Entrevistas

Após quatro dias com uma programação diversificada, com rodas de conversa, oficina, minicurso, atrações musicais e atividades de incentivo a leitura, a 5ª Feira do Universitária do Livro da UESC, encerrou com gostinho de quero mais.

Durante a semana, as atividades estavam voltadas para discutir a necessidade da socialização da leitura. Diante do atual panorama sociopolítico brasileiro, a 5ª Feira do livro da UESC, mostrou que é possível fazer da leitura um campo de emancipação e engajamento político, visando sempre, o bem comum a sociedade. Com convidados ilustres como o professor Ruy Póvoas e Nelson Maca, certificamos que a leitura é sim um elemento fundamental para transformações sociais, e que o incentivo à leitura e a necessidade de transformar o Brasil em uma sociedade de leitores, se dá, pela busca diária de uma transfiguração das estruturas sociais.

Os visitantes puderam conhecer os mais recentes títulos da Editus – Editora da UESC durante o Lançamento Coletivo e também puderam aproveitar os descontos de até 50% em todos os livros comercializados durante a feira. Foi possível apreciar também, exposições artísticas dispersas pela universidade, como a exposição de poemas Furta-Cores, do escritor Geraldo Lavigne, e a exposição fotográfica Kisimbi; Mãe das águas, do Núcleo Kisimbi, além da biblioteca móvel de leitura inclusiva da Fundação Regina Cunha – FURC.