Opções diversificadas e saudáveis.

Em tempos de operação carne fraca, aquela da Polícia Federal que revelou corrupção na fiscalização de frigoríficos no Brasil, e que resultou em produtos de qualidade duvidosa na mesa do brasileiro, o consumidor não precisa cessar o uso de proteína de porco, boi ou frango. No entanto, especialistas voltam a alertar sobre a importância de consumir também peixe e frutos do mar.

Presentes em peso na culinária oriental, peixes e frutos do mar podem ser encontrados em diferentes formas, preços e geram receitas deliciosas que, há alguns anos conquistam os brasileiros. Prova disso é a proliferação de restaurantes dedicados a esse tipo de cardápio.

Com cardápios variados, os restaurantes orientais oferecem, em sua maioria, pratos crus e que levam em sua composição peixes e frutos do mar sem gordura saturada (aquela que faz mal à saúde). Sem ir ao fogo, os pratos não perdem propriedades e oferecem benefícios como o ômega 3 do salmão, que previne doenças cardiovasculares, a vitamina D, o selênio (antioxidante) e o letinan dos cogumelos, que reforça o sistema imunológico.

Até mesmo quem está de regime pode colher as vantagens e prazeres da culinária sem peso na consciência. “Basta evitar versões fritas ou com cream cheese e maionese, que acrescentam mais calorias aos pratos. No restaurante, prefira os pratos à la carte, já que no rodízio é bem mais fácil extrapolar nas porções”, explica a nutricionista Giovanna Arcuri, da clínica Gionutri, de São Paulo. 

Os benefícios da cozinha oriental vão além dos pratos crus e do peixe. Presente em quase todas as opções do menu, a alga (nori) utilizada para enrolar temakis e sushis, possui iodo, necessário para a tireoide e o sistema imunológico. Essa alga nos traz também vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B6, B12), que são importantes reguladores da serotonina, hormônio neurotransmissor que nos dá a sensação de prazer e bem-estar. É o mesmo efeito de quando praticamos atividades físicas.

Ah, e vale também dar uma chance pros acompanhamentos. Aquelas verduras, como pepino e cenoura, que vêm para ornamentar os pratos fazem bem ao organismo. O mesmo conta pro gengibre e o wasabi (ou raiz forte, dá no mesmo). “Além de ser uma ótima e indispensável combinação com peixes crus, a raiz forte (wasabi) ajuda no processo digestivo e é altamente bactericida. Ele é rico em potássio, cálcio, magnésio e fósforo, assim, oferece benefícios à saúde por apresentarem propriedades antibióticas”, ressalta a nutricionista Daniela Meira.

Pra quem quer dar um tempinho da carne, recomendamos dar um pulinho no restaurante Sushi Massa. Localizado na Avenida Lomanto Júnior, no Pontal, zona sul de Ilhéus, tem a melhor opção de rodízio oriental às quartas e quintas e de pizza às terças e sextas. Também às terças rola festival de temaki e, durante toda a semana, cardápio a la carte.