Do FRN

Sangue dos animais abatidos jogado no rio.

Os moradores do Condomínio Morada do Porto (minha casa, minha vida), situado às margens da Rodovia Ilhéus-Itabuna, sofrem com a infestação de moscas e o odor insuportável vindo do matadouro do Supermercados Meira. A fedentina está causando mal-estar, tonturas, dores de cabeça e ânsia de vômito, além das doenças que podem ser transmitidas através dos insetos

Os populares disseram que após os animais serem abatidos com as partes encharcadas de sangue, os restos são jogados no Rio Cachoeira, caracterizando assim, crime ambiental. O problema já foi comunicado a Superintendência de Meio Ambiente e Secretaria de Saúde, porém nenhuma providência foi adotada, não se sabe os motivos.

A vigilância sanitária, apesar de informada da situação, faz vista grossa, esquecendo que de acordo com a Constituição federal, a saúde é direito de todos e dever do estado, município e união, garantir politicas sociais e econômicas a redução de riscos de doenças.