Do Políticos do Sul da Bahia

Fachada do presidio

Nesta semana a corregedoria do Tribunal de Justiça da Bahia esteve vistoriando o presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus. Será elaborado um parecer sobre a vistoria, mas segundo informações, a avaliação é que o local está sem condição para continuar funcionando.

Vale lembrar que o Ministério Público e da Defensoria acionaram a justiça com pedido para interditar o modulo 1 do presidio Ariston Cardoso. No mês passado foi realizada uma audiência de conciliação.

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Ilhéus, Alex Vinicius Campos Miranda, notificou a secretaria de administração penitenciaria do estado, procuradoria jurídica da prefeitura de Ilhéus, comissão de direitos humanos da assembleia legislativa, porém, o governo do estado não mandou representante.