Do Tabuleiro 

Bombeiros foram acionados

Um estudante da Escola Municipal Caic Darcy Ribeiro, em Ilhéus, teve o atendimento negado pelo SAMU 192, na manhã deste sábado, dia 19. A situação foi relatada pela professora Edilene Cerqueira, em seu perfil pessoal no Facebook.

De acordo com o relato da professora, o estudante, menor de idade, fraturou o braço dentro da instituição. Ao solicitar o atendimento para o SAMU 192, ouviu da atendente: “É fratura exposta?”. Por não se tratar de uma fratura exposta, a atendente informou: “Não tem como ir. Chama os pais”.

Revoltados com a situação e com a criança sentindo fortes dores, professores se mobilizaram e recorreram à Polícia Militar (69ª CIPM), que também tentou o atendimento via SAMU 192, mas obtiveram outra resposta negativa.

Ao se deslocarem para a Escola Caic e verificarem a situação do estudante, policiais Militares acionaram o Corpo de Bombeiros, que prestou os primeiros atendimentos ao estudante e o encaminhou para uma unidade de saúde.