WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia teatro itabuna secom bahia


setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


:: 20/set/2017 . 15:02

TRANSPORTE DE ILHÉUS É “IRRACIONAL E DESCONECTADO”, AFIRMA ESPECIALISTA

Da Secom/Ilhéus

Ônibus quebrado é um dos reflexos do sistema irracional.

Um detalhado estudo sobre as deficiências do sistema de transporte coletivo de Ilhéus e um programa de mudanças que signifiquem mais conectividade, mobilidade e confiabilidade do sistema junto aos usuários foram apresentados hoje (20) ao prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, pelo consultor Marcos Nerbass. Trata-se da primeira etapa do estudo, identificado como o Planejamento Estratégico, devendo avançar nos próximos meses para os planejamentos Tático e Operacional.

O trabalho é resultado de uma reivindicação feita pelo prefeito às empresas detentoras da concessão em Ilhéus, que contrataram o consultor, diante das críticas feitas pela população, insatisfeita com o serviço. O engenheiro Nerbass conheceu in loco o funcionamento do sistema de transporte público de Ilhéus e, durante quatro meses, definiu o serviço como “irracional, desconectado e com graves problemas”, apesar de uma “cobertura boa e acessibilidade ruim”.

Singularidades – Especialista do tema há quase 30 anos, o engenheiro Marcos Nerbass foi secretário de Planejamento de Lages (SC) e já atuou como consultor em municípios como São Paulo, Ribeirão Preto, Bauru, Florianópolis, Blumenau, Brasília e Região Metropolitana de Curitiba. Ele apresentou um conceito de sistema que define como eficiente para Ilhéus, inclusive com a criação de uma Estação de Transbordo em substituição do Terminal Urbano, mas assegura que cada local tem suas especificidades que precisam ser respeitadas nas próximas etapas do planejamento.

Hoje em Ilhéus o sistema atende diariamente a 38 mil usuários na zona urbana e seis mil na zona rural. A frota de 120 veículos, no entanto, é usada de forma desordenada, com fortes impactos negativos na prestação do serviço. “É preciso conectar a cidade. Não pode continuar a acontecer como, por exemplo, no Teotônio Vilela, quatro ônibus juntos saindo num mesmo horário, e depois uma hora de espera para a chegada de outros”, criticou. “Tem que haver regularidade, bom serviço e pontualidade”, completou.

Representativa – Para a apresentação, o prefeito Mário Alexandre convidou representantes do Sindicato dos Rodoviários, Câmara de Vereadores, Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), Sindicato dos Agentes de Trânsito da Bahia (Sindatran), secretários municipais, empresas Viametro e São Miguel. “Estamos estabelecendo esse novo diálogo, ouvindo todos os setores envolvidos, para que o sistema seja benéfico e de qualidade para quem efetivamente paga por isso e hoje não conta com um serviço de qualidade”, destacou.

Parceria – O consultor e engenheiro Marcos Nerbass disse que as ações previstas no projeto dependem diretamente do governo municipal e das empresas. “A mobilidade está associada à facilidade de deslocamento das pessoas para acessar as diversas atividades. Por isso depende principalmente da infraestrutura viária, do sistema de circulação de trânsito e do transporte público”.  Daí, segundo o técnico, é necessário contemplar no planejamento da cidade dois importantes aspectos que afetam diretamente a qualidade de vida da população: acessibilidade e mobilidade.

“Incentivar e incrementar a utilização do transporte público como forma de desafogar o trânsito são os desafios que precisam ser enfrentados tanto pelos gestores públicos quanto pelos operadores do sistema urbano”, reforçou o engenheiro.

Estiveram presentes à apresentação, os secretários municipais Hermano Fahning (Infraestrutura, Transporte e Trânsito), Alisson Mendonça (Governo), Sérgio Souza (Relações Institucionais), Alcides Kruschewsky (Comunicação Social) e Angelito Dias (Agricultura e Pesca), o vereador Erivelton Nascimento (Eri Bar), o diretor da Sutran, Gilson Nascimento; empresários; Gustavo Santana (presidente do Sindicato dos Rodoviários) e Valério Bonfim (presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito do Estado da Bahia).

MORADORES COMEMORAM RECUPERAÇÃO DE RUA NO VILELA

Da Secom/Ilhéus

Recuperação de rua no Vilela.

Morador da rua Nova Jerusalém, no bairro Teotônio Vilela, zona oeste de Ilhéus, o estudante Kauã Araújo de 14 anos, comemora, orgulhoso, os benefícios que estão chegando à sua porta. “Eu me sentia muito envergonhado em sair de casa com um saco amarrado no tênis para poder chegar à escola com ele ainda branquinho”. Onde era só lama agora, finalmente, está sendo transformado em pavimentação à paralelos, drenagem, meio-fio e calçada, após 30 anos de sofrimento. “Já brinco de bola com meus amigos e chego em casa sem precisar levar bronca de minha mãe”, comemora.

Dona Marizete Oliveira, que nasceu e cresceu na rua Nova Jerusalém, disse estar vivendo um sonho. “Vivíamos de promessas. Agora os nossos filhos podem viver com um pouco mais de dignidade”, disse, emocionada. O envolvimento entre os trabalhadores da obra e a comunidade é tão grande que eles se dizem acolhidos pelas famílias do entorno. “É muito bom poder contar com o carinho e o respeito das pessoas. Isso, torna o nosso trabalho mais leve. Eles esperavam muito por isso”, disse o pedreiro Pedro Santos.

Hoje (20), a pedido do prefeito Mário Alexandre, a engenheira responsável pela Fiscalização de Obras, Cláudia Regina Ortega, esteve acompanhando os trabalhos de pavimentação das ruas Santa Bárbara e Nova Jerusalém. A verba proveniente de emenda parlamentar do deputado federal, Márcio Marinho, é para atender as duas artérias. E apesar da rua Felicidade não ter sido contemplada pela emenda, o prefeito de Ilhéus garantiu a inclusão da mesma nos serviços de infraestrutura. Mário Alexandre esteve recentemente no local supervisionando a obra.  “Meu gabinete é na rua”, fez questão de frisar, ao cumprimentar os moradores.

De acordo com a engenheira da Prefeitura, 40% do total das obras, incluindo, drenagem, meio fio, passeio e o calçamento em paralelo, estão concluídas. A previsão de entrega dos trabalhos é para o próximo mês de dezembro. Ainda, segundo Cláudia Regina, será feito um levantamento técnico em várias outras ruas do bairro que, em breve, serão beneficiados com pavimentação.

A FRUSTRAÇÃO APARENTE DE NAZAL

Do Tabuleiro

Nazal tira o brilho de Marão.

Figura assídua nos debates promovidos pelo Teatro Popular de Ilhéus e o Instituto Nossa Ilhéus, através do evento “Improviso, Oxente!”, o vice-prefeito e secretário de desenvolvimento sustentável de Ilhéus, José Nazal Pacheco, demonstrou na noite de ontem (terça, 20) certo descontentamento com o poder público, inclusive, expandindo suas críticas ao atual executivo ilheense.

Durante o evento, realizado na Tenda (Avenida Soares Lopes), e que nesta edição trata de mobilidade, Nazal comentou sobre os projetos apresentados para a área na cidade, mas enfatizou, em tom beirando a frustração, que muitos dos atuais problemas apresentados, como ocupação irregular de espaços públicos, são oriundos da fiscalização ineficiente da Prefeitura, desde gestões passadas, e do comportamento da própria população.

A fala de Nazal foi feita após comentário similar do ex-secretário de relações institucionais, Joaquim Bastos, que também marcou presença no evento.

Em sua fala, Nazal ainda afirmou que “se eu fosse prefeito, a Prefeitura teria 150 fiscais”. De acordo com ele, o quadro atual é de apenas 17 funcionários para o setor.

Provocado por um participante do evento sobre o fato dele ser o vice-prefeito e poder interferir na situação, Nazal salientou: “é diferente! Vice é outra coisa”, acrescentando: “Completei 60 anos recentemente e não fiz festa por não ter dinheiro, já aqui na cidade, neste ano, fizeram o carnaval; apesar de gostar, eu não faria, mas fizeram… fui derrotado, sofro derrotas (…) quando coloquei meu nome para ser prefeito tive apenas 2% das intenções de voto!”.

O Improviso, Oxente! volta a debater o tema mobilidade nesta quarta e quinta-feira, a partir das 19h, com entrada gratuita. Hoje (20), Nazal e o secretário de Infraestrutura e Transporte do município, Hermano Fahning, serão os painelistas. 

ILHÉUS: ESTUDANTES SAÍRAM DA MATA SEM AJUDA DA PM

Além da famosa Cachoeira, o parque tem trilha na mata fechada.

Um grupo de estudantes do Colégio Joana D’Arc, de Ilhéus, se perdeu por cerca de 2 horas durante um passeio ao Parque de Pancada Grande, na cidade de Ituberá, na Costa do Dendê, na última segunda, dia 18. “Eles pegaram outro caminho para chegar ao topo da cachoeira e se distanciaram do grupo”, relatou uma aluna do 3º ano que estava na excursão.

Ao contrário do que foi informado pela Polícia Militar, os estudantes conseguiram se localizar sem a ajuda dos policiais, de acordo com relatos ouvidos pelo ILHÉUS EM RESUMO de um pai de aluno e de uma aluna, que preferem não se identificar.

“Ao perceberem que estavam longe do grupo, os estudantes seguiram caminhando e chegaram a uma comunidade que fica próxima à parte da baixo da cachoeira. De lá, entraram em contato com os colegas, que ainda estava na parte de cima, por telefone”, relatou o pai do estudante que estava na excursão.

A aluna do Joana D’Arc confirmou a versão e reforçou que um morador das proximidades chegou a entrar na mata à procura dos estudantes. Um dos estudantes estava bastante cansado e outra estudante, que tem histórico de convulsões, precisaram de atendimento médico e foram levados para o hospital de Ituberá, o que atrasou o retorno do grupo a Ilhéus.

 

SALOBRINHO NA LAMA

Rua do Salobrinho.

Nesse período de chuva, os moradores das ruas São Paulo e São Miguel, no bairro Salobrinho, em Ilhéus, têm de conviver com essa situação diária.

Lama, água invadindo as casas e rua intransitável. Durante a campanha eleitoral do ano passado, assim como em inúmeras outras, não foram poucos os candidatos que por lá passaram à caça de votos. No entanto, passado esse período, nada muda.

ILHÉUS ESPERA VACINAR 12 MIL ANIMAIS CONTRA A RAIVA

Da Secom/Ilhéus

Vacina

O Centro de Zoonoses de Ilhéus estima vacinar, até o dia 19 de outubro, data definida para o encerramento da Campanha Nacional Antirrábica, 6.800 cães e 5.800 gatos no município. A vacinação continua. Os responsáveis pelos animais devem procurar a sede do CAE III (antiga FSESP), de segunda a sexta-feira, pela manhã.

Para incentivar a vacinação a equipe de Zoonose esteve presente na Feira de adoção de animais domésticos, promovida no início do mês pelo Instituto de Proteção Animal Planeta dos Bichos. Cães e gatos saudáveis, que foram resgatados de maus-tratos e em situação de abandono foram vacinados, vermifugados, castrados e passaram a estar disponíveis para adoção.

Segundo o coordenador do Centro de Zoonoses, Aloisio Correia, a ação superou as expectativas, uma vez que a equipe esperava um número menor de animais.  “A doença é transmitida em seres humanos e animais e, pode levar a óbito após curto período de evolução. Em Ilhéus, há muitos anos não há registro da doença entre caninos e felinos”, assegurou Aloisio.

ILHÉUS: VEREADOR QUER 14º SALÁRIO PARA AGENTES DE ENDEMIAS

Do FRN

Agentes podem ter 14º salário.

O Vereador e líder de bancada do PSD na Câmara Municipal de Ilhéus, Jerbson Moraes, apresentou na sessão ordinária do plenário Gilberto Fialho nesta quarta-feira, 3, projeto de lei nº 093/2017 que prevê o pagamento do incentivo financeiro adicional, popularmente conhecido como 14° salário, aos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate à Endemias de Ilhéus.

De acordo com JM, “o incentivo é uma forma de reconhecimento de valorização dos serviços prestados a sociedade por esses profissionais, que contribuem para a qualidade dos indicadores de saúde da população“, destacou.

Os recursos financeiros serão transferidos do governo federal para o Fundo Municipal de Saúde, no último trimestre de cada ano, conforme Portaria do Ministério da Saúde 314, de 28 de fevereiro de 2014. O valor será pago aos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate à Endemias no mês de dezembro de cada ano, aos que tenham cumprido as metas definidas pelo Ministério da Saúde, através do recurso da Assistência Financeira Complementar (AFC) da União.

COLÉGIO MODELO DE ILHÉUS CONVIDA POPULAÇÃO PARA O “TRANSFORMAÊ!”

Do Blog do Gusmão

Evento

Em Ilhéus, o Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães vai participar do Transformaê 2017, evento da rede estadual de ensino. A programação começará às 8 horas e seguirá até as 20 horas dessa quinta-feira (21).

Os visitantes vão poder participar de oficinas e assistir apresentações culturais e palestras, além de desfrutar da praça de alimentação do evento. Os estudantes também vão promover um bazar.

Todas as atividades vão ser abertas ao público. O colégio fica na avenida Governador Roberto Santos, antiga avenida Esperança.

EXPOSIÇÃO ILHÉUS EM FLOR COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA (21)


A primavera começa este ano, em Ilhéus, com a realização da exposição 6ª Ilhéus em Flor – Feira de Flores de Holambra (Arte, Cultura e Solidariedade), no próximo dia 21 de setembro. O evento acontece na Avenida Soares Lopes, ao lado do Subway, das 9 às 21 horas, numa parceria da secretaria municipal de Turismo e Esportes (Setur) e da Associação Beneficente Casa da União, entre outras instituições públicas e privadas.
Durante a exposição são disponibilizadas mais de 100 espécies de flores como orquídeas, samambaias, cactos, begônias, tuias, bonsais, além de plantas ornamentais e medicinais que podem ser comercializadas a preços populares. No local, os interessados também recebem orientações de como cultivar a planta pra que ela possa prosperar e desenvolver, por meio de panfletos e de voluntários da Casa da União.
De acordo com o coordenador da Ilhéus em Flor, José Arnaldo Pereira, as plantas disponibilizadas vêm de Holambra, interior de São Paulo, que concentra a maior produção de flores ornamentais do país. Para ele, a Ilhéus em Flor atrai um grande público e contribui para que a comunidade desenvolva ainda mais o hábito de cultivar plantas e aprimorar a qualidade de vida.
“Até mesmo os floristas locais acham que após o festival cresce o interesse das pessoas pela aquisição das mudas de plantas. Eles afirmam que o movimento aumenta nas floriculturas quando a exposição acaba”, afirma Pereira. Segundo ele, as espécies mais comercializadas em Ilhéus são os bonsais, roseiras, mudas de frutíferas, orquídeas, entre outras. Os visitantes podem adquirir a muda a partir de R$ 2,00.
Apoio – A 6ª Ilhéus em Flor conta com o apoio da Secretaria de Turismo para a sua realização, pois o evento atrai visitantes de outras cidades, a exemplo de Itacaré, Canavieiras, Una, Coaraci, Itabuna, entre outras. O secretário Roberto Lobão admite que a feira de flores produz um efeito positivo para o município.
Além disso, a renda obtida é revertida para a Associação Beneficente Casa da União de Ilhéus, que promove campanha de arrecadação e distribuição de agasalhos, mantém parcerias com casas de assistência a crianças através da distribuição de brinquedos e outros materiais e ainda subsidia ações do Programa Luz do Saber nas áreas alfabetização para crianças e adultos e de inclusão digital.

ACORDO ADIA FOLGA DOS COMERCIÁRIOS DE ILHÉUS

Do Blog do Gusmão

Comércio

Um acordo mudou a data da folga correspondente ao Dia dos Comerciários em Ilhéus. Ao invés de 16 de outubro, como nos anos anteriores, o descanso vai ser no dia 23 do mesmo mês.

A mudança levou em consideração o feriado do dia 12 de outubro, uma quinta-feira. Sem o adiamento, o comércio teria um “feriadão” até a segunda-feira (16) seguinte, o que causaria prejuízo às lojas.

Comerciários e comerciantes firmaram o acordo por meio de um termo que alterou a Convenção Coletiva 2016/2017.

Com informações do Sindicato do Comércio Varejista de Ilhéus.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia