A foto impressiona.

No próximo mês de abril, completa 29 anos do mais sério acidente envolvendo aeronaves com passageiros no aeroporto de Ilhéus. Naquele abril de 1988, um avião da Vasp patinou na pista e quase caiu no rio cachoeira.

Tradicionalmente os pousos no aeroporto de Ilhéus acontecem da cabeceira voltada para o rio em direção ao mar. Relatos daquela época dão conta de que a chuva e os ventos fortes forçaram o piloto a pousar no sentido contrário.

Quem relembrou o caso foi o memorialista e vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal. As condições climáticas fizeram com que o avião patinasse na pista. Mais tarde investigação da aeronáutica apontou que o acidente foi causado por imperícia do piloto.

O avião levou um dia para ser retirado e foi preciso usar tratores para remoção. Técnicos da força Aérea estiveram na cidade para apurar o caso.

Na ocasião, os passageiros tiveram ferimentos leves, além do susto. Depois disso, nenhum outro acidente grave foi registrado com aeronaves de grande porte naquele terminal.