Do JBO

Espaço foi esvaziado pra reforma

Em primeira mão. A Prefeitura de Ilhéus interditou a obra de reforma de um dos maiores patrimônios da cidade: o Bar Vesúvio. A Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo constatou que a construção que estava sendo executada apresentava irregularidades e determinou o embargo considerando que a autorização inicialmente dada está inconsistente e desconforme com a Lei 2312/89.
No início deste mês a concessão do espaço – que pertence a uma família suiça que reside em Ilhéus – foi transferida para outros empresários locais que decidiram pela reforma, com prazo de reabertura para o segundo semestre do ano.
Segundo o relatório de fiscalização, o responsável pela reforma recusou-se a assinar o termo.
Situado na Praça Dom Eduardo, foi aberto em torno de 1920 por dois italianos. Ficou bastante conhecido por fazer parte da obra do escritor Jorge Amado, Gabriela Cravo e Canela, na qual o personagem árabe Nacib era seu proprietário e se apaixonou pela protagonista Gabriela. É um dos pontos mais visitantes do interior da Bahia.
O Jornal Bahia Online procurou o secretário e vice-prefeito José Nazal. De acordo com Nazal “o processo estava irregular”. A decisão de embargar a obra é apenas no sentido de regularizar a situação. Ele informou que não poderia dar, no momento, maiores explicações sobre a medida por que não estava de posse do processo. “Amanhã às 8h30min me ligue que te passo os detalhes. Prefuiro passar os detalhes com muita prudência”, garantiu.