WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia teatro itabuna secom bahia


julho 2017
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: 24/jul/2017 . 14:51

SINE DIVULGA NOVAS VAGAS DE EMPREGO EM ILHÉUS

Confira a relação de vagas oferecidas pelo SINEBAHIA disponíveis para terça-feira dia 25 de julho de 2017.  
 
 
MONTADOR DE MOVEIS
Ensino Fundamental Completo
Experiência comprovada em carteira de trabalho
CNH categoria A
01 VAGA
 
PADEIRO
Ensino médio Incompleto
Experiência comprovada em CTPS
01 VAGA
 
TÉCNICO EM MANUTENÇÃO ELETRÔNICA
Curso Técnico em Eletrônica e/ou Eletrotécnica
Experiência de 3 meses
01 VAGA
 
SUPERVISOR DE DEPARTAMENTO
Superior Completo em Administração, contabilidade, engenharia de produção e/ou Logística
Primeiro Emprego
01 VAGA
 
EMPACOTADOR A, MÃO
vaga exclusiva para PCD
Ensino Fundamental Completo
3 vagas
 
Interessados devem se dirigir a unidade do SineBahia no SAC sala 14, situada à Rua Eustáquio Bastos, 308 Centro Ilhéus e/ou acessar ao site maisemprego.mte.gov.br.
Imprescindível portar CTPS, RG, CPF.

FESTIVAL DO CHOCOLATE MOVIMENTA R$ 10 MILHÕES EM NEGÓCIOS

Iniciado há nove anos com 13 expositores e apenas uma marca de chocolate regional, o Festival Internacional do Chocolate e Cacau, encerrado no domingo (23) em Ilhéus, possui, atualmente, números expressivos: 80 expositores e 40 marcas de chocolates premium do sul da Bahia. O Chocolat Bahia 2017, que teve o apoio do Governo do Estado, também bateu recordes de público e de negócios. Cerca de 60 mil pessoas visitaram o Centro de Convenções, gerando um movimento de R$ 10 milhões.

Um dos destaques do festival foi o lançamento, pelo Governo da Bahia, da Estrada do Chocolate, a primeira estrada temática do estado, que irá abranger os municípios de Ilhéus e Uruçuca. No roteiro, os turistas poderão conhecer a cultura do cacau e produção do chocolate, através de visitas a fazendas/fábricas de chocolate gourmet existentes ao longo da rodovia BA-262, com sítios históricos, rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental.

O resultado é totalmente positivo, com a rede hoteleira ocupada, milhares de pessoas visitando os estandes, ampliação dos espaços do pavilhão de feiras, o que impulsiona a economia. Estamos consolidando Ilhéus como a capital brasileira do Cacau e do Chocolate de Origem”, destacou o secretário estadual de Turismo da Bahia, José Alves.
Além dos estandes para lançamento e comercialização de chocolates produzidos no sul da Bahia, o festival abriga eventos como o Fórum Brasileiro do Cacau e Chocolate, Cozinha Show, Cozinha Kids, Ateliê do Chocolate, Pavilhão da Economia Criativa e o Espaço Cultural do Cacau, com shows de artistas regionais, além de visitas a fazendas de cacau que fabricam chocolate.

Novos negócios
O produtor de cacau, Fernando Botelho, que investiu na elaboração de chocolates premium, disse que a cada ano, o festival ganha uma nova dimensão, com o surgimento de novas marcas e a expansão dos negócios, mostrando que o caminho é a verticalização da lavoura cacaueira. “Nosso chocolate foi lançado há três anos no festival e, além das vendas diretas durante o evento, captamos nossos negócios e nos consolidamos no mercado”, afirmou Cecília Gomes.

O idealizador e coordenador do Festival Internacional do Cacau e do Chocolate, Marco Lessa, ressaltou que o apoio do Governo da Bahia tem sido fundamental, não apenas na realização do evento, mas na transformação de uma região que só produzia amêndoas e hoje produz chocolates finos, com alto valor agregado. “O festival não se limita aos quatro dias do evento, ele tem desdobramentos durante todo o ano, nos negócios, no surgimento e crescimento de marcas, no estímulo ao empreendedorismo e na divulgação da região cacaueira no Brasil e no exterior. Essa é uma plataforma de fomento, de geração de emprego e renda, de estímulo à produção, de esperança na retomada do desenvolvimento em bases sustentáveis”, finalizou.

PM PRENDE TRAFICANTE QUE HAVIA SIDO SOLTO NO MESMO DIA

Do Agravo

Por volta das 18 horas da última sexta-feira (21), quando efetuava patrulhamento tático no Alto do Coqueiro, uma guarnição do 1º Pelotão – 6812 ( Centro ) efetuou abordagem em 02 indivíduos que apresentavam atitude suspeita. Com os meliantes foram encontrados 67 pedras de Crack e 02 trouxinhas de maconha, certa quantidade de dinheiro e celulares.
Ao verificar a ficha criminal dos meliantes,  foi constatado que um deles havia saído mais cedo da prisão em audiência de custódia.
Traficante é preso na Av. Soares Lopes

Na tarde deste sábado (22), a guarnição 1º Pelotão abordou um elemento em atitude suspeita e encontrou certa quantidade de substâncias entorpecentes. Em posso do meliante estava 11 sacolinhas contendo maconha, 2 selos contendo LSD, um celular e a quantia de R$ 271,25.
O indivíduo e o material apreendido foram conduzidos à DP para as devidas providências legais.

ROTEIRO DA ESTRADA DO CHOCOLATE COMEÇA A OPERAR EM AGOSTO

O Governo do Estado lançou o projeto de implantação da Estrada do Chocolate em Ilhéus, no sul da Bahia, durante o Festival Internacional do Chocolate e Cacau – Chocolat Bahia 2017. No roteiro, os turistas conhecerão a cultura do cacau e a produção do chocolate, por meio de visitas a fazendas existentes ao longo da BA-262, com sítios históricos, rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental.

Este será o primeiro roteiro turístico temático da Bahia e, inicialmente, vai abranger os municípios de Ilhéus e Uruçuca. O projeto foi lançado pelo secretário do Planejamento e vice-governador, João Leão, no sábado (22), com as presenças dos secretários de Turismo, José Alves, e Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, além do coordenador do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, Jonas Paulo.

Na apresentação do projeto, João Leão destacou que “existem cidades no Brasil e no mundo que não produzem uma única amêndoa de cacau e vivem exclusivamente do chocolate. O Governo da Bahia está somando esforços com os empresários e outras instituições, como prefeituras e universidades, no sentido de impulsionar a produção de chocolate e fazer com que essa região de torne um polo de atração de investimentos, impulsionando o turismo e a economia como um todo”.

O roteiro começa a operar a partir de agosto. Ele inclui ainda as fábricas do parque moageiro de cacau, no Distrito Industrial de Ilhéus, fazendas/fábrica de chocolate gourmet, fazendas de cacau com acervo histórico-arquitetônico, Estação Rio do Braço, arquitetônico da sede do antigo distrito de Ilhéus e a Biofábrica do Cacau.

A Estrada do Chocolate também lembra os cenários da obra imortal do escritor Jorge Amado, conhecida em todo o mundo. “Essa é uma região única, com uma cultura e história que giram em torno do cacau e que vamos transformar também na região do chocolate de origem”, acrescentou Leão.

PAREDÕES DE SOM SÃO APREENDIDOS EM ILHÉUS

Do Blog do Gusmão
Nesse domingo (23), por volta das quatro horas e vinte minutos da manhã, o pelotão da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA) apreendeu dois carros no Posto Renascer, localizado perto da praça Cairu, no Centro de Ilhéus.
Os policiais militares agiram após reclamação das pessoas incomodadas com o volume alto de um encontro de paredões de som realizado no local.
Uma pessoa teve o carro apreendido por poluição sonora. A PM apreendeu outro veículo por causa de irregularidade na documentação. O motorista não portava o documento obrigatório e explicou que o licenciamento está atrasado.

Carros apreendidos durante encontro de paredões de som.
De acordo com o tenente Fábio Nilo, comandante do pelotão da CIPPA, em outra ocasião, ao abordar pessoas que estavam nas proximidades do posto e participavam do encontro de paredões, os policiais militares apreenderam drogas ilícitas.
Segundo o tenente, novas operações serão realizadas no local para coibir esse tipo de festa.

IMPASSES ARRASTAM ELEIÇÃO DO CONSELHO DE SAÚDE DE ILHÉUS

Reunião extraordinária do conselho de saúde de Ilhéus acontece, a partir das 14h desta segunda, dia 24, em sua sede, para tentar destravar o processo eleitoral que vai escolher a nova diretoria e conselheiros. A pauta se arrasta há meses devido a impasses envolvendo a habilitação de entidades que farão parte do órgão de controle social.

De acordo com o funcionário da Secretaria de Saúde do Estado, Yolando Souza, que preside a comissão eleitoral, a eleição vinha sendo preparada desde fevereiro e deveria definir a nova composição até junho. Nesse período, entidades sindicais e sociais que não representam ou têm trabalhos ligados à área da saúde se inscreveram para ter direto a voto no processo. No entanto, o regimento as impede de integrar o conselho, como é o caso do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb).

Essas entidades, além de não possuir ligação com a saúde, fazem parte do conselho na gestão que está se findando com o intuito de servir a manobras de determinados conselheiros, no objetivo de aprovar suas demandas ou barrar outras, afirma Yolando Souza.

“Outro impasse se deu pela previsão, em edital, da apresentação de documentos autenticados, como a ata de posse das respectivas diretorias das entidades, algo que não se faz mais necessário, como prevê o novo código civil, e que poderia ser facilmente superada”, explica o presidente da comissão.

Os dois pontos serão discutidos na reunião plenária, que é a instância máxima do conselho, apesar de haver o entendimento de que o presidente da comissão deve decidir sobre as questões.

A reunião plenária, afirma Yolando Souza, só foi possível após sucessivas reuniões com o Ministério Público, na pessoa do promotor Pedro Coelho, que vem “mediando a resolução dos impasses, principalmente devido às recorrentes tomadas de decisão de forma unilateral, por parte do atual presidente do órgão, Fred Oliveira, e que tem tumultuado ainda mais a eleição”.

PSOL DENUNCIA CAMPANHA ANTECIPADA DE ÂNGELA SOUSA

Do Bahia Notícias

Em documento entregue ao Ministério Público Federal, Eleitoral e ao Estadual na segunda-feira (17), a diretoria de Ilhéus do Partido Socialismo e Liberdade (Psol) solicita que sejam investigados indícios de utilização indevida de recursos públicos pelo prefeito Mário Alexandre (PSD), o que poderia constituir ato de improbidade administrativa.

Além disso, o Psol pede que o MP-BA apure as denúncias de uso de recursos municipais e federais destinados à saúde para promoção político-eleitoral e divulgação do mandato de sua mãe, a deputada estadual Ângela Sousa (PSD-BA). De acordo com o documento, a gestão de Mário Alexandre divulgou um mutirão chamado "Mais saúde, mais alegria", organizado por secretarias municipais.

Entretanto, um panfleto de um evento nomeado "Espaço Saúde: Servindo com o coração", que aparentemente ocorreria no mesmo dia e no mesmo local do mutirão “Mais saúde, mais alegria", constava a logomarca e os slogans divulgados nas campanhas da deputada e mãe do prefeito. "O panfleto anuncia um conjunto de atendimentos como Mamografia, odontologia, oftalmologia e urologia, que no SUS são custeados por veramas municipais e pelo governo federal", consta na representação. A diretoria do Psol afirma que não restam dúvidas sobre a origem dos recursos financeiros do "Espaço Saúde": "Aparecem no rodapé do panfleto os apoiadores: Secretaria de Saúde, Governo do Estado e Prefeitura de Ilhéus", ressaltou no documento.

Para o Psol, a propaganda a favor da deputada antecipa e desequilibra a disputa que só estará autorizada pela Justiça Eleitoral no segundo semestre de 2018."A gente quer que os órgãos competentes investiguem as irregularidades que estão sendo cometidas com o dinheiro público para fins eleitoreiros! Não vão nos calar diante dessa situação", reclamou o presidente do Diretório de Ilhéus, Jorge Luiz Santos.

DEFESA QUER QUE JAMIL OCKÉ TRABALHE DE DIA E VOLTE À PRISÃO À NOITE

Jamil.

A defesa do vereador Jamil Ocké, preso desde o dia 21 de março deste ano, entrou com pedido de revogação da prisão no último dia 20. A ação, a qual o ILHÉUS EM RESUMO teve acesso, visa garantir a soltura do parlamentar e evitar que perca o mandato. Um dos pedidos dos advogados solicita a liberação para que ele trabalhe durante o dia na câmara e retorne ao presídio à noite.

Na ação, a defesa argumenta que todo o processo de instrução – quando há a coleta de provas e depoimentos, já foi feito, o que impediria Jamil de interferir nas investigações. Além disso, afirma que chega ao fim, no próximo dia 4 de agosto, o prazo máximo para licença de suas atividades na câmara, com base no regimento interno do legislativo.

Se ultrapassar os 120 dias da licença concedida pelos colegas vereadores, o cargo será considerado vago. Assim, a defesa argumenta que a perda do mandato aconteceria de forma ilegal, já que a prisão é preventiva e não há decisão final no processo, uma das causas previstas para perda do diploma.

Como medidas alternativas à prisão preventiva, que já atingiu quatro meses, a defesa pede a soltura imediata, ou suspensão judicial do mandato (o que evitaria a perda do cargo motivada pelas faltas às sessões), ou a liberação de Jamil para que trabalhe na câmara durante o dia e retorne ao presídio Ariston Cardoso à noite.

Na ação, a defesa argumenta que as atividades na câmara poderiam ser fiscalizadas pela presidência e usa o caso do deputado federal do Rio de Janeiro, Celso Jacob, como exemplo. Recentemente, Jacob foi condenado em última instância por desvio de dinheiro público, mas conseguiu autorização judicial para despachar no Congresso durante o dia e retornar à prisão à noite.

Advogados ouvidos pelo ILHÉUS EM RESUMO acreditam que, com esses argumentos, há grande chance de Jamil Ocké ser solto ainda essa semana e aguardar o julgamento em liberdade, já que seria ilegal a perda do mandato causada por um mandado de prisão preventiva.

Jamil Ocké foi o vereador mais votado na eleição de 2016 em Ilhéus e ocupou, de 2013 a 2016, o cargo de secretário de Desenvolvimento Social do Município. Está preso desde março deste ano, acusado de compor o núcleo político de um esquema que teria desviado 20 milhões de reais da prefeitura e da câmara desde 2009, por meio de direcionamentos e superfaturamentos de licitações. Seguem presos também Kácio Brandão, que sucedeu Jamil na secretaria, e o empresário Enoch Andrade, dono das empresas usadas para desviar os recursos, como sustenta o Ministério Público do Estado da Bahia, no bojo da operação Cítrus.

 

PREÇO DA GASOLINA DISPARA EM ILHÉUS

Quatro dias depois de o presidente Micael Temer assinar decreto que aumenta alíquota sobre impostos, como o PIS/Cofins, os preços dos combustíveis dispararam em Ilhéus.

O aumento chega, a depender do posto, a $ 4,30. Em estabelecimentos na saída Sul da cidade, se aproxima dos $ 4,40.

Já a caminho de Itabuna, na BR-415, os preços variam de $ 3,90 a $3,95, mas alguns postos só recebem pagamentos em dinheiro.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia