Do Blog do Gusmão

Nazal

Hoje (31), em conversa com o Blog do Gusmão, o vice-prefeito José Nazal (REDE) comentou sobre o índice anunciado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que indicou uma nova queda populacional em Ilhéus.

Segundo os dados do IBGE, em 2010 a população do município era de 184.236 habitantes, já a estimava deste ano é de 176.341.

De acordo com o vice-prefeito, o instituto cometeu um erro em 2000, quando indicou uma população de 222.127 habitantes, maior do que o município realmente tinha. Isso afetaria os dados atuais. “Quando veio o censo em 2010, com valores exatos e quantitativos, a projeção foi negativa em 37 pontos percentuais. Essa é a projeção que o IBGE usa para fazer a estimativa ano a ano, então Ilhéus está perdendo uma coisa que nunca teve”.

Nazal cogitou a possibilidade de buscar uma intervenção da justiça para averiguar a metodologia do censo. No entanto, a demanda poderia se estender por anos em um processo judicial. O resultado da ação dificilmente sairia antes de 2020, para quando está previsto o próximo censo do IBGE. “Se a contagem tivesse sido feita em 2016, como estava previsto, isto teria sido sanado, a gente saberia da realidade atual”.