A gestão Marão à frente da prefeitura de Ilhéus segue deixando a desejar em várias áreas, como na saúde. Denúncias sobre mal funcionamento das unidades básicas, principalmente devido à falta de insumo, são recorrentes.

Agora, o caso envolve a falta de conexão de internet na Unidade Básica do Vilela II. Sem sinal, exames e outros serviços estão sendo negados à população, como relatado por um morador que entrou em contato por email.

O caso revela que a medida extrema tomada pelo prefeito, de declarar situação de emergência na saúde em janeiro, em nada surtiu efeito prático.