Do Agravo 

O resultado

O litoral de Olivença, em Ilhéus, é um dos mais frequentados por banhistas e turistas. O grande fluxo de pessoas, aliado, muitas vezes, à falta de conscientização ambiental, resulta no acúmulo de grande quantidade de lixo em áreas que deveriam estar destinadas apenas ao lazer e a diversão. Este sábado (16) foi o Dia Mundial da Limpeza de Praia e os moradores de um dos mais valorizados bairros turísticos de Ilhéus resolveram promover um faxinaço ambiental na região.

O primeiro passo foi conquistar o apoio da Prefeitura. A secretaria municipal de Serviços Urbanos disponibilizou, de imediato, homens e equipamentos para auxiliar na operação. Crianças, jovens e adultos, nativos ou moradores da localidade, atuaram no mutirão e promoveram a conscientização ambiental no trajeto entre a Praia do Cai N´Água e o Jairi. O resultado impressionou. Sacos e mais sacos de lixo e entulho foram retirados de uma das áreas mais bonitas do litoral sul de Ilhéus.

“Inserir a população neste trabalho é importante. Somente nós, que fazemos este trabalho no cotidiano, é que temos a noção da falta de conscientização ambiental”, afirma o secretário Jorge Cunha. O problema identificado nas praias de Olivença se estende aos mais de 90 quilômetros de litoral ilheense. “Infelizmente ainda encontramos desde pneus velhos a resto de alimentos, Portanto, essa conscientização precisa ser construída todos os dias junto a todas as gerações”, afirmou.