WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul   set »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: 13/ago/2017 . 17:40

ESTUDANTE PROCURA DOCUMENTOS LEVADOS EM ASSALTO EM ILHÉUS 

Carina Nascimento dos Santos, estudante de direito da Faculdade de Ilhéus, está à procura de seus documentos pessoais, que foram levados num assalto na última sexta, dia 11.

Uma dupla, de moto, abordou Carina na saída da faculdade, na altura do Boteco do Posto, por volta das 21h. Levaram tudo: bolsa e material de estudo da vítima.

A dupla estava, informou Carina, numa moto modelo Fan 125 cilindradas, e saiu, depois do assalto, em direção às praias do Sul.

Quem tiver informações sobre os documentos ou o material de estudo de Carina pode entrar em contato pelos telefones 73991272689 / 73982161265 / 73991537660.

IDENTIFICADAS VÍTIMAS DE ACIDENTE NA RODOVIA ILHÉUS-ITABUNA

Do Pimenta 

O homem que morreu no acidente ocorrido por volta das 16h20min deste sábado (12), na BR-415, trecho Ilhéus-Itabuna, foi identificado como Marco Antônio Matos, mais conhecido como Pica Pau. Ele dirigia o Celta, placa NZR-8227, e morreu no local do acidente. O carona, conhecido como Nilson Barros, foi identificado pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) como Irailton Barros Menezes.

O carro em que eles estavam colidiu de frente com um Renault Sandero, sendo lançado para fora da pista e prensado numa árvore, numa das margens do Rio Cachoeira.

O Sandero era conduzido por Tarcila Silva dos Santos, que também ficou ferida. O terceiro veículo foi o GM Prisma, placa OZR-9254, dirigido por Wallace Lima Habib Bomfim, que sofreu ferimentos leves. Da Redação do PIMENTA.

JORGE, ITABUNA E ILHÉUS: INDIFERENÇA E AMOR

Do Blog do Thame

Jorge

Se vivo fosse, Jorge Amado completaria 105 anos. Um dos mais importantes escritores brasileiros, conhecido em todo o mundo, Jorge Amado deu à chamada Civilização Cacaueira uma dimensão planetária, em obras imortais como Cacau, Terras do Sem Fim, Tocaia Grande e, principalmente, Gabriela Cravo e Canela, todas ambientadas no Sul da Bahia.Nascido na Vila de Ferradas, na então recém emancipada Itabuna, Jorge passou parte da infância e juventude em Ilhéus, cidade em que inspirou grande parte de sua obra e onde escreveu o primeiro romance, O País do Carnaval.

Enquanto a relação dos ilheenses com o escritor é de admiração, reconhecimento e afeto, os itabunenses o tratam com olímpica indiferença.

Jorge Amado sempre se definiu como ilheense ou, no máximo, um grapiúna. Só ao completar 80 anos disse enfaticamente, num programa especial da TV Cabrália, que nasceu em Itabuna. De Ferradas, escreveu Navegação de Cabotagem, livro de memórias, que nascera “no cu do mundo”.

Óbvio que se tratava de uma brincadeira, mas os orgulhosos ferradenses receberam a blague como ofensa. E jamais o perdoaram, tanto que um busto colocado na praça principal foi retirada durante a noite e sumiu e uma estátua colocada na entrada no bairro foi alvo de vandalismo e, depois de restaurada, abrigada em segurança no campus da Universidade Federal do Sul da Bahia.

Na celebração dos 105 anos de Jorge, os contrastes que explicam a relação. A casa em que o escritor nasceu é um projeto inacabado de memorial e passa a maior parte do tempo fechada. Já a casa em que o escritor morou em Ilhéus é atração turística, com direito a uma estátua, foto obrigatória para pessoas de todas as partes do Brasil e do Exterior.

Indiferença em Itabuna, amor em Ilhéus.

Não importa. Nosso Menino Grapiúna é imortal.

Salve Jorge!!!



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia