WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom


julho 2017
D S T Q Q S S
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: 17/jul/2017 . 15:09

VALDERICO JÚNIOR DESPERTA PRA POLÍTICA

Do Blog do Gusmão

Júnior

Valderico Júnior tem dado sinais de interesse pela vida pública de Ilhéus. Filho do ex-prefeito Valderico Reis, o jovem empresário de 30 anos despertou para a política.

Os sinais estão por todos os cantos, assim como Júnior, que participa ativamente da vida social da cidade. Recentemente passou a estreitar laços sociais, com presença em “batizados e velórios”.

À frente da presidência da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Ilhéus, Valderico Júnior também dirige a Gabriela FM.

A CDL é uma instituição influente entre os comerciantes. Por ser uma entidade de representação de classe, facilita a coesão dos interesses dos seus membros e lhes dá voz nos espaços públicos.

Uma emissora de rádio com grande audiência também abre portas. Em 2017, a Gabriela FM estreou o Jornal do Meio-Dia. O próprio Júnior montou a excelente equipe do programa, que é apresentado pelos jornalistas Cátia Gomes e Marcos Bezerra. O repórter Coutinho Neto, um dos melhores de Ilhéus, completa o time.

Com pauta diversificada, o produto inseriu o jornalismo na programação da Gabriela FM. Isso, consequentemente, aumentou o poder de influência da emissora na vida política da região. Valderico Júnior certamente não ignora essa realidade.

Há quem diga que o jovem quer governar Ilhéus, missão cumprida pelo pai entre 2005 e 2007. Há uma década, quando Júnior se dedicava à carreira de músico, a Câmara de Vereadores cassou o mandato de Valderico Reis. O impeachment se baseou no atraso do repasse do duodécimo para o legislativo.

Convém lembrar que, se for esse o caso de Valderico Júnior, qualquer cidadão pode desejar contribuir ativamente para a política de uma cidade. Essa disposição é legítima sempre que orientada pelo interesse público.

EMENDA BENEFICIA IDOSOS EM ILHÉUS 

Do FRN

Morais

O prefeito de Ilhéus Mário Alexandre (PSD) sancionou a Lei 3.864, que dispõe sobre o desembarque de mulheres, idosos e pessoas com deficiência física, usuários do sistema de transporte público da cidade. De acordo com o decreto, estes usuários, tanto na zona urbana quanto no interior, a partir das 21 horas, poderão solicitar a parada fora dos abrigos tradicionais, optando pelo desembarque em locais onde se sintam mais seguros ou de maior acessibilidade.

De acordo com a lei, nos dias que eventualmente houver horários de pernoite ou prorrogação de funcionamento em função de festas populares, o desembarque se estenderá até as 5 horas do dia seguinte. No entanto, para todos os casos, a parada para desembarque deverá ocorrer em local que obedeça ao trajeto regular da linha e onde seja permitida o estacionamento seguro do veículo. O Poder Executivo de Ilhéus vai regulamentar a lei no prazo máximo de 60 dias, após a sua publicação.

O Vereador e Advogado Dr. Jerbson Moraes (PSD), presidente da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, apresentou parecer favorável a matéria e, na oportunidade, incluiu emenda ao projeto, que ampara também os deficientes físicos. Segundo o parlamentar, “o objetivo dessa emenda ao projeto é integrar todo o segmento de usuários do transporte público que se encontram limitados com dificuldades de acessibilidade“, explicou. 

AEROPORTO DE ILHÉUS PODE IR PRAS MÃOS DO ESTADO

Um dos mais bonitos

A Prefeitura de Ilhéus e o Governo a Bahia estudam a transferência do Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus – hoje administrado pela Infraero -, para o estado, atendendo a uma mudança natural que vem ocorrendo em diversos aeroportos brasileiros, em função as dificuldades financeiras da estatal e o do seu projeto de reestruturação que está em curso e prevê a redução no número de aeroportos administrados e de funcionários, também.
A mudança de concessionários é um caminho natural estrategicamente pensado pelo estado e pelo município, que estão em busca de investidores para a modernização do “Jorge Amado”, como já aconteceu com alguns dos principais terminais do país, a exemplo de Guarulhos (SP) e Galeão (RJ).

Mais empregos – “Estamos evoluindo”, assegura o prefeito Mário Alexandre, que esteve reunido com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, discutindo as possibilidades que representem a melhoria do aeroporto de Ilhéus. “Com a Infraero as chances de avançarmos são reduzidas já que a estatal vem colecionando prejuízos ao longo dos últimos tempos”, disse. “Com a mudança, além de investimentos técnicos, ampliamos nossa capacidade de gerar novos empregos na área de serviços através de parcerias público-privadas”, assegura Mário.

Prejuízos – Em 2015, a Infraero teve prejuízo de R$ 3 bilhões. Em 2016, o prejuízo foi de R$ 767 milhões. Dos aeroportos administrados pela estatal, 70 por cento são deficitários. “Diante de parcos recursos para investimento, não há como competirmos por recursos com os grandes aeroportos nacionais que também precisam de dinheiro para aplicar em modernização”, completa o prefeito de Ilhéus.

A melhoria técnica e da estrutura física do Aeroporto Jorge Amado não inviabiliza o projeto de construção do Aeroporto Internacional, segundo Mário Alexandre. O assunto, inclusive, foi citado no discurso do secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster, ao representar o Governo da Bahia na solenidade que marcou a visita da Missão Chinesa a Ilhéus, semana passada.

Projeto Intermodal – A construção do novo aeroporto integra um projeto do estado em criar um moderno sistema intermodal para Ilhéus e região, que ainda inclui a conclusão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), a construção do Porto Sul e a instalação física da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Ilhéus.

Jorge Amado – A história do transporte aéreo em Ilhéus é tão antiga quanto a própria Aviação Comercial Brasileira. Os hidroaviões da Condor e da Panair do Brasil que viajavam para o Norte do país faziam escala obrigatória na cidade. Em 1938, foi escolhida uma área de 370.670 m² de terreno para a construção do Campo de Aviação do Pontal, com o objetivo de servir de apoio a aeronaves durante a Segunda Guerra. A pista do Aeroporto de Ilhéus foi asfaltada somente na década de 1950. Em outubro de 1980, a Infraero assumiu a administração do aeroporto e promoveu uma série de obras como a ampliação e reforma do terminal de passageiros e a construção de cercas e muros de segurança.

Várias outras melhorias foram realizadas no ano de 2013, entre elas, a instalação da estação meteorológica de superfície, a reforma e ampliação da capacidade instalada da subestação elétrica e a implantação do Módulo Operacional do Grupamento de Navegação Aérea. Visando maior segurança, no ano de 2015, foram realizadas a readequação da sinalização horizontal do pátio de aviação comercial e a instalação de placas retrorrefletivas para sinalização vertical de pátio e pista de aterrissagem. Mas o aeroporto necessita de investimentos maiores tanto no aspecto técnico quanto de infraestrutura.

PREFEITURA MANTÉM CAUTELA DIANTE DAS INVESTIDAS DO MP

Mesmo tendo sido alvo de duas recomendações do Ministério Público para demitir servidores não-estáveis (aqueles admitidos no período de 1983 a 1988) e contratados, além de exonerar ocupantes de cargos em comissão, o governo do prefeito Mário Alexandre (PSD) segue silencioso quanto às investidas do MP (veja aqui).

A cautela visa não acirrar os ânimos com os promotores que já estão no encalço de Marão, o que poderia dar brecha pra processos judiciais, como o que exige a nomeação dos aprovados no concurso de 2016 (lembre aqui). Internamente, o governo entende que tem havido uma pressão desnecessária, principalmente sobre dois pontos: demissão dos não-estáveis e exoneração dos comissionados.

Primeiro porque os não-estáveis estão próximos da aposentadoria e, avaliam assessores de Marão, demiti-los agora geraria uma onda de precatórios e até poderia provocar reações desesperadas desses funcionários. A estratégia, então, é esperar o tempo de aposentadoria desse grupo, que reúne cerca de 300 trabalhadores com mais de três décadas de prefeitura.

O segundo ponto se refere à exoneração dos ocupantes de cargos em comissão que foram criados na recente reforma administrativa, vigente desde os primeiros dias de julho. O MP entende que os novos postos são irregulares, por não não estarem regulamentados – em outros palavras, a lei não diz o que cada cargo deve fazer.

No entanto, pessoas de dentro do governo ouvidas pelo ILHÉUS EM RESUMO deixam claro que a própria lei dá prazo de 90 dias para o prefeito assinar decreto que regulamente as funções. Além disso, a estrutura administrativa antiga também não  tinha regulamentação, o que seria trocar seis por meia dúzia. Dessa forma, o MP estaria se precipitando ao basear o pedido de exoneração nesse argumento.

MOTOCICLISTA É ASSASSINADO NO SALOBRINHO 

Do FRN 

A cena do crime

Infelizmente, a matança continua na terra da Gabriela. Um motociclista, de dados ignorados, foi encontrado morto por volta das 06h, desta segunda-feira, 17, nas imediações do campo de futebol do bairro Salobrinho. No local, a vítima estava caída próximo da moto, apresentando marcas de tiros na cabeça e com uma mochila nas costas. 

A polícia esteve no local aguardando a chegada do departamento de polícia técnica, para o levantamento cadavérico. A teoria e motivação do crime ainda é desconhecida pela polícia. O caso será investigado pelo Núcleo de Homicídios de Ilhéus e Região, que tem à frente a delegada Andréa Oliveira. 

ROTARYS DE ILHÉUS EMPOSSAM NOVA DIRETORIA

Nazal participou da posse

Na última quinta-feira, 13, aconteceu a solenidade de posse do conselho diretivo 2017/2018 do Rotary Clube de Ilhéus e Rotary Club de Ilhéus Jorge Amado. A cerimônia de transição foi realizada no Iate clube de Ilhéus e contou com a presença do Governador Assistente do distrito 4550, Ismeraldo Pereira, dos Deputados Estaduais Ângela Souza e Eduardo Sales, do Vice-prefeito municipal José Nazal Soub, de representantes do Lions, Marinha, de rotarianos e familiares, imprensa e convidados.

Na solenidade, a presidência do Rotary Club de Ilhéus antes ocupada por Erivaldo Batista, foi assumida pelo empresário Valter Vieira de Oliveira Júnior. Com um discurso emocionante, Valter Júnior reafirmou o seu compromisso frente às atividades do clube e convidou a todos para juntos fazerem a diferença. O atual presidente do Rotary Club de Ilhéus colocou a conclusão da biblioteca Mario Morelli, como uma das prioridades em sua gestão. “Darei minha contribuição, meu empenho e dedicação diuturnamente para concluirmos nossa biblioteca, e se Deus permitir até o final deste ano rotário estaremos entregando à comunidade de Ilhéus a Biblioteca Mario Morelli, na Escola Rotary Renato Leite da Silvei ra”, comentou.Já a presidente do Rotary Club de Ilhéus Jorge Amado 2016/2017, Silvana Tapioca Bastos, transmitiu o cargo para a empresária Elisabeth Custodio que comandará o clube de serviço no próximo ano rotariano. Elisabeth iniciou o seu discurso agradecendo aos companheiros pela confiança nela depositada e disse se sentir lisonjeada e orgulhosa, esperando retribuir com a realização de um bom trabalho. Na ocasião, a atual presidente lembrou as ações realizadas pelo Rotary no mundo inteiro e mencionou a sua satisfação em fazer parte do clube de serviço: “São tantas histórias e emoções que fazem com que tenhamos força e garra para ajuda r a nossa comunidade a ter algo mais em suas vidas. Isso é possível com a fundação rotariana que transforma suas contribuições em projetos concretos”.

Os distintivos e malhetes foram entregues aos novos presidentes, Valter Júnior e Elisabeth, que em seus respectivos clubes serão os responsáveis pela gestão 2017/2018, cujo lema estabelecido pelo presidente internacional Ian Riseley é: “O Rotary Faz a Diferença”. 

Ainda durante a cerimônia, houve a posse da nova presidente da Casa da Amizade: Luciana Maria Assis Seixas de Oliveira, esposa do presidente Valter Júnior. Após as posses, foi servido um jantar árabe aos convidados presentes.

FESTIVAL DO CHOCOLATE MANTÉM HOTÉIS DE ILHÉUS CHEIOS

Da Secom/Ilhéus 

Eleita por especialistas como um dos melhores destinos de lazer, negócio, gastronomia e entretenimento no Brasil, Ilhéus é uma das cidades mais importantes no cenário do turismo baiano. O município possui uma rede hoteleira com aproximadamente 9 mil leitos, que vão desde empreendimentos de luxo a simples albergues. No mês passado, a excelente quantidade de visitantes refletiu na média de ocupação dos hotéis e pousadas, que registraram índice médio de 80 por cento de ocupação, segundo dados da Secretaria Municipal de Turismo e Esporte (Setur) e empresários do setor hoteleiro.

A alta ocupação vem sendo atribuída aos grandes eventos que ocorreram na cidade, como os Festejos Juninos e as programações do Dia da Cidade. Ilhéus também sediou a 107ª Assembleia Geral Ordinária (AGO), da Convenção das Igrejas Assembleias de Deus na Bahia (Ceadeb) que reuniu 4 mil convencionais, movimentando toda a rede hoteleira, restaurantes e o comércio em geral, trazendo ganhos econômicos significativos para a cidade.

Durante os próximos dias, a cidade sediará o 9º Festival Internacional do Chocolate e Cacau, evento de agronegócio, turismo e gastronomia que pretende atrair cerca de 50 mil visitantes, de acordo com os organizadores do evento. O secretário Roberto Lobão, disse que Ilhéus vive um momento bom no cenário turístico e que os eventos na cidade dão estímulo à geração de emprego e renda, mexendo com a cadeia produtiva local. “Estamos consolidando a cidade com o cenário nacional de eventos. Recentemente uma empresa de aviação requisitou nosso material para divulgar nossa potencialidade nas suas publicações. No mês passado, a Folha de São Paulo publicou um recorte das nossas mídias digitais”, comemorou.

O Festival acontece no Centro de Convenções e atrairá visitantes de vários estados e países. O evento será realizado de 20 e 23 de julho e apresentará toda a cadeia produtiva do cacau ao chocolate, com os melhores chocolates de origem do Brasil, além de workshops, fórum, exposição, visita às fazendas de cacau entre outros. “Além de movimentar o turismo e a matriz econômica regional, o festival estimula a formatação de novos negócios, verticaliza a produção do cacau agregando valor desde a amêndoa até a produção do chocolate. Talvez seja o principal evento da região, se não for um dos principais eventos do estado, pela mídia gerada e pelo fluxo que ele consegue promover.”, avalia o idealizador e coordenador do Chocolat Bahia, o publicitário Marco Lessa.

TERREIRO MATAMBA EM FESTA

Do JBO

Nos dias 29, 30 e 31 de Julho, sábado, domingo e segunda o Terreiro Matamba Tombenci Neto, em Ilhéus, estará em festa para homenagear os Nkissis Zumbarandá, Nkossi e Kavungo.

Os festejos terão início, no sábado, dia 29, às 21h com muitas homenagens a Nkissi Zumbarandá (Nanã). Já no domingo, dia 30, a kizomba (festa) começa às 13h, com a Tradicional Makunde (Feijoada) em homenagem a Tateto Nkossi (Ogum). Na Segunda – Feira dia 31, às 20h serão finalizados os festejos com Homenagem a Tateto Kavungo (Obaluayê).

A matriarca do Terreiro de Matamba Tombenci Neto, Mãe Ilza Mukalê, há mais de 40 anos à frente do Tombenci, em Ilhéus, conta que os festejos do mês de Julho têm um tom de saudade. “Desde que assumi a direção do terreiro matamba em 1975 não paramos de realizar os festejos do mês de julho no terreiro, é uma forma de manter viva as nossas tradições”, finalizou Mãe Ilza.

Para mais informações (73) 3086-5112/98809-3958

GOVERNO MARÃO HUMILHA CANDIDATOS A VAGAS TEMPORÁRIAS 

Fila dobra o quarteirão. Foto de Arthur Magno

A seleção pra vagas temporárias na prefeitura de Ilhéus se transforma num verdadeiro quadro de humilhação a quem tem a esperança de deixar o desemprego em tempos de crise. 

Mesmo com acesso fácil à internet, o governo do prefeito Mário Alexandre força os candidatos a esperar por atendimento presencial, numa fila que já dobra o quarteirão e debaixo de chuva.

É que pra concorrer a uma das quase 300 vagas, é preciso entregar um catatau de papel na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS). A fila começou ainda na madrugada e, antes das 8h desta segunda, já chegava ao campus da Unopar, na avenida Itabuna. 

O método de entrega da papelada expõe a falta de respeito do governo. O cadastro poderia ser feito pela internet e, depois de uma pre-seleção, os aprovados levariam os documentos. Mas o bom senso não é pra todos.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia