Do Pimenta 

O governador Rui Costa acatou sugestão do secretário de Planejamento e Meio Ambiente de Ilhéus, José Nazal, para desapropriar área contígua ao Hospital da Costa do Cacau. Para Nazal, o decreto de desapropriação protege e assegura futura ampliação do equipamento.

“Gesto visionário como este só é possível quando se tem um gestor que, além de político, tem visão de planejamento estratégico. Essa atitude de hoje se refletirá no futuro de nossa cidade”, disse Nazal. O decreto foi publicado no dia 30 de março deste ano. “Tomamos conhecimento ontem”, observou.

A primeira etapa do Hospital da Costa do Cacau deverá ser entregue até o final de junho, período de aniversário de Ilhéus. A obra recebe investimentos de quase R$ 90 milhões, sendo planejada para desafogar o atendimento na rede SUS no sul da Bahia, principalmente em Itabuna, para onde é encaminhada grande parte da demanda de média e alta complexidade médica.