moradores do sul da Bahia neste domingo (17). No primeiro dia de funcionamento, após a inauguração realizada pelo governador Rui Costa na última sexta-feira (15), a unidade atende pacientes para realização de cirurgias eletivas, agendadas por meio do Mutirão de Cirurgias, promovido pelo Governo do Estado.

Até o final do dia serão realizadas 32 cirurgias, divididas entre retirada de hérnia umbilical e colecistectomia por videolaparoscopia, que consiste na remoção da vesícula por vídeo. Para isso, o atendimento foi distribuído entre três salas cirúrgicas que funcionam de forma simultânea. Além de Ilhéus, o Mutirão de Cirurgias beneficiou os moradores dos municípios de Arataca, Canavieiras, Itacaré, Mascote, Santa Luzia, Una e Uruçuca. Com a iniciativa, a população tem a oportunidade de sair das filas de espera para realização das cirurgias.

A previsão é de que sejam realizadas cerca de 500 cirurgias, todas agendadas durante o Mutirão, até a primeira quinzena do mês de janeiro. Os moradores da região que não conseguiram agendar terão uma nova oportunidade, pois no dia 4 de janeiro será realizada uma retriagem para marcação de mais cirurgias eletivas.

A unidade

O HRCC conta com 225 leitos distribuídos entre as especialidades clínica médica, cirúrgica e Terapia Intensiva, sendo que esta última dispõe de 30 leitos exclusivos. A unidade está apta a receber casos de média e alta complexidade, e também dispõe de serviços de urgência e emergência, hemodinâmica, internação hospitalar, laboratório de patologia clínica, ambulatório, além do serviço de apoio ao diagnóstico por imagem.

O hospital contará com cerca de 1.100 profissionais, entre médicos, enfermeiros e apoio administrativo. O diretor técnico do HRCC, Cláudio Moura Costa, esclarece que a unidade não atenderá aos casos de baixa complexidade. “O nosso atendimento é voltado para pacientes regulados. A pessoa que tá sentindo uma dor de cabeça, teve uma torção no pé ou outro sintoma de baixa gravidade deve procurar a rede de assistência básica do município. Mas é importante que a população saiba que já estamos prontos para atender os casos de alta e média complexidade. Hoje já estamos atendendo com cirurgiões, anestesias, clínicos e ortopedistas”, explica.

O hospital é a segunda unidade regional inaugurada pelo Governo do Estado. A primeira foi o Hospital Regional da Chapada, em Seabra, entregue no dia 1° de dezembro. Na área de clínica médica, o HRCC oferece serviços de saúde mental, cardiologia e neurologia. A população também contará com atendimento de clínica cirúrgica, nas especialidades de ortopedia, neurocirurgia, cardiovascular e geral, entre outras. A gestão da unidade será por meio de uma Organização Social e o valor mensal de custeio do Hospital Geral da Costa do Cacau está estimado em R$ 5,34 milhões.

MARÃO ALFINETA JABES: “NUNCA MOREI EM SALVADOR”

Do Diário Bahia

Mário Alexandre (Foto: Evellin Portugal)

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD), fez rasgados elogios à estrutura do Hospital Regional Costa do Cacau, a ser inaugurado nesta tarde, e vibrou com a nova ponte Ilhéus/Pontal, prestes a ser inaugurada. Em alguns momentos, pareceu quase o “pai da criança” – ou um empenhado padrasto. Mas quando o assunto é o ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP), antecessor dele, o gestor dá alfinetadas – embora numa linha bem diplomática. Marão, como é conhecido, conversou com o Diário Bahia na manhã desta sexta-feira (15), durante visita ao referido hospital, juntamente com o governador Rui Costa e outros prefeitos.

 Como recebe a inauguração de um hospital deste porte em Ilhéus?

É um grande dia para a região, não só para Ilhéus. Um equipamento de saúde dessa magnitude, com estrutura física, aparelhos de ponta. Ficamos extremamente felizes; digno do atendimento do nosso povo de Ilhéus e da região. Faz parte da história da reconstrução.

 Todo prefeito costuma mencionar a chamada herança maldita deixada pelo antecessor. Como o senhor avalia esse início e o que encontrou ao assumir a Prefeitura de Ilhéus?

Todo mundo sabe que qualquer prefeito deixa algum resto a pagar. Eu não falo herança maldita, porque gosto de falar palavras positivas. Não é uma herança bendita, mas deixou dívidas. Não vou ficar aqui chorando pelo leite derramado. Tenho é que recuperar o que ele deixou de ruim; o que deixou de bom eu devo continuar. Pouco, não é? Foi muita cosa ruim e pouquíssima coisa boa. Mas o que deixou de bom eu tenho que levar.

“Uma luta nossa”

Eu tenho uma vantagem: moro em Ilhéus, dialogo constantemente com o povo de Ilhéus; nunca morei em Salvador. Realmente, eu tenho um trabalho árduo. Mas com fé, esperança, dialogando com o povo, está aí a demonstração. Foram 10 anos de uma luta nossa, discutindo com o governador para que a gente possa inaugurar, e não só projetar. É como a ponte Ilhéus/Pontal. Estou lá todo dia e não vai parar. Eu vou inaugurar junto com o governador. Tenho certeza disso, nem que a gente tenha que arcar com algumas despesas, para dar esse outro presente para Ilhéus e para a região.

POUSADA MORRO DOS NAVEGANTES CONDENADA POR DESTRATAR CLIENTES

Do Políticos do Sul da Bahia

Desabafo nas redes sociais.

A Pousada Morro dos Navegantes, situada na Rodovia Ilhéus-Olivença, foi condenada pelo Juízo da 3ª Vara do Juizado Especial Cível da comarca de Itabuna-Bahia, em razão do fato de seu proprietário, Façanha, tratar mal dois clientes que frequentaram o restaurante.

O caso ocorreu no início do ano de 2017, (veja o desabafo da advogada na ocasião) quando os advogados Geraldo Calasans Jr. e Fernanda Guimarães foram à Pousada, que também é restaurante e pizzaria. Assim, após chegarem ao local e realizarem o pedido, ambos foram veementemente destratados pelo proprietário do local, Façanha, que expulsou os dois do local.

A narrativa ganhou repercussão, a ponto de inúmeras pessoas consignarem, nas redes sociais, que também foram humilhadas pelo proprietário Façanha.

Inconformados com o atendimento, os advogados ajuizaram ação de indenização contra o estabelecimento, que culminou na procedência do pedido e consequente condenação em danos morais.

Na Sentença prolatada em dezembro de 2017, o Juiz Dr. Antônio Henrique salientou que “tenho que o episódio retratado nos autos, provocado pela conduta ofensiva e inoportuna do proprietário do estabelecimento, foi humilhante, ultrapassando e muito a seara do mero aborrecimento e os limites das chateações cotidianas tão comuns nas relações sociais, configurando, assim, dano moral indenizável”.

Em entrevista ao Blog, o  advogado e professor universitário Geraldo Calasans Jr., uma das vítimas do evento, asseverou que “o valor da condenação não é levado em consideração, mas sim o reconhecimento da conduta abusiva do proprietário do estabelecimento. Como advogado e professor universitário, eu não poderia ficar inerte diante de tamanho descaso para com o consumidor. Que sirva de lição para que o proprietário melhore seu atendimento aos frequentadores”.

QUEDA DE BRAÇO ENTRE UNIMED E HOSPITAL DEIXA CONVENIADOS NA MÃO

Do Políticos do Sul da Bahia

Hospital

Em Ilhéus está sendo travada entre a Unimed e a direção do hospital de Ilhéus, que suspendeu o atendimento para os clientes do plano de saúde. Com isso os clientes do plano tem que viajar para Itabuna a procura de atendimento de emergência.

Na semana passada os dois envolvidos divulgaram nota oficial na imprensa tentando explicar a situação. A Unimed alega que a culpa é do hospital e o hospital acusa da Unimed.

Várias pessoas estão planejando cancelar o plano Unimed e acionar a justiça. Vale lembrar que a Unimed de Ilhéus passa por um momento financeiro complexo e corre risco de fechar.

RUI COSTA ANUNCIA RECUPERAÇÃO DE POSTOS DE SAÚDE E INSTALAÇÃO DE UPA EM ILHÉUS

Do Blog do Gusmão

Inauguração

Ontem (15), o governador Rui Costa (PT) inaugurou o Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus. Lideranças políticas, imprensa e comunidade participaram da solenidade.

Na oportunidade, o governador aproveitou para anunciar que vai ajudar Ilhéus, com recursos, para a recuperação de todos os postos de saúde do município. “Faça a conta, apresente ao Fábio (Vilas Boas, secretário estadual da Saúde) e o que faltar eu complemento”, garantiu.

Rui ainda destacou a Saúde como uma das prioridades de seu governo. Em um primeiro degrau, o posto de saúde. Em segundo, as Policlínicas e, em terceiro, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). “Quero que coloque todos em funcionamento em 2018 para eu inaugurar com você”.

O governador completou o seu discurso com o anuncio da nova UPA. “Esta semana, com ajuda dos deputados federais e senadores, conseguimos o credenciamento para uma nova UPA no Centro de Ilhéus. Nós vamos construir esta UPA”.

ILHÉUS: CEIA DE NATAL SOLIDÁRIA PRECISA DE DOAÇÕES

Ceia solidária.

Aproveitando o espírito de amor e solidariedade ao próximo tão evocado nesta época do ano, está sendo organizada a Ceia Natalina Solidária, ação voltada a pessoas em situação de rua. O evento está marcado para a noite desta quinta-feira (21), na Praça J.J. Seabra, Centro de Ilhéus, precisa de doações de refeições e voluntários. “Nossa intenção é mostrar a essa população vulnerável que ela não é invisível, celebrando a verdadeira essência do Natal com amor, doação e esperança, em um momento de partilha”, afirma uma das organizadoras, Sara Lemos.

A Ceia Natalina Solidária não tem qualquer vínculo institucional, político ou religioso. “É uma corrente do bem, reunindo cidadãos e cidadãs comuns, que estão interessados em contribuir de alguma forma”, explica Sara. Através das redes sociais, já foram garantidas algumas doações para a refeição coletiva, incluindo talheres, pratos e copos descartáveis. Para deixar o cardápio completo, faltam saladas, arroz, farofa e frutas, além do trabalho de pessoas para servir.

Quem tiver interesse em colaborar com a Ceia Natalina Solidária pode entrar em contato com Sara Lemos, através do telefone e WhatsApp (73) 98822-1151. A concentração para montagem da estrutura será às 19h30, em frente à Associação Comercial de Ilhéus. Os pratos serão servidos a partir das 21h e a previsão é que sejam oferecidas 80 refeições.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia