Do Tabuleiro

Desabamento

A EMBASA (Empresa Baiana de Águas e Saneamento) enviou nota a redação de O Tabuleiro, após reclamação de falta de água no Basílio feita por Edinei Portugal, Presidente da Associação de Moradores do Basilío na Ilhéus FM ao comunicador Vila Nova.

De acordo com a nota, a embasa suspendeu o abastecimento porque a rede distribuidora do bairro passava próximo à encosta da rua Fundão Palmares que desabou na tarde de ontem (15), podendo comprometer ainda mais o terreno. Com a suspensão outras localidades podem ter sido afetadas como o São Francisco, Parte alta do Teotônio Vilela, Morada do Porto, Banco da Vitória, Vila Cchoeira, Frey Vantuy, Salobrinho e UESC.

O abastecimento deve ser normalizado dentro de 24 horas. Confira à nota na íntegra: Em atenção à informação sobre falta de água no Basílio, veiculada hoje (16), a Embasa informa que adiou o início da operação na rede distribuidora que atende ao bairro justamente por conta da queda de parte da encosta na Rua Fundão Palmares.

A rede em carga poderia comprometer ainda mais a estrutura do local, já que fica situada próxima ao ponto de desmoronamento. Após uma verificação técnica, o abastecimento já foi retomado, devendo ser regularizado nas próximas 24 horas. Além do Basílio, podem ter sido afetadas as localidades do São Francisco, parte alta do Teotônio Vilela, Morada do Porto, Banco da Vitória, Vila Cachoeira, Frei Vantuy, Salobrinho e UESC.