WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


maio 2017
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


:: 12/maio/2017 . 18:19

EVENTO EM ILHÉUS APRESENTA TECNOLOGIAS A SERVIÇO DO CACAU E CHOCOLATE

 

As novas tecnologias auxiliam nas mais diversas áreas da vida moderna e chegou, mais recentemente, à cadeia produtiva do cacau na região sul da Bahia. As novidades tecnológicas que facilitam a vida do agricultor e elevam a qualidade da amêndoa produzida na região serão mostradas durante o Chocotec, evento que faz parte da Nave de Inovação Bahia Sustentável (Nibs), que desembarca em Ilhéus no próximo dia 17.

O espaço, montado no Centro de Convenções, na Avenida Soares Lopes, funcionará a partir das 13h30 da próxima sexta, 19, último dia do evento. Serão apresentadas novidades em inovação e tecnologia para o cultivo do cacau e a produção do chocolate, assim como demonstração de equipamentos para o agronegócio e técnicas voltadas aos pequenos agricultores.

Na programação, palestras sobre associativismo, a inclusão da cacauicultura na agricultura do século XXI, com Ângelo Palocci, apresentações de cases inovadores em cacau e chocolate e mesa redonda sobre os desafios da cadeia produtiva na região sul da Bahia.

Para Marco Lessa, um dos organizadores do evento, a excelência na qualidade do cacau e do chocolate tem sido o principal objetivo de eventos como o Chocotec, no Nibs. “Não há outra forma de nos diferenciarmos ante o mercado mundial, que não para de crescer. No evento, além de todas as palestras e apresentações, conheceremos o Centro de Inovação do Cacau, que já vem desenvolvendo com sucesso essa estratégia”.

 

Nibs

Nave de Inovação Bahia Sustentável é um evento gratuito, que ocorre de 17 a 19 deste mês, e vai promover o Google I/O Extended, palestras sobre e-commerce, startups, eSports, Hackathon, feira com exposição de produtos do segmento de realidade virtual, softwares, hardwares e inovação tecnológica, inclusive voltada ao cultivo de cacau e produção de chocolate.

Já estão confirmados nomes como o presidente da Fundação Campus Party, Francesco Farruggia, que fará a palestra de abertura, no dia 17, a partir das 11h, e o ativista da política hacker, Pedro Markun. Além disso, mais de uma dezena de palestrantes nacionais e internacionais estão na programação completa, que pode ser conferida em www.nibsbahia.com/site, onde os interessados devem realizar inscrição.

O evento tem apoio do Governo do Estado, por meio das Secretarias de Turismo (Setur) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Sectiu), da Bahiathursa e Sebrae. Tem como parceiros o Instituto Nossa Ilhéus (INI), a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), o Costa do Cacau Convention Bureau, a Prefeitura de Ilhéus, a Associação de Turismo de Ilhéus e a Localdata Web. A organização é da MVU Promoções e Eventos.

 

COM USINA PRÓPRIA EMBARGADA, MARÃO COMEMORA ASFALTO ALHEIO

Do Tabuleiro 

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, visitou hoje (11) trechos da Rodovia Ba-001, em Olivença, onde a Superintendência de Infraestrutura de Transportes da Bahia (SIT) executa uma operação tapa-buracos. Inaugurada há aproximadamente 40 anos, a rodovia que une Ilhéus a Una e Canavieiras apresenta fissuras e crateras em sua extensão, condição que vem causando inúmeros acidentes. A operação atende a uma reivindicação da deputada estadual Ângela Sousa (PSD), mãe do prefeito ilheense. 

Devido ao embargo feito pela Superintendência de Meio Ambiente de Ilhéus, há pouco menos de um mês, restou a Marão apenas acompanhar a operação “tapa-buracos” executada por outro órgão na cidade em que governa. Não há, até o momento, previsão de quando o embargo a Usina de Asfalto de ilhéus será suspenso. 

BARCO PEGA FOGO E DEIXA PESCADORES FERIDOS EM ILHÉUS 

Do Pimenta 

Dois dos seis pescadores que estavam em uma pequena embarcação ficaram feridos, na manhã desta sexta (12), em alto-mar, na Barra de Itaípe, em Ilhéus. O barco pegou fogo cerca de uma hora e meia depois de zarpar.

Houve vazamento de gás, seguida de explosão de um botijão pequeno. As chamas atingiram os dois pescadores, de 51 e 26 anos de idade. Ambos sofreram queimaduras em metade do corpo, sendo encaminhados para o Hospital Geral Luiz Viana Filho, região central de Ilhéus.

Segundo informações dadas por uma enfermeira da unidade ao G1, um deles foi transferido para um hospital particular. O outro pescador aguarda a chegada de um cirurgião, que não estava no hospital no momento da chegada deles.

Peritos da Capitania dos Portos foram encaminhados para o local para analisar as circunstâncias do acidente.

CONCHA ACÚSTICA DE ILHÉUS VIRA LIXÃO

Alô prefeitura de Ilhéus. A concha acústica, na Avenida Soares Lopes, abandonada desde o governo passado, está sendo usada como depósito de entulho e dejetos humanos. Não é porque o governo passado largou de mão, que esse deve seguir pelo mesmo caminho. O portão nem existe mais. Tá no chão. Lá dentro, muita sujeira. O equipamento deveria ser gerido pela Secretaria Municipal de Cultura, mas, no Governo Marão, sequer existe mais essa pasta. 

ÂNGELA SOUSA ALICIAVA PREFEITOS E INTERMEDIAVA PROPINA, AFIRMA DELATOR

Do Bocão News 

A deputada estadual Ângela Sousa (PSD) foi citada na delação premiada do empresário Kells Belarmino Mendes, principal líder do esquema de corrupção que consistia em fraudar licitações e desviar dinheiro público da educação em 19 cidades baianas. Mendes foi preso em julho de 2015, quando a Polícia Federal deflagrou a operação Águia de Haia para desarticular o grupo.

O BNews teve acesso ao trecho da delação premiada que o empresário fez junto ao Ministério Público Federal (MPF) e cita a participação da deputada. O acordo de colaboração foi homologado no final do ano passado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). A parlamentar foi delatada no bojo do inquérito policial instaurado para apurar a suposta prática de crime de fraude em licitação no município de Una, no sul baiano, na contratação da Ktech Key Technology LTDA, pertencente a Belarmino Mendes.

Ao MPF, o empresário apontado como líder do esquema contou que o contrato com a prefeitura de Una foi intermediado por Ângela Sousa e que não chegou, sequer, a se reunir com o então prefeito Dejair Birschner para tratar sobre os termos do contrato e muito menos sobre os eventuais pagamentos. “Todas as tratativas foram realizadas com a deputada Ângela”, disse.

O empresário relatou que esteve posteriormente em duas oportunidades com o prefeito Dejair: uma no gabinete da deputada e outra na casa do gestor em Una. De acordo com a delação premiada, o acerto para a realização da licitação e contratação da Ktech foi de que o empresário “teria que entregar 30% do valor de cada fatura quitada pela prefeitura para o prefeito” e “que a deputada estadual Ângela Sousa iria receber o equivalente a 5% do valor das faturas pagas pela prefeitura de Una”.

A participação da deputada estadual Ângela Sousa no esquema, segundo relatado por Kells Belarmino Mendes, relaciona-se à captação e aliciamento de prefeitos, participando, assim, do resultado do desvio dos recursos públicos em razão do sobrepreço e superfaturamento dessas contratações. “Não obstante o conhecimento da referida parlamentar acerca do esquema criminoso, ou seja, que a empresa de Kells Belarmino era contratada mediante fraude do certame licitatório, os elementos de prova não demonstraram a atuação específica da deputada na etapa de fraude ao procedimento licitatório que seria deflagrado pelo prefeito aliciado e que ficava sob responsabilidade dos integrantes da ORCRIM [Organização Criminosa] em conluio com o gestor municipal, o secretário de Educação e o pregoeiro/presidente a CPL”, diz um trecho de um despacho do desembargador Cândido Ribeiro, do TRF1, ao analisar o caso da deputada na Corte superior.

A deputada Ângela Sousa era responsável, de acordo com o delator, por aliciar o prefeito e “acordar” o valor que seria desviado para o prefeito e ela própria, em razão dessas contratações das empresas vinculadas a Kells Belarmino. Apesar das afirmativas do empresário em relação à parlamentar, o magistrado entendeu que Ângela, no caso específico de Una, não chegou a receber recursos desviados, pois o contrato foi cancelado antes de ser executado pela prefeitura. “Dessa forma, não restou comprovada a autoria do crime do art. 90 da Lei de Licitações por parte da deputada Ângela Sousa, razão pela qual este parquet promove arquivamento do feito em relação à parlamentar neste ponto, sem prejuízo do disposto no artigo 18 do CPP. Ressalto, por oportuno, que a atuação da parlamentar no município de Una, embora não tenha ensejado o desvio dos recursos públicos em razão do cancelamento do contrato, será objeto de investigação no âmbito do Inquérito Policial 628/2013, processo 0040451-77.2015.4.01.0000, que apura o crime de Organização Criminosa, Lei 2.850/2013”, explicou o desembargador Cândido Ribeiro ao acolher o parecer da procuradora regional da República de Ilhéus, Raquel Branquinho Nascimento.

Em abril deste ano, os advogados da parlamentar pessedista entraram com um habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ) pedindo que o inquérito em que é investigada fosse suspenso, mas a ministra Maria Thereza de Assis Moura rejeitou o pleito.

Procurada pela reportagem, a deputada refutou com veemência qualquer ligação com o grupo investigado na Águia de Haia. “Não tenho nada de envolvimento com isso. Eu não tinha nem prefeitos. A deputada aqui trabalha muito com associações, eu não tinha prefeito na época”, disse, rebatendo a afirmação de que seria responsável por aliciar prefeitos para a quadrilha administrada por Belarmino Mendes.

A legisladora também negou que tenha se reunido com o prefeito de Una, Dejair, e com o empresário, em seu gabinete: “Mentiroso. Isso nunca”. Como um dos preceitos para se fazer delação premiada é o de contar a verdade, a deputada acredita que “com certeza, vai cair” a colaboração do acusado por achar que ele mentiu.

Ângela Sousa afirmou ainda que recebeu com tranquilidade a notificação de que havia sido citada na delação premiada. “Tranquila, com paz no coração, quem não deve, não teme. Deus está agindo”, afirmou, instantes antes de interromper abruptamente a ligação.

Comentário do Blog

Apesar de ser delicada a situação da deputada, é claro o entendimento de que uma delação carece de provas pra ser considerada. 

NOVAS PRISÕES NÃO ESTÃO DESCARTADAS NA OPERAÇÃO CÍTRUS 

Do Blog do Gusmão 

Em entrevista veiculada ontem no programa Tropa de Elite (Rádio Baiana AM), o promotor de Justiça Frank Monteiro Ferrari, titular da 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, afirmou que o Ministério Público do Estado da Bahia (MPE) não descarta a possibilidade de pedir à Justiça novos mandados de prisão no âmbito da Operação Citrus.

Questionado sobre essa possibilidade, o promotor respondeu que “havendo provas robustas de outros agentes públicos ou privados, sem dúvida isso pode acontecer. Mas as investigações seguirão com a observância da legalidade, da técnica, com toda cautela, para que não se cometa injustiças. Se encontrarmos elementos que justifiquem a necessidade de novas prisões, sem dúvida isso voltará a se repetir”.

Três dos seis alvos dos mandados de prisão temporária cumpridos no dia 21 de março de 2017 continuam presos de forma preventiva, o vereador Jamil Ocké (PP), o ex-secretário de Desenvolvimento Social Kácio Brandão e o empresário Enoch Andrade. É importante lembrar que eles e nenhum dos outros cinco denunciados pelo MPE sofreram condenação. Portanto, todos poderão ser inocentados ao final do processo, caso a Justiça entenda que os supostos crimes e autoria não foram provados.

Logo no começo da entrevista conduzida pelos radialistas Marinho Santos e Robertinho Scarpita, o promotor Frank Ferrari disse que as investigações da Operação Citrus continuam “para se buscar a mais ampla e completa elucidação dos fatos”. 

O Tropa de Elite vai ao ar sempre a partir das 16 horas. Marinho e Scarpita prometeram reproduzir a entrevista com o promotor na edição desta sexta-feira.

GOVERNADOR AMPLIA ÁREA DO NOVO HOSPITAL DE ILHÉUS 

Do Pimenta 

O governador Rui Costa acatou sugestão do secretário de Planejamento e Meio Ambiente de Ilhéus, José Nazal, para desapropriar área contígua ao Hospital da Costa do Cacau. Para Nazal, o decreto de desapropriação protege e assegura futura ampliação do equipamento.

“Gesto visionário como este só é possível quando se tem um gestor que, além de político, tem visão de planejamento estratégico. Essa atitude de hoje se refletirá no futuro de nossa cidade”, disse Nazal. O decreto foi publicado no dia 30 de março deste ano. “Tomamos conhecimento ontem”, observou.

A primeira etapa do Hospital da Costa do Cacau deverá ser entregue até o final de junho, período de aniversário de Ilhéus. A obra recebe investimentos de quase R$ 90 milhões, sendo planejada para desafogar o atendimento na rede SUS no sul da Bahia, principalmente em Itabuna, para onde é encaminhada grande parte da demanda de média e alta complexidade médica.

COLO COLO COM NOVO TÉCNICO 

Do Pimenta 

Beto Oliveira deverá ser oficializado, nas próximas horas, como novo treinador do Colo Colo. Beto já foi campeão da Segundona, em 2002, comandando o Itabuna.

O Tigre Ilheense disputa a Série B do Baiano de Futebol. Após o time ser goleado pelo Jequié, por 5 a 0, no último final de semana, dirigentes demitiram o treinador Sebastião Rocha.

A equipe é gerida por uma empresa de marketing esportivo e enfrenta dificuldades financeiras. Atletas estão sendo alimentados com salsicha e ovo, segundo profissionais de imprensa que cobrem o dia a dia do Tigrão.

MARÃO NOMEIA NOVA SECRETÁRIA DE SAÚDE 

Do Políticos do Sul da Bahia 

Foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (11) a nomeação de Elizangela Santos de Oliveira para o cargo de Secretária da Saúde do município de Ilhéus. O nome de Elizangela foi indicado pelo Senador Otto Alencar (PSD), que é do mesmo partido que prefeito Marão (PSD).

Elizangela já atuou na área de saúde da cidade de Simões Filho durante o governo do ex prefeito Eduardo Alencar(PSD), irmão do senador.

Há cerca de um mês o Blog Políticos do Sul da Bahia publicou uma matéria informando que dentre os três nomes indicados pelo senador, o escolhido pelo prefeito para ser o novo titular da pasta de saúde, teria sido o de Elizangela.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia