Do Blog do Gusmão 

Presídio Ariston Cardoso. Foto do A Tarde

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE) é autora de Ação Civil Pública que cobra melhores condições de acolhimento para os homens presos no presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus.

Conforme a defensoria, a lista de problemas do presídio inclui: risco de desabamento, umidade, caixa de esgoto entupida, sanitários insuficiente, falta de colchões e presença de fios de eletricidade no chão.

Às 11 horas da próxima quarta-feira (9), o Fórum Epaminondas Berbert de Castro vai sediar audiência sobre o caso.